Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Espaço do Leitor - Uma tragédia anunciada



 

Conforme eu comentara no seu Blog, a Banca Exótica estava exposta, todo o tempo, à visita de um motorista menos hábil.
 
No meu comentário eu chamava sua atenção para a "obrinha" que o governinho do ex-prefeitinho Marquinho havia feito na Praça Porto Rocha, deslocando a banca para "um ponto dentro da curva". Salientava, na ocasião, que os "çabios" do governinho haviam plantado uma série de pinos metálicos em frente a banca, no sentido de protegê-la.

Como eu assinalara, os pinos foram caindo, um a um, diante da imperícia (provavelmente alcóolica) dos nossos motoristas de fim-de-semana.
Na ocasião, eu alertava para a iminência de um atropelamento da banca, após o strike, a queda do último pino.

Pois bem! Aconteceu! Como a idade já não me permite dirigir, não tenho passado pela Praça e só fiquei sabendo do incidente de uma forma que você não vai acreditar!

Um velhinho amigo, que já dobrou o cabo da boa-esperança e hoje só lambe com os olhos, me disse que vira essa notícia em um blog pornográfico que exibe mulheres nuas para cooptar voyeurs, já que leitores não dão trela para as bobagens que lá escrevem.

Fui  conferir! A banca, claro! Estava lá realmente.

Aliás, além das mulheres, o velho tarado arranjou, não se sabe como, uma foto esquisita do nosso conhecido José Bonifácio com um cabelo moicano, exaustivamente exposta para ilustrar textos medíocres e repetitivos.

Caso você encontre o Zé Bonifácio, pergunte a ele se não acha que a foto está um pouco, digamos, agressiva, o que não combina com o caráter e a seriedade do Zé!

Saudações do amigo!
Cassiano Reis

Do Blog Cartão Vermelho:

Cassiano realmente você anunciou com antecedência de meses o destino fatal que teria aquela banca, sobre a foto do Zezinho acho que foi há muitos anos quando ele também foi suplente de deputado em exercício, na época seu mandato teve como ato mais importante se fantasiar de Papai Noel.

0 comentários:

- |