Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 16 de março de 2017

* Irregularidades, desvios, desmandos e desrespeito na Câmara de Vereadores de Cabo Frio


O Blog Cartão Vermelho recebeu uma série de denúncias contendo irregularidades, desvios, desmandos e desrespeito aos funcionários, que segundo o denunciante vem ocorrendo na Câmara de Vereadores de Cabo Frio.

Aquiles Barreto (SD)
Muitas das acusações contidas nessa série de sete denúncias são graves, e por isso buscamos contato com o presidente da Câmara de Vereadores, Aquiles Barreto (SD), mas até o momento do fechamento dessa matéria não recebemos um posicionamento por parte da presidência da Câmara.

Segue as sete denúncias:

Sr. Álex Garcia quero apresentar a vocês do Cartão Vermelho várias denúncias de irregularidades e desmandos que estão acontecendo na Câmara de Vereadores de Cabo Frio.

Vamos lá:

Denúncia 1 - Obra péssima e sumiço de material da Câmara

O presidente realizou uma obra na Câmara de Vereadores de Cabo Frio, obra essa que todos os funcionários e pessoas que tramitam na Câmara reclamam devido a péssima qualidade e falta de organização, por exemplo, houve uma verdadeira destruição da portaria, peças caras sumiram e obras de arte estão em local incerto ou não sabido.

Na portaria retiraram o vidro que mantinha a segurança, simplesmente um vidro enorme e caríssimo desapareceu, quebraram as paredes que eram revertidas de pedra, granito e mármore, pedras caras que também sumiram e retiraram os quadros históricos dos corredores e também retiraram o quadro do famoso e falecido artista, Torres do Cabo, feito especialmente para a recepção. Torres de Cabo se orgulhava muito dessa obra estar a frente da Câmara, mas só Deus sabe o destino que terá essa obra de preço incalculável para nossa cidade.

As paredes são de gesso e madeirite, frágil e vagabundo, colocaram uma mesa de colégio (também vagabunda) na recepção, sem qualquer respeito aos profissionais que ali executam seu trabalho, é hoje uma recepção ridícula, sem estrutura e de péssima qualidade, com total falta de segurança, e imaginar que um dia tivemos uma recepção chique, linda e luxuosa.

Hoje temos materiais como gesso cartonado nas paredes, e onde esta o material caríssimo que foi retirado? Foi parar onde?

Denúncia 2 – Cadê os carros? Porque se paga verba de combustível?

A presidência alega que doou os carros da casa, mas ninguém sabe como isso funcionou e qual a legalidade desse ato. Só que o mais grave vem agora, se não tem carro como pode se gastar mensalmente verbas e mais verbas de combustível? É possível gastar combustível oficial sem carro oficial?

Denúncia 3 – Estão destruindo nossa história

A presidência da Câmara cometeu o crime de acabar com a divisão de História da Casa, também conhecida como Sala das Atas, provavelmente o patrimônio histórico com os documentos mais importante da cidade, séculos de história pode desaparecer. Jogaram a Sala de Atas para um vão embaixo da escada do plenário, aquele beco escuro, sem janelas ou ventilação, com muito mofo e ácaro passou a armazenar toda a história da cidade, é obvio que documento com séculos de vida não suportaram um ambiente tão adverso.

A antiga Sala das Atas virou gabinete da vereadora Letícia Jhotta, que com todo respeito a vereadora, que não tem culpa da insensatez do presidente.

Denúncia 4 - Direitos trabalhistas desrespeitados

Até hoje não foi pago o enquadramento do último nível referente ao plano de cargos dos funcionários da casa, que deveria ser pago desde dezembro de 2016. O plano de carreira é dividido em níveis que vão de A até E, mas até o momento nada foi pago, a desculpa da presidência é que precisam montar uma “comissão de avaliação”, sendo que essa tal “comissão“ seria formada por diretores nomeados pelo presidente, Aquiles Barreto, e esses funcionários tem apenas 2 meses de casa, sem qualquer capacidade de avaliação. Para piorar a tal “comissão” inexiste, retirando assim direitos adquiridos pelos trabalhadores da casa legislativa de Cabo Frio, e sem nenhuma previsão de solução dessa situação ultrajante.

Denúncia 5 - Cadê a data base?

Ainda em relação aos trabalhadores da Casa Legislativa até hoje nossa data base nao foi paga e nem movimentada e encontrasse parada na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) que é presidida pelo vereador Guilherme Moreira), só que nossa data base é idêntica a que a Câmara de Búzios esta pagando, e a nossa data esta sem ser paga, e mais uma vez sem nenhuma previsão de solução por parte da presidência da casa.

Denúncia 6 - Tratamento desrespeitoso com o funcionário  

Colocaram um diretor geral na Câmara de Cabo Frio que diz ser morador de Iguaba, alega ser um técnico na área (?) e que não é político, portanto fala com rispidez que não faz questão alguma de ajudar ou conhecer nenhum funcionário, com essa conduta cruel estão tirando direitos dos servidores, não existe diálogo apenas insatisfação e desrespeito, todos esperam ansiosos essa presidência acabar, pois serão dois anos de escuridão para todos nós.

Denúncia 7 - Assistência e plenários abandonados

Temos plenário lotado, assistência lotada sem ar condicionado, vide ultima sessão, todo mundo dentro desfilando no plenário, uma verdadeira bagunça como jamais se viu naquela casa. Assessores tumultuam a sessão ficando junto com os vereadores, sem privacidade para que os edis trabalhem.

Peço, por favor, que não divulgue meu WhatsApp e meu nome, pois se isso acontecer serei vítima de uma perseguição imensa. 


Nome preservado

0 comentários:

- |