LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Auditoria Estadual da Saúde encontra irregularidades de 3 milhões em gestão anterior da Hemolagos




A auditoria realizada pelo Ministério Público e pela Secretaria de Estado de Saúde do RJ nas contas da Hemolagos durante as gestões de 2008 até 2012 encontrou quase 3 milhões de reais em prejuízos ao erário público, e indicia os gestores desse período, Roberto Barroso Pillar, José de Lima Brandão e Edson Pereira dos Santos, a devolverem esses valores ao erário público.

*Clique na imagem para ampliar
 
Entenda o caso:

A auditoria de n.º 200 realizada pelo MP e pela Secretaria Estadual de Saúde, através da Constatação 277407 (veja imagem acima) averiguou e concluiu que a Hemolagos faturou indevidamente os procedimentos referentes à produção hemoterápica no valor de:

Ano 2008 – R$ 618.463,63
Ano 2009 – R$ 853.835,42
Ano 2010 – R$ 777.561,24
Ano 2011 – R$ 419.731,22
Ano 2012 – R$ 145.753,73

TOTAL – R$ 2.815.345,24 (Dois milhões, oitocentos e quinze mil e trezentos e quarenta e cinco reais, e vinte e quatro centavos).

Valor esse que segundo o MP terá que ser devolvido ao erário público devidamente corrigido por Roberto Barroso Pillar, José de Lima Brandão e Edson Pereira dos Santos, então gestores da Hemolagos.

Ficam nossos parabéns ao trabalho do MP e da Secretaria Estadual de Saúde, e aos novos gestores da Hemolagos a partir de 2013, que conseguiram reerguer e moralizar a instituição.

0 comentários:

- |