Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

segunda-feira, 2 de março de 2015

Uma cidade esquecida


Paulo Jordão

Vou contar uma  história... Imagine que você abriu uma porta e encontrou um personagem. Você não sabe nada sobre ela,  o que chama sua atenção nesse personagem à primeira vista? Bem, que é uma mulher e  bonita ! Correto... O que mais?  Não consegue responder!  

Esta observação surge como um conflito, que na verdade é ótimo ponto de partida para você começar a explorar uma possibilidade que você desconhecia . Essa personagem a quem me refiro é real , é a prefeita de Iguaba Grande ... Não parece!  Mas é , e foi eleita democraticamente pelo voto popular , e prometeu levar o progresso e a esperança a população da cidade , e que infelizmente não cumpriu !  

Eis outro cenário: Imagine que você acabou de desembarcar nesse local o que você vê?  Não consegue responder ... Tudo bem . Se vê,  uma pequena cidade completamente desconhecida , uma cidade pequena que sequer aparece no mapa, uma cidade sem esperança de progresso, uma cidade com altos índices de desigualdade, uma cidade com uma péssima saúde publica, sem educação, sem segurança, sem saneamento básico, sem asfalto, sem representante e principalmente sem governo. 

Essa cidade existe e chama-se Iguaba Grande. Emancipada de São Pedro da Aldeia em 1995, uma cidade de 42 km de extensão territorial e com 22 850 habitantes e com apenas 22 bairros.  Você não conhece essa cidade?  A culpa não é sua, a culpa é dos pseudo-políticos, gestores  que nunca olharam  para ela com carinho e respeito.

A população dessa cidade ouvia dizer que “dinheiro compra felicidade “, e acreditaram nisso , queridos compra não acredite no que falo! Questione suas convicções amigos e amigas ,  pense em situações que ilustrem pontos de vista diferentes e considere que essa cidade existe e deve ser modificada , deve ser bem gerenciada . Tenho certeza que podemos  transformar essa história triste, em um belo conto de fadas.  Onde  o povo possa ser respeitado, onde a população possa de fato ter uma saúde publica de excelência, onde nossos jovens possam  contar com uma  educação primorosa, onde os munícipes tenham uma segurança que funcione. E que no futuro o dinheiro público seja investido com honestidade e inteligência para a melhoria das condições de vida das pessoas, principalmente as mais carentes. 


E que se tenha coragem para cobrar o cumprimento da legislação em todos os sentidos e  que os moradores de Iguaba Grande sejam parceiros do gestor público e saiba cobrar dos seus representantes uma postura correta e uma cidade mais atrativa!

0 comentários:

- |