Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Bastidores da Política e da Imprensa




PDT

Saiba por que o PDT deixou de ser um partido político e virou uma bancada de negócios inescrupulosos. Mas abaixo não deixe de ler o texto do Deputado Estadual Paulo Ramos (PDT).

PP

A vida política do mais novo pré-candidato a deputado estadual por Cabo Frio, Marcello Corrêa (PP), pode não ser nada fácil. O PP já há algumas eleições vem elegendo apenas 2 deputados estaduais em sua legenda, e a média de voto para ser um deles é na caso dos fabulosos 70 mil votos.

PP 2

Isso claro levando em consideração que Marcello Corrêa (PP) resolva ser candidato pelo partido que o elegeu vereador e que é o mesmo partido de seu pai, Alair Corrêa (PP).

Comilão

Caso Marcello Corrêa (PP) cometa infidelidade partidária e saia do PP buscando uma legenda viável (70 mil votos é praticamente impossível) Fernando do Comilão (PSDB) poderá se beneficiar diretamente da decisão, Fernando é o primeiro suplente da coligação PP/PSDB e pode tomar a cadeira de vereador do Marcello.

Requerer

Caso Marcello Corrêa (PP) realmente abandone seu partido o vereador Fernando do Comilão (PSDB) não depende de partido ou coligação para requerer sua cadeira de vereador, o pedido pode ser feito pelo suplente diretamente a Justiça Eleitoral. A perda de mandato por infidelidade partidária é comum na Justiça Eleitoral.

Assassinato

O assassinato do jovem Rodrigo Millão tem todas as evidências de crime por homofobia. A força eleitoral que alguns pastores despreparados ganharam em Cabo Frio, vereadores eleitos com base eleitoral nas igrejas desses pastores, são alguns dos ingredientes que levaram a esse homicídio.

Doentio

É doentio imaginar que um deus, seja lá que deus for, se preocupe com a prática sexual de um indivíduo e que esse mesmo deus não se preocupe com fome, pedofilia, desigualdade social, miséria, câncer... é terrível, Cabo Frio está retornando a idade média, se continuar nesse ritmo teremos aqui na cidade uma Inquisição Tupiniquim liderada por pastores semi-analfabetos.

Assassinato 2

José Roberto Ornelas de Lemos (Betinho), filho do dono do Jornal “Hora H”, um dos principais jornais da Baixada Fluminense, foi executado com pelo menos 44 tiros. José Roberto era diretor financeiro do jornal e há pouco tempo foi preso acusado de chefiar o grupo de extermínio que executou, em 2002, Kenedi Jaime de Souza, então subsecretário de Governo e presidente da Comissão de Licitações da Prefeitura de São João de Meriti.

Menina de Ouro

Se prepare para rolar de rir com a coluna “A ignorância é o pior de todos os males”. O ex-prefeito Marcos Mendes (sem partido) deve amar a Vânia Carvalho rsrs.

0 comentários:

- |