LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Cartão Vermelho Jovem com Carlos Matheus




Comunista de McDonalds

Comunismo, “que coisa linda”. Quem não gosta de um genocídio? Quem não erra um simples cálculo, que 400 é menor que 100 MILHÕES? “Vamos pegar em armas contra o governo, se ele revidar é para acharmos ruim e reclamar para a população posteriormente, revertendo à história”. “Vamos nos matar e colocar a conta das mortes em cima do governo”. “Vamos matar alguns soldados, que estavam defendendo o país, para receber pensão vitalícia posteriormente, sem nunca ter servido à pátria com dignidade”.

A mentalidade desses comunistas de “McDonalds”, não tem limites para a idiotice, muitas das vezes chegam a defender a corrupção, como é um caso de um comunista que estava vaiando a Bloguera Cubana Yoani Sanchez, quando de sua passagem no Brasil. “Sou mensaleiro com orgulho”, dizia a figura. Também tem umas figuras que dizem que todo direitista é corrupto e que qualquer esquema de corrupção é culpa da direita. Para esses seres que falam que tudo é culpa da direita, cabe a música da banda Reaça, com o título “É Culpa da Direita”, que diz o seguinte: “O toddynho acabou, é culpa da direita! Eu pisei no cocô, é culpa da direita! A polícia revidou, é culpa da direita!”.

Percebe-se que um cidadão é comunista de McDonalds, pelo seu comportamento, o que ele fala e sua condição financeira.  Esse tipo de comunista, geralmente é de família de classe média alta, estudou a vida inteira em colégio particular, só anda com roupa de marca, possui os últimos lançamentos da Apple, são manifestantes de computador, nunca leram Karl Marx ou Lênin, se for fazer uma caricatura da pessoa, vai sair um homem forte, segurando uma bandeira com um martelo e uma foice e no lugar da cabeça, será colocada uma privada cheia de “merda”. São a favor do feminismo, mas usam uma camisa com a foto de um estuprador (Che Guevara), são contra a homofobia, mas usam uma camisa com a foto de um dos maiores homofóbicos de todos os tempos (Che Guevara). Agora, a característica de um comunista de “McDonalds”, é que apesar de falar mal do capitalismo, ele não vive sem as regalias desse sistema, vão praticamente todos os dias ao McDonalds, no final de semana não pode faltar um Johnny Walker ou uma Jackie Daniels e só gosta de andar em “carrões”. Quanta contradição.

O significado de comunista de “McDonalds” pode ser traduzido para HIPÓCRITA, quer todo mundo igual, só eles bem de vida, no comando do país, não existe um militante comunista, que quando o comunismo for implantando, vai querer ser só mais um, e não um governante ou pelo menos um membro do governo.

O comunismo é simplesmente a pobreza de forma igualitária, com 99% da população passando fome e apenas 1% tendo um farto banquete, sendo que essa única porcentagem da população que não passa fome está na família do ditador comunista. Quando Fidel Castro discursou na ONU, dizendo: “Hoje milhares de crianças vão dormir na rua, nenhuma delas é cubana”. Ele devia ter complementado e ter falado o seguinte: “Hoje milhões de crianças vão jantar, nenhuma delas vai ser cubana”. Aconteceu isso na URSS, no Camboja, no Vietnã, Iugoslávia e continua acontecendo na Coréia do Norte e em Cuba. Se quiser uma prova que o capitalismo é melhor que o comunismo, é só comparar os EUA com a URSS, Coréia do Sul com Coréia do Norte e Alemanha Ocidental com Alemanha Oriental.    

0 comentários:

- |