LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

VÍTIMAS DO POLITICAMENTE CORRETO. Por Carlos Matheus


VÍTIMAS DO POLITICAMENTE CORRETO

As ideias politicamente corretas conseguiram atingir, mais uma vez, seu objetivo: causar destruição ao Ocidente. Mas dessa vez, infelizmente, o escopo foi alcançado através de morte de mais de cem inocentes. Mas quem disse que os autores, os esquerdistas, dessas ideias se preocupam com as mortes de alguns inocentes para que seus propósitos sejam atingidos? Se assim fosse, não teriam praticado genocídios que totalizaram mais de cem milhões de mortes pelo mundo, somente no século XX, são verdadeiros psicopatas.

Mas como a esquerda tem relação com os ataques que ocorreram no dia 13/11/15, na França? Bem, para que a resposta seja satisfatória, primeiro é necessário entender o modus operandi esquerdista para destruir todo o establishment capitalista: tenhamos em mente que o próprio establishment já está quase todo tomado por esquerdistas com o objetivo de destruí-lo, graças à estratégia de dominação de espaços de Antonio Gramsci, as instituições de ensino, a mídia e até mesmo a igreja, ou seja, os meios formadores de opinião estão tomados por esquerdistas, sendo assim, praticamente todas as ideias veiculadas são propagandas do esquerdismo e/ou politicamente corretas, como bem dizia Gramsci, com essa situação de hegemonia os governos (muitas das vezes esquerdistas também) e o povo passam a aceitar e aplicar essas ideias. Não obstante, as ideias politicamente corretas são feitas para atingir o sentimental das pessoas e quando aplicadas, por serem desprovidas de razão, causam sérios problemas ao país que escolheu aplicar. Assim, quando isso acontece, os esquerdistas, dispondo de uma hegemonia na formação de concepções esquerdistas, responsabilizam os que tentaram evitar que as ideias que geraram os problemas fossem aceitas; logo em seguida passam a divulgar, como solução para os problemas, as concepções do partidão e o aprofundamento do politicamente correto. Este ciclo contínuo vai degradando gradualmente todo o establishment capitalista, até que o próprio sistema chegue ao fim, surgindo explicitamente, como salvador da pátria, o socialismo. Em outras palavras, os socialistas incutem o caos e auferem a revolução marxista, como estipêndio de sua psicopatia.

Na França, temos como medidas politicamente corretas o desarmamento civil e a entrada desenfreada e sem fiscalização de refugiados islâmicos; como problemas, causados por essas medidas, houve os atentados terroristas em Paris; como solução e a responsabilidade por esses atentados, temos o “neoliberalismo”, a direita, que avisou que essas coisas aconteceriam caso as ideias politicamente corretas fossem aplicadas, e as armas (como culpadas, segundo a esquerda) e a maior integração de mulçumanos e o combate as ideias da direita (como solução para o problema, segundo a esquerda). Só de imaginar, já podemos ver a psicopatia dos que aplicam este modus operandi. Agora, sobre as medidas politicamente corretas, pode-se ressaltar: comprovadamente o desarmamento civil deixa população mais insegura e vulnerável, aliás, se a França não tivesse desarmado sua população, com certeza o número de vítimas do atentado teria sido menor, pois certamente um cidadão armado teria intervido contra os terroristas; sobre a permissão para a entrada indiscriminada de mulçumanos, vindos das regiões conflituosas: além do Estado Islâmico ter afirmado que infiltraram mais de quatro mil terroristas entre os refugiados. Segundo o Instituto Pew que fez um levantamento com um total de um bilhão de mulçumanos, descobriu-se que seiscentos e oitenta milhões dos mulçumanos, levantados nessa pesquisa, são radicais (defendem a Sharya, assassinato de homossexuais, terrorismo, etc.). Como efeito desse politicamente correto, já temos regiões inteiras da França onde os islamitas ignoram as leis francesas e aplicam a Sharya. Tendo em vista isso, conclui-se que esse atentado foi apenas o começo, mas fiquem “tranquilos”, não passa de uma medida da esquerda para enfraquecer o establishment capitalista, para que eles surjam com um véu messiânico sobre o socialismo.

Mesmo com isso tudo acontecendo, devemos ser intrépidos e lutarmos contra essas desonestidades intelectuais, reagir contra os vermes que nos corroem, até porque, a hegemonia esquerdista dos últimos cinquenta anos nunca sofreu tanta resistência como vem sofrendo.

Tudo em volta induz à loucura, ao infantilismo, à exasperação imaginativa. Contra isso o estudo não basta. Tomem consciência da infecção moral e lutem, lutem, lutem pelo seu equilíbrio, pela sua maturidade, pela sua lucidez. Tenham a normalidade, a sanidade, a centralidade da psique como um ideal. 

Prometam a vocês mesmos ser personalidades fortes, bem estruturadas, serenas no meio da tempestade, prontas a vencer todos os obstáculos com a ajuda de Deus e de mais ninguém. 

Prometam SER e não apenas pedir, obter, sentir, desfrutar.


Prometam Ser.” - Olavo de Carvalho

0 comentários:

- |