LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

SEPÚLCROS CAIADOS




Por Dirlei Pereira

Na semana que terminou o blogueiro Álex Garcia publicou no Cartão Vermelho algo que merece uma profunda reflexão.

É impressionante a quantidade de perfis falsos criados na internet por pessoas de má-fé, cuja única finalidade é caluniar, injuriar e difamar eventuais desafetos. Maculam e jogam na lama a honra de muitas pessoas, simplesmente por seus autores delas divergirem ideologicamente. Ou, como em alguns casos, para ocultar interesses publicamente inconfessáveis.

Os “meio homens” que escondem atrás dos fakes, via de regra adotam uma personalidade bem distinta da verdadeira. Enquanto na internet posam de éticos e de patronos da moral e dos bons costumes, na vida real são portadores de graves desvios de caráter. São, como disse Jesus, em Mateus 23, verdadeiros “sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundície”.

O que esperar de um frouxo que se esconde atrás de uma máscara?

Ele age igual àqueles vândalos mascarados que recentemente se aproveitaram das legitimas e democráticas manifestações populares. Brasil afora o povo foi às ruas para reivindicar passagens mais baratas, melhoria para a saúde, para a educação, o fim da corrupção, etc. Mas os criminosos infiltrados queriam apenas promover saques, quebra-quebra e toda sorte de violência. Da mesma forma que os marginais mascarados utilizaram as manifestações democráticas para fins ilícitos, esses travestis de defensores do povo se utilizam do poder das redes sociais para extravasar toda a revolta interior, tudo porque tiveram seus interesses escusos contundentemente rechaçados.

Não vamos cair nestas armadilhas. Homem de verdade tem nome, sobrenome, endereço e RG. Os que agem diferentemente disso, não deveriam sequer ter definição, já que além de escamotearem a verdade e outras coisas mais, vivem escondidos atrás de máscaras, de douradas camuflagens e de muita purpurina.

0 comentários:

- |