Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Ronda Policial: Sapatão na Cadeia// Fuzil Apreendido // Tráfico // Assassino na Jaula


Assassino na Jaula

Peterson da Silva Ignácio Rosa (24 anos), velho conhecido da polícia por sua longa ficha criminal que inclui diversos homicídios por disputa de "boca de venda de droga" entre outros delitos como tráfico e gerência de tráfico, está na jaula.

Uma Guarnição da Polícia Militar, munida de informações privilegiadas sobre a localização de Peterson, que tem contra ele dois mandados de prisão expedido, e que estava atualmente na gerência do tráfico no bairro São João, organizou uma operação que culminou com a prisão do meliante.  

Após a prisão, Peterson foi encaminhado até a 125ª Delegacia de Polícia onde ganhou uma jaula até ser despachado para o sistema carcerário do Rio de Janeiro.

Perdeu o Fuzil

Em Araruama a Polícia Militar recebeu a denúncia de traficantes armados de fuzil, aterrorizando moradores  e causando sensação de insegurança na Rua Jussara bairro Parati.

Com uso do serviço de inteligência e planejamento com realização de cerco tático, a Polícia Militar efetuou abordagem no principal denunciado, que em colaboração​  entregou o local de esconderijo do citado "fuzil".

Mas tratava-se de um fuzil de airsoft modelo AK 47 (réplica) e o dono do fuzil é segundo o "direito dos manos" uma criancinha de 17 anos.

A criancinha de 17 anos foi conduzido à 118ª Delegacia de Polícia onde se constatou que a criancinha de 17 anos já tem diversas anotações criminais por diversificados crimes, o fuzil ficou apreendido e a criancinha de 17 anos foi entregue ao responsável e voltou para casinha impunemente para aterrorizar novamente a cidade.

Sapatão Rodou

Juliana Souza Valentim, vulgo Juliana Sapatão, tava dando um rolé com sua moto pela Praça de Unamar, mas quando Sapatão viu uma Guarnição da Polícia Militar resolveu dar um pinote, empreendeu em fuga, mas a moça não conseguiu fugir ao cerco policial e acabou detida e verificou-se que existe contra ela dois mandados de prisão, um por tráfico de droga e outro por porte ilegal de arma de fogo.

Juliana Sapatão foi levada para a 132ª Delegacia de Polícia e de lá vai ser encaminhada para cumprir sua pena no sistema carcerário do Rio de Janeiro.

0 comentários:

- |