LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

COLUNA BANZO



LEI ÁUREA : CURTA E GROSSA!


A tão laureada Lei Aurea na verdade é uma Lei curta, talvez a mais curta de toda a nossa história, possui apenas dois artigos (primeiro que cria a abolição e o segundo que revoga as disposições contrárias).

E também se revelou uma Lei grossa, pois não contemplou aos libertos nenhum ressarcimento a quase um século de escravidão e também não compensou os ruralistas de suas perdas financeiras.

A Princesa Isabel foi incauta e, talvez mesmo bem intencionada, decretou uma catástrofe social em nosso país.

O HOMEM NEGRO NO BRASIL

Historicamente no Brasil o movimento abolicionista desenvolveu-se a reboque da Revolução Francesa e da Guerra Civil Norte Americana.

Em 1865 por intermédio da  13ª Emenda da Constituição dos EUA, foi extinta a escravidão naquele país e cerca de 10.000 afro-americanos foram contemplados com 40 acres de terra  e uma mula.

Em 1888, quase um século após a abolição da escravidão nos EUA, o Brasil decreta via Lei Áurea a libertação dos escravos. E cerca de um milhão de afrodescendentes foram catapultados a um mercado de trabalho que os segregavam e sem direito a nenhuma ação reparatória.  

No século seguinte continuamos a reboque dos EUA, e o movimento “Black Power” e a cultura “Black is Beautifull” pouco frutificaram por aqui. Ressalto culturalmente os expoentes Tony Tornado, Tim Maia e Gerson King Combo.

Malcolm X e Martin Luter King, ativistas afro americanos não reverberaram suas ideologias nos trópicos e apenas no fim do século XX, mais especificamente após o “Centenário da Abolição”(1988), que conseguimos consolidar algumas conquistas e consagrar algumas lideranças. 

Carlos Alberto de Oliveira (Caó), Deputado autor da Lei que criminaliza o racismo; Abdias Nascimento, militante e Senador da República; e o Senador Paulo Paim (PT-RS) que ainda nos orgulha, militando pelo exemplo e retidão de caráter.

O HOMEM NEGRO NO RIO DE JANEIRO

O Estado do Rio de Janeiro era a capital do Império na data da abolição da escravatura e sofreu os maiores efeitos sociais dessa catarse social.

A favelização de seu território e a escalada da violência causada pela desigualdade social, encontram resistência na efervescência cultural e na politização de nosso povo.

Agrupamentos culturais como “Farofa Carioca”, Melanina Carioca” e “Nós do Morro” se unem a ONGs como a CUFA (Central Única das Favelas) e formalizam contraponto ao crime organizado, milícias e facções.

O HOMEM NEGRO EM CABO FRIO

Cabo Frio a capital cultural  e referência econômica da região dos lagos, sofreu muito com todo o processo advindo abolicionista.

Com a decadência da indústria salineira e a inatividade da Álcalis, a questão social se agravou e as políticas de segurança dos últimos governadores se revelaram desastrosas.

A UPP migrou a violência e aumentou o risco social dos jovens negros da periferia da cidade.
Agora o Governador Wilson Witzel com sua política de segurança apresentou um fato novo para a nossa região: o enfrentamento!

Todo o fim de semana perdemos dois ou três jovens.

Homens, negros e com idade entre 16 e 28 anos.

Algo tem que ser feito.

É URGENTE!!!

TEMOS QUE USAR MAIS QUE A CONSCIÊNCIA!!!

TEMOS QUE USAR A NOSSA HUMANIDADE!!!

Marcos Chaves

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Tartaruga de meia tonelada é encontrada morta em Búzios



Uma tartaruga de aproximadamente 500 kg foi encontrada morta na Praia da Marina, em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio.

De acordo com o comandante da Guarda Marítima Ambiental, Anderson Torres, o animal é da espécie tartaruga-de-couro e já estava em estado de decomposição.

A tartaruga foi encontrada na sexta-feira (15) e tinha entre 70 e 100 anos.


Foram necessários 10 homens para tirar o animal da areia em Búzios, no RJ — Foto: Guarda Marítima Ambiental/Divulgação

Anderson contou ao G1 que a tartaruga foi levada para o Centro de Reabilitação e Despetrolização de Araruama, onde passará por exame de necropsia.

"A tartaruga apresentava marcas nas nadadeiras, como se hélices de grandes embarcações tivessem atropelado ela", disse.

O comandante informou que foram necessários 10 homens para retirar a tartaruga da areia e levá-la para o carro.

Fonte: g1.globo.com


Segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira (18)


A Prefeitura de Cabo Frio inicia nesta segunda-feira (18) a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. As pessoas, na faixa etária de 20 a 29 anos, são o alvo desta etapa. A iniciativa integra a campanha de intensificação da vacinação de rotina da tríplice viral (sarampo/rubéola/cachumba) contra a doença.
O grupo tem até o dia 31 de novembro para se imunizar contra a doença. As doses estarão disponíveis em 29 salas e o dia D será realizado em 30 de novembro. As unidades do dia D são PS de Unamar, PAM de Santo Antônio, UBS Praia do Siqueira, os ESF’s do Jardim Caiçara, do Jacaré, da Boca do Mato e do Cajueiro; o Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (HMOCS) e o Centro de Saúde Oswaldo Cruz. Todas funcionarão das 9h às 17h.
Segundo o Ministério da Saúde, as crianças são público prioritário devido à alta suscetibilidade dos menores ao sarampo, contudo, a circulação do vírus no país também atinge adultos jovens até 29 anos. A expectativa é que nesta etapa 31.924 jovens sejam vacinados.
De acordo com a Coordenação de Imunização, 1.288 crianças compareceram às unidades de saúde, mas a maioria estava com a caderneta de vacinação em dia. Na primeira fase, foram disponibilizadas 1.500 doses da vacina para menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), atingindo 95% da meta.
Dados do Ministério da Saúde indicam que em 2019 as crianças na faixa etária acima descrita tiveram elevada taxa de incidência dos surtos da doença. As complicações mais recorrentes derivadas do sarampo são cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonia. Se não tratada a tempo, a patologia pode levar o óbito. Por isso, a vacinação de rotina ainda deve ser feita de acordo com o horário de funcionamento de cada posto e conforme o agendamento, caso necessário, para evitar o desperdício de dose.


Prefeitura de Cabo Frio em alerta para chegada do óleo que atingiu praias nordestinas


A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e da Guarda Marítima e Ambiental, está em alerta máximo para evitar que o petróleo que atingiu as praias do Nordeste do Brasil e do Espírito Santo chegue às praias da cidade. Segundo o Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite (Lapis) da Universidade Federal de Alagoas, a direção e intensidade das correntes marítimas e ventos na superfície do mar serão determinantes para a chegada do óleo ao Rio.
O governo do Estado criou um grupo de trabalho especial para a vigilância da costa fluminense. O objetivo é garantir uma pronta resposta em caso de o petróleo chegar ao Estado e a Prefeitura de Cabo Frio está inserida nessa união de forças. O grupo é coordenado pela secretária estadual do Ambiente e Sustentabilidade, Ana Lúcia Santoro, e composto por técnicos da secretaria e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).
Desde a segunda-feira (11), o Inea iniciou a capacitação dos 25 municípios costeiros do estado. Inicialmente, o foco será nos municípios do Noroeste Fluminense e Região dos Lagos e, na próxima semana, nos municípios da Região Metropolitana e do Sul Fluminense.


Em nota, o Inea afirmou que capacitou 80 pessoas, entre técnicos da Defesa Civil estadual, do Corpo de Bombeiros e do próprio órgão ambiental, além de militares do Exército para atuação em caso de surgimento de óleo na costa.


A Prefeitura de Cabo Frio tem cerca de 30 pessoas, entre agentes e guardas ambientais, além de pescadores da Colônia Z-4, que foram capacitadas pela Petrobras, em ação realizada em Arraial do Cabo, decorrente do vazamento de óleo em abril deste ano, do Campo de Marlim Leste, na Bacia de Campos, que atingiu praias de cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios.
“Essa capacitação fez parte de um acordo entre a Petrobras e os municípios atingidos pelo vazamento de Marlim Leste, e inclui, ainda, a doação de uma embarcação, equipamentos para a contenção e retirada do óleo no mar e na areia e equipamentos de proteção individual (EPIs) para as pessoas que vão realizar o trabalho. Na última sexta-feira (8), estivemos na sede da empresa, para cobrar a entrega desses materiais, que nos foi prometida entre 30 e 45 dias. Logo, não podemos contar com a chegada desse material, assim como não é garantido que o óleo chegue às nossas praias. Caso aconteça, estamos tomando todas as medidas preventivas ao nosso alcance”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira.
Óleo
O derramamento de petróleo na costa brasileira já atingiu 546 localidades, das quais apenas 226 foram registradas como limpas pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) até esta quinta-feira (14).
Nesta semana, o desastre que começou no Nordeste se expandiu também para o Sudeste, atingindo praias no Espírito Santo. Ao menos 14 unidades de conservação foram afetadas, matando animais e prejudicando a economia da região.
Até esta quinta-feira (14), o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) havia registrado a presença de óleo em 546 locais de 112 municípios e dez estados do Nordeste e do Sudeste. É a maior área já afetada por um desastre do tipo, segundo o pesquisador e professor da Faculdade de Oceanografia da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) David Zee.

As primeiras manchas apareceram na Paraíba e em Sergipe no fim de agosto e depois se espalharam para os outros lugares. Em ao menos cem dos locais afetados, o óleo havia desaparecido na visita mais recente feita por técnicos.


O derramamento causou danos a ecossistemas da região. O Ibama registrou 135 animais atingidos, dos quais 95 morreram, e recolheu preventivamente mais de 3.400 filhotes de tartaruga da Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte. O ICMbio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) afirmou que 14 unidades de conservação federais foram afetadas.
Atividades que dependem do mar, como a pesca, também foram prejudicadas. O governo liberou o pagamento fora de época de seguro-defeso (benefício pago aos pescadores na época de reprodução dos peixes, em que a pesca fica proibida) aos trabalhadores das áreas atingidas. Estima-se que até 60 mil pessoas poderão reivindicar o dinheiro, o que representaria um custo de R$ 130 milhões.


Feirinha do U é reinaugurada na Prainha


Quem frequenta Arraial do Cabo já conhece a tradicional Feirinha do U, na Prainha. Um espaço utilizado para vendas de artesanatos, moda praia e outros produtos que atraem centenas de visitantes próximo a um dos cartões postais da cidade.

Totalmente reformado, o espaço foi reinaugurado na sexta-feira (15) e recebeu um excelente público. Agora a feirinha conta com uma cobertura fixa e banheiros para trazer mais comodidade e segurança para os clientes e também para os trabalhadores do local.

Fonte: ASCOM PMAC

Centro de Cidadania LGBT é inaugurado em Arraial do Cabo nesta segunda-feira (18)


Nesta segunda-feira (18),  foi inaugurado o Centro de Cidadania LGBT - Baixada Litorânea no município. O evento foi realizado no prédio do antigo Fórum, na Prainha, onde funcionarão as duas salas destinadas ao Centro de Cidadania.

A ação é uma parceria entre o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, o Programa Rio Sem LGBTIfobia e a Prefeitura de Arraial do Cabo.

Estiveram presentes na inauguração autoridades municipais e estaduais. O Prefeito Renatinho Vianna, se fez presente, compondo a mesa juntamente com o Secretário de  Assistência Social, Trabalho, Renda e Direitos Humanos, Ayron Freixo, o Secretário do Ambiente, Arildo Mendes, o Coordenador do Centro de Referência LGBT da Baixada Litorânea, Theo Silveira, a coordenadora do Centro de Referência LGBT da Baixada, Sharlene Rosa, o Superintendente Estadual de Políticas Públicas LGBT, Ernane Alexandre Pereira, o Subsecretário de Promoção, Defesa e Garantia dos Direitos Humanos do Estado, Thiago Miranda e o Presidente da FIPAC Edilmar Silva, o neném da Cabocla.

De acordo com Ernane Alexandre, “o novo centro vai proporcionar atendimento jurídico, psicológico e social à população LGBTI e também será um espaço de mobilização de políticas públicas de combate a LGBTIfobia”.

O Subsecretário de Promoção, Defesa e Garantia dos Direitos Humanos, Thiago Miranda, destacou que o local também será espaço de divulgação de informações. “O novo equipamento será extremamente útil para promoção de cidadania, difusão de informações e também de acolhimento. Além destes serviços, serão realizadas oficinas, palestras e debates para toda a população” informou.

O Coordenador Theo Silveira, pontuou  que o Centro de Cidadania funcionará das 9h às 17h, e contará com uma equipe formada por psicólogos, advogados, assistentes sociais e toda assessoria técnica na parte administrativa, e realizará atendimento a toda população LGBT vítima de violência e garantindo seus direitos como emissão de documentos e retificação de nome.

Ayron Freixo falou sobre a aproximação do Estado com o Município, trazendo o Centro de  Cidadania LGBT para Arraial, fazendo com que a cidade se torne referência em Políticas Públicas. Reiterou as portas abertas da Secretaria de Assistência Social para as questões de Direitos Humanos e a importância da implementação dessas políticas para a população LGBT de Arraial do Cabo e toda Baixada Litorânea. 
A unidade, além de atender Arraial do Cabo, também vai abranger as cidades de Armação de Búzios, Barra de São João, Cabo Frio, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia, Araruama e Iguaba Grande. 

Fonte: ASCOM PMAC | Assistência Social

ALUNOS DA EJA PARTICIPAM DE PALESTRAS SOBRE POSTURA CORPORAL, ATIVIDADE FÍSICA E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA


Os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) participaram de palestras, abordando os temas “A importância da postura corporal na hora dos estudos” e a “A atividade física para um bom desempenho no dia a dia”. A ação foi uma parceria da Secretaria de Educação aldeense com a UNIASSELVI, direcionada pelo tutor Daniel Salaibe, acompanhado de estudantes de Educação Física da Universidade.

 Segundo a coordenadora da EJA, Carolyne Felício, a iniciativa foi de suma importância para os alunos. “É necessário conscientizá-los que, mesmo no momento dos estudos, seja na escola ou em casa, é fundamental cuidar da postura para evitar problemas de coluna ou ainda a perda da concentração. Manter-se ativo produz inúmeros benefícios; os mais visíveis são a prevenção de diversas doenças, emagrecimento, aumento da resistência física e da autoestima, alívio do estresse e o fortalecimento da musculatura, evitando dores nas articulações”, explicou.

 Também foi desenvolvido com os alunos da EJA um trabalho de conscientização, com palestras, debates e apresentação de matérias de divulgação, abordando o tema “Prevenção e combate ao câncer de mama”. A ação foi uma parceria entre a Secretaria de Educação aldeense com a Coordenação de Ciências e Tecnologia do município de Cabo Frio. Realizada nas unidades escolares, a atividade foi coordenada pelo professor de ciências, Fábio Conceição.

 “O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente do mundo e é de suma importância conscientizar nossas alunas, sendo elas a maioria predominantemente da faixa etária de risco, além de alertarmos outros jovens. A tradicional campanha ‘Outubro Rosa’ visa conscientizar as mulheres sobre a importância de evitar doenças”, finalizou a coordenadora do EJA, Carolyne Felício.

Participaram da atividade os alunos da E. Mz. José Guimarães, no bairro Porto da Aldeia; E. M. Luiza Terra de Andrade, em Campo Redondo; E. M. Antônio Rodrigues dos Santos, no Porto do Carro; e E. M. Francisco Paes de Carvalho Filho, no Boqueirão.



CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE REALIZA REUNIÃO ORDINÁRIA


A Secretaria de Assistência Social e Diretos Humanos sediou, nesta segunda-feira (18), a reunião ordinária do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). O encontro contou com a presença dos conselheiros e da coordenadora de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes da SASDH e presidente do CMDCA, Luciana Oliveira. A reunião do CMDCA é realizada mensalmente, com o objetivo de discutir políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes do município. Na oportunidade, foi apresentada a cartilha “Trabalho Infantil não é brinquedo”, do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). 

“Iremos disponibilizar a cartilha nas escolas públicas, é um trabalho que faremos em parceria com a Secretaria de Educação. Com certeza é um importante passo para que pais, alunos e professores tenham acesso aos direitos das crianças e dos adolescentes, garantidos por Lei. Nós temos um Conselho atuante, sempre estamos nos capacitando e discutindo as Políticas Públicas, que melhor se enquadram no nosso município, em prol das crianças e adolescentes. A publicação da cartilha foi um importante passo neste processo”, explicou Luciana Oliveira.
Durante o encontro ainda foram realizadas a leitura e aprovação da ata do mês de outubro, prestação de contas do extrato mensal do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FMCA), foi composta a comissão para planejamento das ações para o ano de 2020, discutida a campanha de dedução de imposto de renda, apresentada as estatísticas de atendimento do Conselho Tutelar e, por fim, foi abordado o andamento da comissão para fiscalização às entidades.



segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Correndo por aí com Rosália Moreira




Angra dos Reis, minha terra natal!

“E se o destino daqui me levar


Hei de voltar...”



E sempre volto... para rever meu filho, meus irmãos, sobrinhos e amigos de longas datas, que me acompanham até hoje. É sempre um prazer e uma festa estar no seio da família, com pé nas nossas origens...

 Com aperto no coração transcrevo minha corridinha até Angra, pois sempre levo pessoas queridas em minha companhia...

Como este feriado foi prolongado, devido aniversario de Cabo Frio, finalmente tive tempo de levar meus convidados para um passeio de barco pelas ilhas de Angra...

Que decepção, que falta de organização!

 Como uma cidade turística, que tem 365 ilhas, não tem uma estrutura montada para atender aos turistas que querem fazer um passeio de barco para conhecer as ilhas, que são justamente a maior fonte do turismo angrense?

Quando cheguei no cais Santa Luzia, pasmem!



Uma multidão se aglomerava para entrar na estação de embarque e desembarque! Não havia um esquema montado para nos atender, não tinha organização, maior tumulto... Mais de mil pessoas querendo entrar na estação para embarcar nas escunas, que pelo visto todas marcaram o mesmo horário de saída, sem contar as pessoas que estavam desembarcando...


Engraçado que nessas horas as empresas de turismo jogam a culpa na TurisAngra , a TurisAngra por sua vez culpa as empresas de turismo, e todas juntas culpam o dia lindo de sol que ninguém esperava de aparecer!

O decepcionante é que ninguém teve a capacidade de resolver a situação, pois com uma simples folha de cartolina e uma caneta pilot, tudo poderia ser resolvido em um minuto!

Bastava ter feito à mão um cartaz com horário e o nome da embarcação, orientando as pessoas para formarem filas para o embarque... Uma coisa simples, praticamente sem custo, sem gritos e o melhor, um único funcionário daria conta do recado!

Fica a dica!

“Tens dos teus filhos amor e carinho

No coração”

Por Rosália Moreira



COLUNA BANZO



DIREITA VOLVER!

E A ESQUERDA QUE EU QUERO VER!!!!


Os conceitos de “direita” e “esquerda” foram formados durante a Revolução Francesa, de 1798. Os inovadores sentavam-se do lado esquerda e os “defensores da consciência da Constituição” sentavam-se a direita na plenária.

Naquela época os efeitos sociais dessa nova orientação política já tinha efeitos na esplêndida Paris, os intelectuais se reuniam a margem esquerda ou direta do Rio Sena de acordo com suas respectivas orientações política.

Esse conceito direcional é muito raso para o atual contexto político mundial.

Políticas institucionais,  públicas, e sociais não são contempladas neste conceito bipolar do fim do século XVIII.

O extremismo foi o grande mal da América Latina nos últimos três séculos.

A nossa terra amada, Cabo Frio, sofreu décadas de polarização.

Vamos nos atentar as forças progressistas e quadros que venham resgatar o nosso progresso.

POLARIZAÇÃO

Junto com o radicalismo vem a polarização, e a polarização favorece apenas aos nomes polarizados.
Todos os serviços públicos ficam prejudicados em favorecimentos ao lado A ou B.

Os movimentos civis,  sindicatos, associações e até ONGs se contaminam e internamente lutam para favorecer um eixo político.

Em suma a cidade fica funcionando sempre com 50% de seu potencial. Persegue-se a outra metade da população, eternizando déspotas no Poder.

E pior de tudo é que na surdina, na calada da noite...

Eles... nefastas lideranças se encontram...

Traçam seus planos e manipulam as massas!

É hora de acordar Cabo Frio!


NOVOS QUADROS... NOVOS TEMPOS

Cabo Frio necessita de um processo eleitoral moderno, debatido a exaustão e diversificado em suas vertentes políticas.

Velhos caciques e as antigas pajelanças não são bem vindas!!!

Vamos Avançar!

  Marcos Chaves

PM encontra pés de maconha em estufa dentro de cozinha em Cabo Frio




Policiais militares apreenderam cinco pés de maconha neste domingo (17) em uma estufa na cozinha de uma casa no Jardim Peró, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio.

Segundo a Polícia Militar, os agentes foram ao imóvel após receberem informações pelo Disque Denúncia sobre cultivo de maconha no local.

Ainda de acordo com a PM, quatro homens fugiram pela área de mata que fica atrás da casa ao perceberem a chegada dos policiais.

A PM informou também que os agentes encontraram os pés de maconha e duas carteiras de identidade.
As plantas e os documentos foram encaminhados para a 126ª Delegacia de Polícia, onde o caso será investigado.



Fonte: g1.globo.com

Prefeitura divulga cartões de confirmação do concurso de Rio das Ostras



Os inscritos no concurso da Prefeitura de Rio das Ostras, no interior do Rio, já podem acessar os cartões de confirmação para os cargos do edital 01. As provas vão acontecer no próximo domingo (24).

Os locais e horários das provas estão disponíveis nos sites da Prefeitura e do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam).

As provas objetivas serão realizadas em dois períodos. Pela manhã, serão aplicadas as provas para os cargos de auxiliar de cuidados escolares, auxiliar de secretaria escolar, monitor de transporte escolar e monitor Escolar. O fechamento do portão será às 9h e as provas terão quatro horas a duração.

No período da tarde serão aplicadas provas os cargos de professor e tradutor intérprete de libras. Os portões serão fechados às 15h30 e as provas também terão quatro horas a duração.

Segundo a Prefeitura, neste primeiro dia de prova, são 15.400 candidatos para ampla concorrência. As provas serão realizadas em 14 escolas de Rio das Ostras e em duas escolas de Macaé.

Ainda de acordo com o município, os candidatos inscritos para os outros editais devem ficar atentos, pois o cartão de confirmação contendo as informações sobre o local de realização das provas será disponibilizado em até cinco dias úteis antes da data de realização das provas.

 Fonte: g1.globo.com

PARCERIA ENTRE MUNICÍPIO E UFRJ POSSIBILITARÁ ESTÁGIO NA ÁREA DE NUTRIÇÃO


A Diretoria de Nutrição Escolar da Secretaria Municipal de Educação recebeu, nesta quinta-feira (14), a professora do curso de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), campus de Macaé, doutora Amábela Avelar Cordeiro, para tratar de assuntos pertinentes ao estágio curricular obrigatório de estudantes dos 8º e 9º períodos. A parceria será possível no ano letivo de 2020, por meio de um convênio firmado entre o Município e a Universidade.
Durante a reunião, a diretora de Nutrição, Gabrielle Almeida Moreira, apresentou a estrutura do setor, que é responsável pela merenda dos cerca de 13 mil anos da Rede Municipal de Ensino, que frequentam 41 unidades escolares. Além do trabalho das merendeiras das creches e escolas, a diretoria conta com o suporte técnico de nove nutricionistas.

Amábela explicou que os estudantes dos dois últimos períodos devem realizar quatro estágios obrigatórios e a área da nutrição escolar é uma oportunidade para a prática de atividades como Gestão, avaliação nutricional e educação alimentar.
De acordo com a diretora de Nutrição, Gabrielle Almeida, a parceria com a UFRJ traz grandes expectativas quanto ao que poderá ofertar aos alunos da Rede de Ensino no próximo ano. “Estou confiante de que será um diferencial para nossas escolas. Contamos com a realização de projetos de educação alimentar, assim como melhoraria no acompanhamento da saúde alimentar das crianças e adolescentes, para que possamos contribuir sempre com o melhor desempenho de cada um. Também, auxiliar nossas merendeiras e diretores em seu dia a dia nas unidades escolares”, disse.
A pauta também abordou questões como treinamento de boas práticas, valorização dos profissionais que trabalham nas cozinhas das escolas, alimentação quilombola, agricultura familiar e elaboração de cardápios especiais, além da relação com o Conselho Municipal de Alimentação Escolar e aplicação do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).



PREFEITURA ALDEENSE INICIA VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO PARA PESSOAS DE 20 A 29 ANOS NESTA SEGUNDA-FEIRA (18)



Nesta segunda-feira (18) a Prefeitura de São Pedro da Aldeia vai começar a segunda etapa de vacinação contra o Sarampo, voltada ao público de 20 a 29 anos, que ainda não foi imunizado. A vacinação segue até o dia 30 de novembro na sala de vacinas e nas unidades de saúde, com exceção de Recanto do Sol, Três Vendas e Recanto das Orquídeas. O dia D de imunização acontecerá no último dia de vacinação (30). É recomendado que os interessados procurem a unidade mais próxima para orientações sobre o horário de aplicação. No dia da vacinação é necessário apresentar o cartão do SUS e a caderneta de vacinação, caso possua.

Segundo o Ministério da Saúde, o Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tossefalaespirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Em torno de3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. 
O Ministério, juntamente com as secretarias estaduais e municipais, está realizando a campanha nacional de vacinação contra o Sarampo conforme as normas do Programa Nacional de Imunizações (PNI).


quinta-feira, 14 de novembro de 2019

NOTA


A Prefeitura de Cabo Frio informa, por meio da Superintendência de Eventos, que os shows da Banda Rabuja e do cantor Diogo Nogueira, que seriam realizados hoje, dia 13, em comemoração pelo aniversário da cidade, serão cancelados em virtude de uma denúncia “anônima”, acatada pelo Ministério Público. Segundo a denúncia, o evento seria para mais de 100 mil pessoas, sem as autorizações necessárias. Entretanto, a expectativa da Prefeitura é de que o evento atinja o público máximo de 20 mil pessoas, visto que trata-se de um feriado local. A Prefeitura busca, agora, reverter a situação na justiça com a apresentação da documentação comprobatória e, assim, garantir a programação dos próximos dias. O governo lamenta profundamente o ocorrido, visto que toda a estrutura já está montada e pronta para receber a população.
Em tempo, a programação de shows prevista para noite desta quarta-feira (13), em Tamoios, também precisou ser cancelada.

Cerimônia marca início da temporada 2019/2020 da Bandeira Azul na Praia do Peró


Na manhã desta quarta-feira (13), teve início oficialmente a temporada 2019/2020 Bandeira Azul na Praia do Peró, a segunda certificação seguida, que garante à cidade de Cabo Frio destaque no trade internacional de turismo ecológico, como destino ambientalmente sustentável.

A cerimônia contou com a apresentação da Banda dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, alunos de escolas da rede pública, representantes dos comitês Nacional e Internacional do Bandeira Azul, do presidente da TurisRio, Thomas Weber, do presidente dos Salva- Vidas de Porto Rico – José Fontanez, do presidente da Federação de Convention Bureaus do Estado do Rio de Janeiro, Marco Navega, da Presidente Convention Bureau de Cabo Frio, Maria Inês Oliveiros, do vice-presidente da Associação da Costa do Peró, Carlos Cunha, do presidente da Prolagos, Sérgio Braga, do delegado de Cabo Frio, Dr. Sérgio Caldas, e representantes dos comandantes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.
A população também participou do evento e acompanhou de perto todas a movimentação das autoridades.
A Orla Certificada da Praia do Peró tem 500 metros de extensão, e recebeu uma série de intervenções estruturais para a adequação aos 34 critérios do Bandeira Azul. Da troca de postes à recuperação das vias de acesso, passando pela pintura padronizada dos quiosques, colocação de rampa, esteiras de acessibilidade escadas e chuveiro, os moradores do Peró, comerciantes locais, rede hoteleira e o Poder Público trabalharam em conjunto, desde o fim da primeira temporada de certificação, para que o evento desta quarta-feira se tornasse uma realidade.
“Foi mais uma jornada de muito trabalho, mas de muita satisfação, no final. Estivemos sempre em contato com o Comitê Nacional, a quem agradecemos muito, atentos para que odos os critérios fossem cumpridos”, afirmou Paloma Arias, Coordenadora do Bandeira Azul Praia do Peró, junto à Secretaria de Meio Ambiente.
Para o secretário de Meio Ambiente, a certificação representa o reconhecimento de um trabalho que vem se estruturando para ser de excelência.
“Essa certificação significa o reconhecimento de que o Meio Ambiente de Cabo Frio está recebendo a atenção necessária para a sua preservação. Não é só a Praia do Peró, mas todas as praias da cidade vêm recebendo trabalhos de monitoramento ambiental, nossos parques municipais estão sendo recuperados e o Horto Municipal está ativo. É esse todo em funcionamento que nos propicia um ambiente propício para conquistas como a segunda temporada de certificação no Bandeira Azul”, afirmou Mario Flavio Moreira.
“Nossos servidores que se desdobraram para adequar a Praia do Peró nos critérios do Bandeira Azul, os moradores do Peró, que se mobilizaram para dar suporto às nossas ações, os quiosqueiros, que compraram a idéia de uma praia bem cuidada, a rede hoteleira, os comerciantes do Peró e de toda a cidade, estão de parabéns por mais esta conquista. Cabo Frio, mais uma vez, dá um salto qualitativo na questão ambiental, em seu turismo e, consequentemente, em sua economia. Estou muito feliz pela nossa cidade e em poder dar a minha contribuição nesse presente de 404 anos”, afirmou o prefeito Dr. Adriano Moreno.


A temporada 2019/2020 da certificação internacional Bandeira Azul Praia do Peró, vai até o dia 15 de abril de 2020.

Entre as autoridades presentes no hasteamento, estiveram a secretária estadual do Meio Ambiente, Ana Lúcia Santoro, o secretário de Turismo, Otávio, o vice-presidente do Programa Bandeira Azul na Espanha, José Palacios Aguilar, e a coordenadora nacional do Programa Bandeira Azul, Leana Bernardi.


- |