LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

terça-feira, 9 de julho de 2019

PREFEITURA PROMOVE REUNIÃO COM COMERCIANTES PARA DISCUTIR PADRONIZAÇÃO DA FEIRA LIVRE MUNICIPAL


A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, promoveu uma reunião com comerciantes que compõem a Feira Livre Municipal. O encontro, que aconteceu no auditório do Centro de Formação Municipal (CEFOR), teve como objetivo discutir ações para a melhoria e padronização do espaço. Cerca de 50 feirantes estiveram presentes. Realizada semanalmente todas as sextas-feiras, a Feira oferece diversos produtos da agricultura familiar, como frutas, legumes e verduras, além de roupas, acessórios e artesanato. O comércio livre a varejo funciona na Rua João XXIII, no bairro Nova São Pedro, próximo ao Teatro Municipal.

O secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu, falou sobre os objetivos do encontro. “A gente vem trabalhando a algum tempo em melhorias para a Feira Municipal e a cada ano nós temos avançado, buscando atender os anseios não só dos feirantes, mas também dos usuários, que são os nossos munícipes. A nossa proposta é padronizar o uso do espaço e já temos um levantamento atualizado, com a medição das áreas e quanto cada um ocupa. Com isso, nós pretendemos implementar uma legislação específica que vai determinar, dentre outras questões, um valor por cada espaço ocupado e também as formas de cobrança”, explicou.

Entre os temas discutidos durante a reunião estiveram, ainda, a condição atual da Feira e os avanços obtidos ao longo dos anos, incluindo a melhoria nos aspectos de apresentação do produto, fiscalização e o cumprimento das legislações sanitárias. Na oportunidade, também foi discutido o processo de formalização da Associação dos Feirantes, em fase final de registro em cartório.
Um dos feirantes mais antigos do município, Edson de Leão elogiou a iniciativa. “Eu acho esse momento muito importante, esse governo nos deu uma melhoria de 100%, nos tirou de um local de lama e hoje nós atendemos ao freguês em um espaço muito melhor, e eu acredito que ainda vai melhorar muito. A Prefeitura tem gastos com o local da Feira, então tem que existir essa cobrança, essa padronização da medida, até para que o pagamento seja justo para todos. O secretário Dimas é uma pessoa de diálogo, que tem estado ao nosso lado, e o objetivo é continuarmos juntos e unidos para ajudar mais e mais na melhoria do espaço”, destacou o produtor e futuro presidente da Associação dos Feirantes.

Além da regulamentação do pagamento de uma taxa periódica pela ocupação do espaço, o processo de padronização da Feira Livre Municipal vai incluir, futuramente, a especificação do tipo de barraca e a disposição adequada das bancas e tabuleiros, de acordo com o espaço previamente definido em lei.
Com cerca de 58 anos de existência no município, a Feira Livre Municipal conta, atualmente, com 78 feirantes cadastrados. As normas e diretrizes de funcionamento da Feira estão previstas na Lei Complementar n° 41, de 15 de agosto de 2005, que instituiu o Código de Posturas Municipal, e na Lei municipal n°1.852, de 15 de julho de 2005.



0 comentários:

- |