Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Reclamação - Obras inacabadas no Cantinho do Céu


Olá equipe do Cartão Vermelho, sou uns dos moradores que esta sofrendo tanto quanto os outros, na verdade o bairro que eu resido sempre foi chamado de Monte Alegre II, e todos os documentos que possuo estão  como monte alegreII, o que ocorre que nao sei o porque, mundão a localidade de nome e ,derrepente passa a se chamar cantinho do céu, o governo estadual libera uma verba para realizar obras de saneamento e asfaltamento das ruas, ; começaram o trabalho e derrepente pararam as obras e deixaram os moradores a ver navio..Sinceramente um absurdo uma falta de respeito muito grande, pois a verba não veio dos crofres da prefeitrura  e, sim conforme  é de conehcimento de todos  esta verba foi liberada pelo governo do estado pra realizar as obras. \Pergunto;onde foi para este dinheiro, porque a obra parou e a quem poderemos recorrer para exigir explicação do sr. prefeito...O que nao pode é ficar assim...Pois a rua fui colocada pó de pedra e já para finalizar com o asfalto...Esta região venta muito e o que esta acontecendo que os moradores estão aspirando este pó de pedra, podendo com o tempo trazer problemas pulmores etc, etc. 

José Leite

Do Blog Cartão Vermelho:

José obrigado por nos enviar a reclamação, conhecemos bem a realidade do seu bairro e essas obras fazem parte do pacote de 80 milhões de reais em obras que o Governo do Estado faria em parceria com a prefeitura de Cabo Frio.

No entanto José, esse dinheiro não sumiu dos cofres da prefeitura, pois esse dinheiro jamais foi depositado nos cofres da prefeitura, essa parceria em obras o Estado paga diretamente as empresas que estão realizando a obra, e assim a verba não fica sob a administração do prefeito ou da prefeitura.

Só que o Estado do Rio de Janeiro está falido desde abril de 2015, e por isso as obras pararam aqui em Cabo Frio e praticamente em todo o Estado, a situação do Estado é tão crítica que não pagou os salários de dezembro e não vai pagar 13º de seus funcionários, além de não pagar a fornecedores ou empresas que realizavam obras como a do seu bairro.


Portanto José a culpa não é do prefeito, mas é do governador, e como cobrar isso dele? Talvez uma ação coletiva de obrigação de fazer contra o Estado, seria uma forma democrática e legal de exigir o término da obra.

0 comentários:

- |