Pular para o conteúdo principal

Prefeitura inicia ordenamento no Canto do Forte


A Prefeitura começou efetivamente, na manhã desta quarta-feira (29), o ordenamento do Canto do Forte, após um período de planejamento das ações e de diálogo com os pescadores locais. A ação liderada pela Guarda Marítima e Ambiental mobilizou 30 funcionários, incluindo a Comsercaf, Coordenadoria Geral de Meio Ambiente, Guarda Civil Municipal e Coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental.

O trabalho foi acompanhado de perto pela Federação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj) e pela Colônia de Pescadores Z4. Uma retroescavadeira e um caminhão foram disponibilizados pela Comsercaf para auxiliar no trabalho.

Ao todo, três embarcações foram retiradas do local. Uma delas, em estado precário de conservação, foi levada para o Aterro Sanitário de São Pedro da Aldeia. Outra foi levada para a Passagem, que também passa por ordenamento, a pedido do proprietário e a terceira, que estava abandonada, foi levada para um galpão na Morada do Samba.

Uma grande quantidade de entulho e resíduos também foi retirada na operação. Caixas de isopor, restos de rede de pesca, fragmentos de barcos, geladeiras enguiçadas que serviam apenas de depósito de material e cerca de 20 pneus de todos os tamanhos também foram levados para o aterro sanitário para descarte.

Pelo acordo feito com os pescadores, apenas dez embarcações, selecionadas pela Colônia Z4 mediante cadastro prévio, poderão ficar no local. “O objetivo é fazer esse ponto turístico voltar a ser como era antigamente”, comentou o diretor administrativo da Guarda Marítima e Ambiental, Ângelo Santos.

Segundo a coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental, Andreia Nogueira, ao longo de todo o processo de ordenamento, os pescadores recebem noções de como manipular e expor o pescado e, sobretudo, de descarte do material orgânico, como as vísceras e as espinhas.

“O ordenamento é uma ação de saúde e, ao mesmo tempo, ambiental. A espinha do peixe é cheia de microorganismos e se ela for descartada na areia, alguém pode se ferir. Nessas ações, também podemos constatar uma grande quantidade de micro-lixo na areia. Então esse ordenamento é uma ação intersetorial, pois tem impacto em várias áreas”, comentou Andreia.

A embarcação levada para a Morada do Samba tem um prazo de 90 dias para ser retirada. Caso isso não ocorra, será leiloada. O proprietário da embarcação deve procurar a Coordenadoria de Posturas, na Rua Gustavo Beranger, 267, na Vila Nova.  




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tribunal do Tráfico decapita Homem na noite deste sábado na Favela do Lixo em Cabo Frio

Um crime bárbaro acaba de acontecer na noite deste sábado (23/05) em uma das maiores comunidades do interior do Estado do Rio de Janeiro, bairro Manoel Corrêa mas conhecido como Favela do Lixo em Cabo Frio. Segundo informações de populares que preferiram manter o anonimato, um homem chamado Matheus teria sido torturado pelo Tribunal do Tráfico e em seguida foi decapitado, o motivo do crime seria por Matheus ser informante da polícia, na linguagem do crime ele seria um X9. A Polícia Militar está nesse momento fazendo levantamento do crime e pegando a identificação completa da vítima, até o momento não foi lavrada a ocorrência, e traremos mais informações conforme o andamento das investigações. As imagens são fortíssimas e não recomendada para pessoas sensíveis.

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

  O LOBO EM PELE DE CHACAL!   “TSE defere candidatura e José Bonifácio tomará posse como Prefeito de Cabo Frio” “Em decisão monocrática o Ministro Alexandre de Moraes deferiu o recurso de José Bonifácio” Na sexta-feira (18/12) por volta das 18:00 horas as manchetes acima surpreenderam alguns incautos cabofrienses, e deixaram duas sérias indagações no ar: - O que motivou o Ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, a evitar o julgamento pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral? - A séria motivação impeditiva deixou de existir apenas duas horas depois de iniciado o “recesso” do tribunal?   Bem... o editorial do Blog Cartão Vermelho não possui todas as respostas, porém, cumprindo sua principal missão de trazer luz aos fatos, assinala agora a ação vil, perdulária e principalmente venal que acometeu a defesa do Sr. José Bonifácio.   Os advogados que patrocinaram a causa de Zezinho, fazem parte de uma bancada respeitadíssima nacionalmente, é uma das mais cara