Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

terça-feira, 25 de junho de 2013

O Boi é Bom, mas a verdade é ainda melhor. Por Cláudio Duarte




CORRUPÇÃO

As recentes manifestações atingiram em cheio um dos maiores problemas desse país: a corrupção vivenciada em todos os setores – do grande ordenador de despesas ao mais trivial dos servidores, uma obsessão doentia pelo dinheiro fácil. 

Em determinados casos, ela assume várias vertentes, seja pelo superfaturamento de obras e/ou serviços uma máxima junto ao erário, pelas práticas correntes de peculato, pelo tráfico de influência, pelos atos de corrupção propriamente ditos para fazer ou deixar de fazer o que deveria, com raríssimas punições; certamente a maior queixa.

Não bastassem as prerrogativas de foro, as sindicâncias veladas e demais expedientes administrativos infindáveis, nunca são exonerados os agentes públicos parceiros do crime; fato inversamente proporcional ao que ocorre na iniciativa privada.

Verifica-se, todavia, que não são por falta de denúncias, muitas delas extremamente contundentes, como é caso do ESCÂNDALO BOIBOM notadamente em função das provas apreendidas donde se constata: corrupção escancarada de agentes públicos, envolvendo auditor da Receita Federal do Brasil durante processo de fiscalização da empresa M. J. Lagos Dist. de Alim. Ltda., de fiscais do Estado com intensa troca de cheques oriundos de propina para que as empresas da organização criminosa não fossem fiscalizadas, fraude em licitações para locação de dezenas de ambulâncias em Cabo Frio, Angra dos Reis etc., financiamento de campanha política com a utilização de dinheiro público (cheques da SECAF), tráfico de influência envolvendo diversas autoridades conforme destacado na agenda pessoal do denunciado HUGO CECÍLIO DE CARVALHO, são algumas das ocorrências criminosas ali contidas. 

Das ruas ecoam os apelos liminares exigindo dos órgãos competentes rápidas investidas de modo a punir os algozes da população; a mesma que paga o seu significativo salário.

"Se não houver nenhuma luta, não há nenhum progresso." - Frederick Douglass

0 comentários:

- |