LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

terça-feira, 16 de julho de 2019

Prefeitura realiza vistoria na Praça dos quiosques após crime ambiental



Os secretários do Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira e do Desenvolvimento da Cidade, Felipe Araújo, estiveram, na manhã desta segunda-feira (15), na Praça dos Quiosques, onde, no último sábado (13), dois quiosques foram multados e interditados, após serem flagrados despejando esgoto na rede de captação de águas pluviais, que resultou em um vazamento que atingiu a Praça do Skate, interditando um dos equipamentos utilizados pelos esportistas.
Os secretários estavam acompanhados de engenheiros do Departamento de Saneamento da secretaria do Meio Ambiente, fiscais e um representante da secretaria de obras, e fizeram uma vistoria em toda a rede de captação de esgoto dos estabelecimentos comerciais, tanto na parte interna quanto externa, para tentar entender a razão da atitude dos comerciantes em fazer a ligação irregular para desviar o esgoto.
Representantes de quatro quiosques acompanharam a vistoria e, apesar de admitirem a gravidade da atitude dos quiosques flagrados, solicitaram uma reunião com prefeitura para que sejam apresentadas propostas para que o funcionamento dos estabelecimentos siga um padrão, com direitos e deveres estabelecidos de forma clara.
“Uma questão é o crime ambiental que foi cometido, grave e sem explicações. Outra é a vontade dos quiosqueiros em trabalhar de acordo com a legislação. Se eles são concessionários, com permissão da prefeitura, é porque são capacitados que outras pessoas para exercer a atividade comercial, mas todos têm direitos e deveres. Essa reunião será muito proveitosa, pois iremos esclarecer, de uma vez por todas, que quem quer trabalhar da forma correta, terá o poder público ao seu lado. Mas, quem quiser trabalhar com suas próprias regras, pensando apenas no proveito próprio, não terá a conivência para cometer atos como o flagrado no último sábado”, afirmou o secretário de Desenvolvimento, Felipe Araújo.
Para o secretário de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira, o cumprimento das normas ambientais e de saneamento são fatores preponderantes para que os concessionários possam se enquadrar à Legislação.
“A questão do esgoto foi absurda, um crime ambiental cometido à luz do dia. Nossa parte, notificar e multar, foi feita com rigor. A Interdição dos quiosques coube à Coordenadoria de Posturas.  Na vistoria de hoje, notamos que os quiosques estão utilizando os equipamentos de saneamento de forma correta, mas não estão fazendo a manutenção desses equipamentos. É uma situação que acaba levando a um colapso. Vamos aproveitar essa reunião para explicar aos quiosqueiros que eles só estão ali, por causa da Praia do Forte, por causa do meio ambiente que nos proporciona pontos turísticos com capacidade de atração de pessoas.  Se não houver cuidados com o meio ambiente, a atração acaba”, explicou.
A reunião entre quiosqueiros e a Prefeitura ficou marcada para a próxima quinta-feira (18) em local e horário a serem definidos.

0 comentários:

- |