Pular para o conteúdo principal

CARNALDEIA 2020 É ENCERRADO COM SUCESSO DE PÚBLICO EM SÃO PEDRO DA ALDEIA


O encerramento do CarnAldeia 2020, nesta terça-feira (25), levou milhares de foliões para as ruas de São Pedro da Aldeia. Realizada pela Prefeitura, a festa ofereceu diversas atrações gratuitas para o público, que lotou a Praça Agenor Santos, no Centro da cidade. No palco principal, o grupo de pagode Nada Igual fechou com chave de ouro a folia no município com um show completo que contou, ainda, com a participação especial do cantor Felippe Secco. Mantendo as tradições carnavalescas, a matinê para a criançada e o bloco dos Bonecões também foram destaques na programação noturna. Nos bairros e nas praias, os desfiles de blocos de rua, mais uma vez, garantiram a diversão durante o dia. Na Praia do Balneário, a festa continua nesta quarta-feira de Cinzas (26) com o desfile do bloco “R. Cansada P. Preguiçosa”, marcado para as 14h.
O secretário de Esportes e Lazer, Thiago Costa, enalteceu a realização de mais uma edição do carnaval no município. “É um orgulho encerrar mais um carnaval de sucesso em São Pedro da Aldeia. Agradeço ao prefeito Cláudio Chumbinho, que nos confiou a missão de organizar mais um grande evento na cidade, aos profissionais envolvidos, a Polícia Militar, que nos deu apoio total, e toda a equipe da Prefeitura. Priorizamos a segurança, em primeiro lugar, e a economia dos recursos públicos com a parceria público-privado. Este ano, buscamos também dar oportunidade para os artistas da cidade, com shows de bandas locais, abrilhantando a festa”, destacou.
Um dos destaques na programação, o tradicional Bloco dos Bonecões mais uma vez arrastou milhares de foliões pelas principais avenidas do Centro, com um repertório de marchinhas e sambas-enredo consagrados, sob a condução musical do maestro Jorge Luperce, da Banda Tradicional. Anualmente, o desfile homenageia ícones pioneiros do carnaval aldeense, entre eles o ex-servidor público municipal, Joair Cardoso, mais conhecido como “Brasa”, hoje com 82 anos de idade.
 “Participei de muitos carnavais, vi muitos companheiros irem embora e para mim é uma emoção muito grande estar ali. Sempre gostei de ajudar a cidade e fico muito satisfeito em ver que a Prefeitura está mantendo essa tradição que já virou marca registrada no município”, comentou Joair.
A última noite da matinê lotou o espaço central da Praça Agenor Santos. O “Carna Kids” da Prefeitura ofereceu uma variedade de brincadeiras, recreação, música, pintura de rosto, aulão de dança, distribuição de brindes e muito entretenimento para o público infantil. Carro-chefe da atração, o concurso de fantasia mais uma vez foi sucesso de inscrições.
 “Há mais de 15 anos eu venho com a minha família e não abro mão do carnaval de São Pedro da Aldeia, é sempre o melhor da região. A estrutura aqui é muito boa, muito tranquila e segura para as crianças. Como todo ano, meus filhos adoraram e se divertiram muito”, destacou a engenheira civil Micherlane Siqueira, moradora do bairro São João.
Para garantir a segurança dos pequenos, uma tenda montada pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos funcionou durante os cinco dias de festa para a colocação de pulseirinhas coloridas de identificação. Por noite, cerca de 100 pulseiras foram distribuídas pelas equipes da campanha “S.O.S Crianças”.
De Juiz de Fora-MG, Nandressa Lisboa aprovou a iniciativa. “Ter atrativos para as crianças é excelente e ver essa preocupação com a segurança deles é um diferencial para a gente. Essa organização que a cidade oferece é essencial, é, realmente, uma programação perfeita para a família”, afirmou a gerente comercial.
Nos bairros, a passagem de blocos de rua mais uma vez fez a alegria de centenas de foliões durante todo o dia. Nas praias, destaque para o desfile dos tradicionais blocos das Piranhas e Ipê, na Pitória, além do Império, que percorreu a Praia do Sudoeste. No Baixo Grande, quem comandou a folia de rua foram os blocos “Poeira” e “As Poderosas”. Já no bairro Ponta do Ambrósio, a festa foi comandada pelo bloco “Vai Quem Quer”.
Encerrando a programação de shows no palco principal do Centro, o grupo Nada Igual fez a multidão dançar e cantar ao som de ritmos variados, passando pelo axé, pagode, samba, funk e sertanejo. Em nova fase de trabalho, o conjunto apresentou um repertório diversificado de hits, como “Te Espero no Farol”, “Eu Mereço Ser Feliz”, “Minha Pequena Eva”, “Evidências”, “Onda Onda” e “Jenifer”.
 “Para nós é uma alegria muito grande estar aqui, São Pedro da Aldeia é nossa casa e, em nome do ‘Nada Igual’, agradeço a Prefeitura, ao secretário Thiago Costa e a toda equipe pelo carinho de sempre em receber a gente. Ver uma estrutura grande como essa e saber que temos esse apoio da cidade é muito gratificante”, destacou o vocalista Vinni.
O show teve, ainda, a participação especial do pagodeiro Felippe Secco. “O secretário Thiago e o grupo ‘Nada Igual’ me fizeram esse convite e pela primeira vez estou vivendo essa experiência com a carreira solo no carnaval de São Pedro da Aldeia. Estou muito feliz de retornar a essa cidade maravilhosa para fechar essa festa com chave de ouro’, comentou o cantor minutos antes de subir ao palco. Na abertura dos shows, houve, ainda, apresentações do DJ Felipe Paço.
O esquema de segurança durante os cinco dias de festa contou com o suporte da Polícia Militar e presença de equipes da Guarda Municipal, Defesa Civil e Fiscalização de Posturas em regime de plantão. Visando o pronto atendimento aos foliões, a Secretaria de Saúde montou uma tenda com equipamentos de primeiros socorros e equipe plantonista formada por médico generalista, enfermeiro, técnicos em enfermagem, auxiliar de serviços gerais, administrativo, maqueiro e motorista, além de uma equipe de apoio do setor de Vigilância em Saúde, responsável pela distribuição de preservativos. O serviço teve, ainda, o suporte de uma UTI Móvel e o apoio presencial de profissionais socorristas voluntários da Cruz Vermelha aldeense.
Também estiveram presentes no último dia de festividades a secretária municipal de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves, o subsecretário da pasta, Jorge Ribeiro, as diretoras municipais de Cultura, Rosângela Guimarães e Isis Monteiro, entre outras autoridades municipais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.