Pular para o conteúdo principal

COLUNA BANZO


DR. SERGINHO

TRABALHO E METAS


Semana passada o Governador Wilson Witzel encaminhou a ALERJ,  e pediu REGIME DE URGÊNCIA, 15 Projetos de Leis e 01 Projeto de Lei Complementar (para ver na íntegra clique aqui http://www.alerj.rj.gov.br/Visualizar/Noticia/47827 ) que desvinculam as receitas de fundos estaduais e alteram obrigatoriedades de aplicação dos recursos.

As propostas modificam diversos fundos, entre eles o das polícias civil e militar, dos bombeiros, de conservação ambiental, de cultura e de proteção ao consumidor.

Na prática a nova legislação autorizaria o executivo a lançar mão destas verbas ao fim do exercício para a finalidade que melhor o aprouvesse.

O Deputado Estadual Dr. Serginho ao notar que a oposição era minoria e que a votação estava prestes a derrota, organizou e liderou uma manobra de OBSTRUÇÃO à Pauta, obrigando o Governo a negociar o conteúdo dos projetos.

TRABALHOS E METAS II

Em discurso o Dr. Serginho ressaltou que o Governador Wilson Witzel mantém o Estado do Rio de Janeiro sob Decreto de Calamidade Financeira, e recentemente aumentou o ICMS na tarifas da ENEL e sob o mesmo pretexto sobretaxou também as empresas de comunicações.

Porém o Governador viaja ao interior do Estado, ostentando pomposos cheques com repasses (originariamente obrigatórios), levando a população a crer numa “suposta excelência” em administração estadual.

TRABALHOS E METAS III

Imobilizado pela ação de obstrução da bancada de oposição e vendo sua estratégia de urgência indo por água abaixo, o Governador se viu obrigado a negociar e assim a oposição logrou êxito em minimizar as perdas dos servidores e cidadãos.

O maior Fundo Estadual, o Fundo Especial de Controle Ambiental (Fuecam), que recebe recursos de multas ambientais, e 5% da receita de royalties do petróleo, entre outras fontes, o qual o Governador ambicionava 100% de apropriação, desvinculará apenas 50% de seu saldo anual.

Os demais Fundos existentes no Estado, aos quais o Governador também ambicionava 100 % de apropriação, desvincularão apenas 30% de seu saldo anual.

Configurou-se uma exceção para o fundo Estadual que contempla os Policiais Militares e Bombeiros Militares, aos quais o Governador ambicionava 100% de apropriação, desvincularão apenas 20% de seu saldo anual.

O detalhe é que os próprios Policiais Militares e Bombeiros Militares contribuem com recursos próprios para estes Fundos, visando um acréscimo de renda por ocasião da sua inatividade.

É muita covardia!!!

ISSO É TRABALHO

Num exaustivo trabalho e num esforço profícuo o Deputado Estadual Dr. Serginho liderou a sua bancada e logrou êxito na proteção dos Servidores e do erário público.

“Essa vitória é fruto de um trabalho árduo e o “acordo” apenas foi considerado pelo fato de viabilizar o pagamento dos salários dos servidores do Estado. Estaremos atentos a destinação destas verbas.” Declarou o Deputado.

E pensar que a nossa região teve que conviver por anos com legisladores manipulados e escravizados aos malfeitos de Governadores corruptos.

E ISSO SÃO METAS

Na última sexta-feira (13), o Deputado Estadual Dr. Serginho realizou evento voltado para a classe empresarial de Cabo Frio, em que apresentou o pré-projeto voltado para o desenvolvimento econômico do município.

Esteve a frente da apresentação a equipe do Instituto Brasileiro Conservador (IBCON).

Na ocasião os membros da instituição apresentaram análise da atual situação econômica e fiscal da prefeitura, bem como possíveis soluções para alavancar o crescimento do município, sem depender somente do poder público.

O evento contou com a presença dos deputado federal Carlos Jordy e dos deputados estaduais Filippe Poubel, Marcelo do Seu Dino, Anderson Moraes e Alana Passos, que aclamaram a iniciativa do deputado Dr. Serginho.

Isso sim merecia uma “coletiva de imprensa”!

O assunto era o futuro da nossa cidade, e não o estado de saúde do mesmo ou pior ainda, uma “prestação de contas” de Vereador!!!

Senhor! Dai-me paciência!!!


Marcos Chaves

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tribunal do Tráfico decapita Homem na noite deste sábado na Favela do Lixo em Cabo Frio

Um crime bárbaro acaba de acontecer na noite deste sábado (23/05) em uma das maiores comunidades do interior do Estado do Rio de Janeiro, bairro Manoel Corrêa mas conhecido como Favela do Lixo em Cabo Frio. Segundo informações de populares que preferiram manter o anonimato, um homem chamado Matheus teria sido torturado pelo Tribunal do Tráfico e em seguida foi decapitado, o motivo do crime seria por Matheus ser informante da polícia, na linguagem do crime ele seria um X9. A Polícia Militar está nesse momento fazendo levantamento do crime e pegando a identificação completa da vítima, até o momento não foi lavrada a ocorrência, e traremos mais informações conforme o andamento das investigações. As imagens são fortíssimas e não recomendada para pessoas sensíveis.

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

  O LOBO EM PELE DE CHACAL!   “TSE defere candidatura e José Bonifácio tomará posse como Prefeito de Cabo Frio” “Em decisão monocrática o Ministro Alexandre de Moraes deferiu o recurso de José Bonifácio” Na sexta-feira (18/12) por volta das 18:00 horas as manchetes acima surpreenderam alguns incautos cabofrienses, e deixaram duas sérias indagações no ar: - O que motivou o Ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, a evitar o julgamento pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral? - A séria motivação impeditiva deixou de existir apenas duas horas depois de iniciado o “recesso” do tribunal?   Bem... o editorial do Blog Cartão Vermelho não possui todas as respostas, porém, cumprindo sua principal missão de trazer luz aos fatos, assinala agora a ação vil, perdulária e principalmente venal que acometeu a defesa do Sr. José Bonifácio.   Os advogados que patrocinaram a causa de Zezinho, fazem parte de uma bancada respeitadíssima nacionalmente, é uma das mais cara