Pular para o conteúdo principal

Primeira temporada do Bandeira Azul Praia do Peró termina nesta sexta-feira (26)





“A Bandeira Azul vai descansar enquanto trabalhamos para nova certificação”.  Dessa forma o secretário de Desenvolvimento da Cidade, Felipe Araújo, definiu o período que se encerra nesta sexta-feira (26), com o arriamento da Bandeira Azul na Praia do Peró, e que marca os esforços que o município se propôs a desenvolver para receber uma nova certificação para o próximo verão.

Hasteada no dia 25 de novembro de 2018, a Bandeira Azul Praia do Peró foi o ápice de um movimento que partiu dos próprios moradores do bairro, envolveu o Poder Público e se transformou em uma das maiores atrações turísticas da cidade da temporada 2018/2019.

“Eram 34 critérios a serem cumpridos, passando desde a qualidade da água até a mobilidade e acessibilidade. Contamos com diversos guerreiros, capitaneados pelos nossos coordenadores, Paloma Arias e Magno Maiques, que trabalharam diuturnamente, contagiando todos os demais agentes ambientais, para que todas as determinações fossem cumpridas, e a certificação acontecesse. Do ponto de vista ambiental, foi uma vitória maiúscula para Cabo Frio, mas não podemos parar por aqui, nem na Praia do Peró, e envolver todas as nossas praias nos mesmos princípios que nos trouxeram essa certificação”, afirmou o coordenador de Meio Ambiente Mario Flavio Moreira.

Para o secretário de Turismo, Radamés Muniz, a Bandeira Azul serviu como diferencial no apelo turístico para a Praia do Peró.

“A certificação da Bandeira Azul transformou a Praia do Peró em um produto turístico ecológico. Os visitantes procuram o local pela valorização ambiental e também pela organização trazida pelo selo. Isso refletiu diretamente na ocupação da rede hoteleira no local, que teve um acréscimo de 20% a 30%. Observamos também que muitos desses visitantes vêm de São Paulo, que é um público bastante antenado com as questões da área ambiental.  A Bandeira Azul trouxe, sem dúvidas, um diferencial à Cabo Frio, nos tornando referência no turismo do Estado do Rio e também de toda Região Sudeste”, enfatizou.

Setor hoteleiro

Para os hotéis da Praia do Peró, a certificação foi a confirmação de uma aposta antiga em um lugar promissor.

“O que vi foi uma integração e aceitação dos moradores e turistas muito positiva. Não podemos perder essa oportunidade de colocar o Peró e Cabo Frio na mídia brasileira e internacional nesse próximo verão.  Será a afirmação de um sonho antigo, de uma aposta, até, de todos nós que escolhemos o Peró”, afirmou Roberto Saci, dono de um hostel premiado nacionalmente pela sustentabilidade da construção e dos serviços.
Carlos Cunha, presidente da Associação de Hotéis de Cabo Frio, ressaltou que a certificação trouxe melhorias para todo o bairro do Peró.

“Foi um curto período de tempo, mas vimos grandes melhorias em relação ao ordenamento, Postura, segurança dos visitantes, dos moradores e dos turistas, principalmente durante o dia, quando tivemos maior presença da Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, como sempre, trabalhando muito bem e a Guarda Municipal muito mais presente, refletindo no dia a dia de todo o bairro”, disse.

Obras para a nova certificação

Mesmo com todas as melhorias que redundaram na certificação para a temporada 2018/2019, ainda há muito a ser feito tanto na Orla quanto no bairro do Peró.  A Prefeitura de Cabo Frio já prepara um calendário para dar início às intervenções que vão abranger desde obras definitivas de mobilidade urbana, até a construção de novos quiosques, passando pela conscientização da população e turistas acerca dos critérios que devem ser respeitados.

“Eu falei, em uma conversa com os coordenadores locais do programa, que agora, a Bandeira Azul vai descansar, enquanto nós vamos trabalhar.  Já temos equipes do Planejamento e de todas as secretarias envolvidas, além da Comsercaf, conversando entre si para que as datas sejam estabelecidas e as partes envolvidas comunicadas, para que, juntos, possamos superar os critérios estabelecidos e hastear, com propriedade, nossa Bandeira Azul na Praia do Peró, criando expertise para que outras praias de nossa cidade possam se candidatar de forma natural à certificação”, explicou o secretário de Desenvolvimento Felipe Araújo.

A cerimônia de arriamento da Bandeira Azul Praia do Peró está marcada para a próxima sexta-feira (26), às 10 da manhã, com a apresentação dos ganhos advindos da certificação, apresentação do projeto para a segunda fase e apresentação das perspectivas futuras com a nova certificação.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.