LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

CURSO ENSINA CRIAÇÃO DE ABELHAS NATIVAS EM SÃO PEDRO DA ALDEIA



O último sábado (28), em São Pedro da Aldeia, foi marcado pela realização da primeira aula do curso gratuito de Meliponicultura, voltado à criação de abelhas nativas sem ferrão. Ao todo, 16 alunos participaram do primeiro dia de capacitação, ministrada no Horto Escola Artesanal. A ação é uma iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Pesca.

O secretário responsável pela pasta, Dimas Tadeu, acompanhou a programação no local. “A ideia da realização desse curso surgiu a partir de uma oficina que promovemos na Semana do Agricultor. Ao todo, serão cinco finais de semana de aulas e os alunos vão aprender desde o hábito das abelhas, o cuidado, os métodos de criação e captura, até as propriedades do mel. O intuito é oferecer mais uma opção de atividade e de qualificação para a população, principalmente para os agricultores. Além disso, o curso trabalha muito a questão da preservação das espécies no ambiente natural”, destacou.

Realizadas aos sábados, as aulas abordam conhecimentos teóricos e práticos para o desenvolvimento da atividade de criação das abelhas nativas sem ferrão, chamada de Meliponicultura. Com carga horária total de 9h, o conteúdo programático do curso inclui a importância ecológica das abelhas; as principais espécies de abelhas nativas para criação; suas características; técnicas de manejo; instalação de iscas; coleta de enxame; colheita e conservação de mel e própolis.

“Quando falamos em criação de abelhas sem ferrão, é fundamental que, antes de tudo, cada um tenha uma consciência preservacionista, já que as matas nativas a cada ano estão sendo destruídas. Só para ter uma ideia, se as abelhas deixarem de existir o homem em quatro anos estará morto, pois as abelhas são os insetos responsáveis pela grande maioria das polinizações. Então, devemos preservar e cuidar desses insetos”, salientou o instrutor Joelson Rodrigues.

Durante a aula do último sábado, os alunos participaram de uma atividade prática de preparação de isca, com utilização de garrafa pet. As próximas aulas, nos dias 8 e 12 de outubro, serão dedicadas à prática de captura natural de enxame, das 9h às 12h. 



0 comentários:

- |