LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

2ª Audiência Pública do Plano Diretor reúne população na noite de ontem (3) no CIEP


O novo plano diretor deu mais um passo para sua elaboração. Na noite de ontem (03), munícipes, representantes do poder público e autoridades se reuniram para a discussão do projeto, desta vez no bairro Prainha, em evento realizado na quadra do CIEP. A segunda audiências pública contou com a participação de aproximadamente 50 representantes da sociedade civil, que levaram suas pautas e discutiram possíveis mudanças no atual plano.

 Os principais pontos discutidos foram métodos para a preservação do ambiente, meios para alavancar o turismo local, contenção da especulação imobiliária, acessibilidade e mobilidade urbana, transporte público, saneamento básico, educação e atividades para a  juventude cabista.

Mais uma vez, a importância da participação da população nessas discussões foi exaltada pela mesa diretora, presidida pelo Secretário do Ambiente e coordenador do projeto do Plano Diretor, Arildo Mendes, e o Secretário de Administração, Luiz Cláudio Leal Barreto. Somente através da participação que se faz possível pautar os próximos anos de desenvolvimento de Arraial do Cabo. O Plano Diretor é o instrumento essencial da política de desenvolvimento da cidade e deve ser revisto a cada 10 anos. Sua principal finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada dentro dos espaços urbanos na oferta dos serviços essenciais, visando assegurar melhores condições de vida à população.

Secretários Municipais e representantes, vereadores e também a equipe de trabalho da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ), representada pelo professor Augustin Verneck, que trabalha em conjunto com a Prefeitura na elaboração desse plano, compuseram a mesa. A próxima audiência pública será no dia 10 de setembro, às 18h, na Escola Municipal Vera Felizardo.

Após as audiências públicas, todas as pautas apresentadas serão encaminhadas às Câmaras Técnicas, também com a participação de segmentos da população, que vão discutir os temas: Proteção ao Meio Ambiente, Uso e ocupação do solo, Mobilidade Urbana, Serviços Públicos Essenciais e Economia, Turismo e Pesca e Juventude. A população está convidada para levar as ideias, sugestões e pautas de discussão acerca desses e outros temas de interesse popular para serem discutidos durante as câmaras técnicas.


Fonte: ASCOM PMAC

0 comentários:

- |