LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Peças roubadas de carros que iam para depósito eram usadas em viaturas policiais no RJ, diz MP


Peças roubadas de carros que iam para o depósito municipal de Casimiro de Abreu, no interior do Rio, eram usadas em viaturas das polícias Militar e Civil, segundo o Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ).
A informação foi passada pelo promotor de Justiça Marcelo Arsênio em entrevista ao RJ1 desta quinta-feira (11) sobre a Operação Top Up.
Durante as investigações, a Justiça autorizou escutas telefônicas. Elas mostram como acontecia essa liberação de veículos e o pedido para troca de peças.
Uma das gravações mostra um policial militar e o gerente do depósito conversando. O militar pede a liberação de um carro apreendido.
"Cara, vou te pedir um favor. Tem como liberar um Siena preto?", diz o policial na gravação. "Tem, tem (...) Já vou ligar para o Alex lá e peço pra recolher as guias e deixar na companhia aí", respondeu o gerente.
Outra gravação tem a participação do policial civil Celso Alves, que segundo as investigações do MPRJ, era o responsável pelo esquema de troca das peças de carros apreendidos para outros veículos, inclusive viaturas.
Na gravação, o policial civil pede para um funcionário do depósito liberar uma peça para ser colocada numa viatura da Civil que seria usada em uma operação pouco depois.
"Uma bateria para o Megani aqui, tem aí?", disse um homem identificado como Leandro. "Rapaz, aqui eu não tenho esses carros meus vem tudo sem bateria, mas posso ir lá no pátio tentar arrumar pra você", responde o policial civil. "Então vai lá no pátio então. Tem que ser rápido porque eu tenho uma operação para fazer agora quatro e meia", disse Leandro.
"Ele [o policial civil Celso Alves] liberava peças de veículos apreendidos na delegacia pra que fossem cedidas para o Washington [dono do depósito], de interesse pessoal dele, e da mesma forma, peças eram liberadas de veículos apreendidos para de alguma forma equipar viaturas da Polícia Militar e da Polícia Civil", disse o promotor.


Link da matéria completa :
https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2019/04/11/pecas-roubadas-de-carros-que-iam-para-deposito-eram-usadas-em-viaturas-policiais-no-rj-diz-mp.ghtml

0 comentários:

- |