LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Marcos Mendes e a Manobra dos Servidores Municipais.




Se alguém achava que a luta dos servidores municipais pelo plano de cargos e salários era apenas uma luta sindical, ontem com a presença de Marcos Mendes (PSDB) no movimento teve certeza que não é.

Como vínhamos noticiando o movimento sindical de Cabo Frio, que jamais conseguiu fazer uma greve em oito anos, da noite para o dia ganhou apoio de todos os funcionários contratados (até 31/12) ao movimento, secretários de governo pediam para que os contratados fossem para a Câmara protestar, Juju, Néia, Carla... e outras dezenas de portariados todos lá juntos aos servidores protestando.

Agora pensem leitor:

O pior prefeito da nossa história, que pagou os piores salários da nossa história, que apenas enriqueceu meia dúzia de amigos do poder, estava lá junto aos funcionários fazendo o que?

O plano de cargos e salários já foi aprovado pela Câmara, todos os líderes sindicais assinaram um documento informando o valor a mais na folha de pagamento que é necessário para implantar esse plano de cargos e salários, no caso 46 milhões de reais ano, a emenda apresentada ontem por 7 vereadores consta esse valor, além claro de dar dinheiro para Tamoios, Habitação (lembram dos banheiros nas casas que não tem banheiro?) e fazer um orçamento que nos ajude a reconstruir a cidade destruída por Marcos Mendes, Janío Mendes e sócios. Se está tudo normal, porque protestar?

Os servidores seguem sendo usados como massa de manobra, Marcos Mendes e CIA querem inviabilizar o Governo Alair Corrêa (PP) para que assim se mantenham vivos e o povo não possa perceber a diferença de um governo que faz, para essa coisa que nos governou, mas segue um aviso a Marcos Mendes:

VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR DESTRUIR AINDA MAIS ESSA CIDADE! O ORÇAMENTO DE 2013 SERÁ USADO PARA O BEM DE NOSSA CIDADE. 

0 comentários:

- |