Pular para o conteúdo principal

Prefeitura do Rio anuncia mudanças no plano de prevenção para chuvas a partir deste domingo



Ainda segundo a prefeitura, equipes já estão posicionadas para fechar, se necessário, as seguintes vias da cidade: Avenida Niemeyer, Estrada Grajaú-Jacarepaguá, Alto da Boa Vista, mergulhão da Barrinha, Estrada da Barra da Tijuca (entre as pontes "velha" e "nova"), Rua Jardim Botânico e mergulhão Billy Blanco (perto do Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca).
Também há equipes de prontidão caso seja necessária uma operação de emergência com abertura de comportas da região do Jardim de Alah, Rua Visconde de Albuquerque, General Garzón e em Botafogo, próximo à praia.

A prefeitura também informou que todos os seus órgãos estão de prontidão. Equipes da Defesa Civil, CET-Rio, Geo-Rio, Conservação, Rio Águas e Comlurb estarão de plantão em pontos da cidade onde houver maior risco de danos causados por inundações e deslizamentos. O Centro de Operações Rio é responsável pelo monitoramento da chuva em tempo real, acionando e integrando equipes dos diversos órgãos da prefeitura e informando a população sobre ocorrências relacionadas à chuva.
A prefeitura também pede para a população priorizar os transportes públicos em caso de temporal.

Novas medidas anunciadas

  • Abertura de 87 escolas municipais para receber moradores em situação de risco;
  • Acionamento de sirenes em comunidades de risco quando chuvas atingirem 45mm/h;
  • Em áreas já castigadas pelas chuvas de 8 e 9 de abril, como Rocinha, Vidigal e Babilônia, sirenes poderão ser acionadas antes do índice previsto no protocolo;
  • Fechamento, se necessário, das seguintes vias da cidade: Avenida Niemeyer, Estrada Grajaú-Jacarepaguá, Alto da Boa Vista, mergulhão da Barrinha, Estrada da Barra da Tijuca (entre as pontes "velha" e "nova"), Rua Jardim Botânico e mergulhão Billy Blanco (perto do Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca);
  • Reforço nas equipes: mais de 4 mil homens nas ruas no total de todos os órgãos municipais envolvidos na prevenção e atenção com a chuva;
  • Botes da Guarda Municipal na Zona Sul, podendo ser deslocados para outras áreas em caso de necessidade
  • Distribuição de agentes da Guarda Municipal, CET-Rio, Seconserva e Comlurb por pontos estratégicos, especialmente os já fragilizados pela chuva da semana passada;
  • Informação, pela CET-Rio, em painéis fixos, sobre eventuais interdições e pontos de alagamento;
  • Massificação do serviço de alerta por SMS, com divulgação do número 40199, para que mais pessoas cadastrem os CEPs de suas residências e recebam os avisos sobre chuva feitos pela Defesa Civil;
  • Massificação das informações nas redes sociais e em veículos de comunicação;
  • Alertas à população para que não coloque lixo nas ruas durante o temporal. As pessoas devem guardar seu lixo em casa, porque a coleta pela Comlurb só será feita após o temporal;
  • Equipes de plantão para abrir as quatro comportas da região do Jardim de Alah, Rua Visconde de Albuquerque, General Garzón e em Botafogo, caso seja necessário;
  • Acionamento do Gabinete de Crise, comandado pelo prefeito Marcelo Crivella, no COR, tão logo haja necessidade;
  • Verificação do abastecimento dos geradores nas unidades pré-hospitalares e hospitalares (recomenda-se que hospitais particulares e públicos de outras esferas de governo façam o mesmo), com destacamento de equipes de prontidão;
  • Monitoramento ininterrupto da velocidade do vento;
  • Reforço na equipe do 1746.

  • Previsão do Tempo
Alerta Rio informa que ventos em altos níveis manterão o tempo instável na cidade do Rio neste domingo. Há previsão de pancadas de chuva moderada a forte, podendo ser muito forte em curto período de tempo e em pontos isolados, com rajadas de vento e raios. Os ventos ficarão com intensidade moderada, ocasionalmente forte. Máxima prevista de 30°C.

Fonte: g1.globo.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.