LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

ENCONTRO NA SECRETARIA DE AGRICULTURA DISCUTE CADEIA PRODUTIVA DA AROEIRA E PARCERIA COM EMPRESA PAULISTA



O secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu, se reuniu com representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da empresa paulista Concepta Ingredients, que demonstrou interesse na cadeia produtiva da aroeira aldeense e na compra do produto. Na ocasião, foi apresentado o sistema de trabalho e todas as ações do município, do Ministério e do GT-Aroeira junto aos agricultores em prol da regulamentação e regularização da atividade de manejo e coleta da pimenta rosa, como é popularmente conhecida.

Para o secretário Dimas Tadeu, esse é um reconhecimento do trabalho realizado pelo GT-Aroeira. “Nós estamos trabalhando na construção de um produto de qualidade. Essa é mais uma empresa que se propõe a fazer uma parceria também no sentido de estar junto com aquisição de produto. Para nós, isso é um ganho, sinal que o projeto está dando certo. Com as parcerias corretas estamos caminhando, cada vez mais, para um projeto mais sólido e sustentável para São Pedro da Aldeia”, afirmou.

A reunião foi realizada na sede da Secretaria Municipal e discutiu o processo de trabalho, desde o plantio e a forma de colheita até a capacitação dos produtores. Também foi tema do encontro o primeiro Centro de Beneficiamento Primário da Aroeira do estado e o extrativismo legalizado na área de reserva do Assentamento Ademar Moreira, no bairro São Mateus, entre outros.

A auditora fiscal federal agropecuária do MAPA, Ludmila Gaspar, falou sobre o momento. “Desde 2015 nós incentivamos a estruturação da cadeia produtiva e, hoje, a gente está tendo a oportunidade de mais uma empresa, diante de todo esse projeto, olhar para São Pedro da Aldeia, olhar para nosso estado, e ver a nossa produção agropecuária e nos dar a oportunidade de colocar a nossa aroeira para o mundo. Essa é mais uma oportunidade para os produtores”, destacou Ludmila, que participou do encontro acompanhada do administrativo e técnico de Agronegócio do MAPA, Rodolfo Moraes.

Segundo a especialista em sustentabilidade na Concepta Ingredients, uma empresa de São Paulo, Thaís Hiramoto, o objetivo do encontro foi conhecer a cadeia da aroeira. “Esse é um produto bem interessante para a gente, tendo parceiros e instituições próximos a esses produtores, vejo que tem um potencial muito grande de dar certo. A gente vê bastante potencial para a indústria de alimentos”, disse a profissional, que também teve a oportunidade de conhecer de perto os frutos e as plantas.

Em maio de 2019, foi feito o anúncio da primeira grande venda da aroeira produzida pelos agricultores familiares do Assentamento Ademar Moreira a uma empresa de cosméticos orgânicos de Curitiba-PR, marcando a entrada do produto no mercado nacional. Em São Pedro da Aldeia, o projeto pioneiro em prol do desenvolvimento da cadeia produtiva da pimenta rosa envolve a participação de representantes de 17 instituições de diversos setores, governamentais e não governamentais, pesquisadores, especialistas, técnicos e botânicos.


0 comentários:

- |