Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Bastidores da Política e da Imprensa - Especial Arraial do Cabo 14-12-2015


West

A querida empresa West Internet após nos deixar sem conexão por 48h (quinta e sexta) deu o ar da graça e restabeleceu a internet, se tudo der certo na West voltamos a manutenção diária do blog.

3º Presidente

Em menos de 1 ano a ECATUR (Empresa Cabista de Desenvolvimento Urbano e Turismo) de Arraial do Cabo, que é uma autarquia da Prefeitura de Arraial do Cabo, chega a seu terceiro presidente, Alexandre Maia, os dois presidentes anteriores foram presos pela Polícia Federal, o último a parar na cadeia foi Agnaldo Luiz.

Prisões

O fato da ECATUR chegar a três presidentes em menos de um ano e os dois presidentes anteriores presos pelos mais diversos tipos de crimes mostra bem a realidade sombria que o Governo Andinho (PMDB) representa para Arraial do Cabo.

Exonerados

O prefeito Andinho (PMDB) ainda se viu obrigado a exonerar da prefeitura de Arraial do Cabo seus amigos e cargos de confiança, entre eles o subsecretário municipal de Governo, Cláudio Sérgio de Mello Correa; o superintendente de Transporte, Sérgio Evaristo Plácido de Aguiar; e o secretário Municipal de Ordem Pública, Marcelo Adriano Santos de Oliveira, todos eles presos pela Polícia Federal.

Justiça manda exonerar

O afastamento dos cargos não foi uma decisão do prefeito Andinho (PMDB) visando dar moralidade a seu governo, o ato de exonerar foi uma determinação da 2ª Vara de São Pedro da Aldeia com base em investigação da Polícia Federal e do Ministério Público.

Carro Oficial

O fato do carro oficial do prefeito Andinho (PMDB), um Cruze placa LUT 4036, estar entre os 20 milhões de bens apreendidos pela Polícia Federal por dinheiro desviado da prefeitura de Arraial do Cabo caiu como uma bomba na cidade, por todos os lados só se comentava sobre a apreensão do carro do prefeito.

Silêncio

Tanto o prefeito Andinho (PMDB) quanto sua assessoria de comunicação se mantiveram calados sobre a apreensão do veículo oficial, nem uma notinha de rodapé se leu sobre mais esse escândalo.

Efeito colateral

Como efeito colateral a essa situação esdrúxula o grupo político que formava a candidatura do primo do prefeito Andinho (PMDB) se esfacelou, o pré-candidato Tê (PMDB) está mais sozinho do que nunca, até Dudu de Nardinho que já estava fechadinho para vice-prefeito de Tê já meteu o pé e voltou a falar em candidatura própria.

Apostas


Nos bastidores políticos de Arraial do Cabo já se aposta que o Governo Andinho deve recuar na pré-candidatura de Tê (PMDB) e anunciar que não apoiará ninguém, não transmitindo assim para nenhum candidato seus mais de 80% de desaprovação de governo.

0 comentários:

- |