Pular para o conteúdo principal

Prefeito se reúne com instituições para alinhar planejamento estratégico para o Réveillon


O prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno, se reuniu esta manhã com o promotor do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), Vinícius Lameira Bernardo, com o comandante do 18º Grupamento do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel José Carlos Fernandes Torres, e o subcomandante do 25º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Marcelo Arêdes, para apresentação do planejamento estratégico para o Réveillon.
Estiveram presentes ainda os secretários de Governo, Miguel Alencar, de Turismo, Paulo Cotias, de Saúde, Carlos Ernesto Dornellas, de Meio Ambiente, Mário Flávio Moreira, de Mobilidade Urbana, Everaldo Loback, de Ordem Pública, Jorge Marge, de Cultura, Milton Alencar Junior, além do superintendente de eventos, Clóvis Barbosa, e do presidente da Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf), Dario Guagliardi. Na ocasião, os responsáveis de cada pasta apresentaram as ações que serão realizadas no período de Ano Novo para garantir a segurança e ordenamento da cidade.
Para a noite da virada, haverá um contingenciamento no Forte São Matheus, onde ocorrerá o show pirotécnico. A Brigada de Incêndio e a Guarda Marítima estarão a postos durante o evento. Todas as documentações necessárias para a realização da festa já estão protocoladas.
Neste ano, a estrutura para o show da virada terá outra disposição. O palco será montado na Avenida Hilton Massa, por causa da faixa de areia reduzida.
“Nossa preocupação neste ano é com a territorialidade. É um Réveillon atípico, pois sempre realizamos dentro da faixa de areia e, este ano, teremos que fazer no asfalto. Isso nos levou a ter um planejamento totalmente diferente. Tivemos que repensar a dimensão e a categorização dos shows, a forma de ocupação do solo e o tráfego”, explicou o secretário de Turismo, Paulo Cotias.
Para segurança, 11 torres de vigilância serão montadas ao longo da orla, além de quatro postos médicos. A Secretaria de Ordem Pública, Guarda Municipal e Polícia Militar atuarão em conjunto, possuindo um efetivo próximo as áreas de grande movimentação. Foi apresentado ainda o esquema de ordenamento do trânsito e fechamento das vias de acesso da orla da Praia do Forte.
A Comsercaf já possui o esquema de trabalho mapeado para o Ano Novo. No dia 1º de janeiro de 2020, cerca de 150 funcionários iniciarão o trabalho de limpeza a partir das 4 da manhã.
“A reunião de hoje é uma ação que o Ministério Público realiza anualmente para saber se as medidas de ordenamento da cidade durante o aumento populacional estão sendo tomadas. Observei as apresentações de todas as pastas da Prefeitura relacionadas ao organização do espaço urbano. A visão do Ministério Público é que as ações de planejamento estão sendo tomadas. Foi importante também para que tivéssemos contato com os secretários e em qualquer eventualidade ter contato direto com os representantes do município. Pude observar ainda que já foram feitos os pedidos de autorização junto ao Corpo de Bombeiro e a Polícia Militar. A reunião de hoje deixa o Ministério Público tranquilo quanto à existência do planejamento dos órgãos de segurança publica para o período,” disse o promotor do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), Vinícius Lameira Bernardo.
O Prefeito, Dr. Adriano Moreno, reforça a importância da parceria com as instituições.
“Com a essa parceria e alinhamento das secretarias e instituições teremos o Ano Novo e a alta temporada com segurança e qualidade para moradores e turistas”, conclui o prefeito.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.