Pular para o conteúdo principal

‘Dubai dos Lagos’: Arraial entra na rota de megainvestidores internacionais


Em meio à crise do coronavírus, Arraial do Cabo está no radar de um projeto que reúne megainvestidores internacionais, cujo modelo tem como espelho a cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, conhecida pela pujança econômica e pela modernidade alcançadas nas últimas décadas. Em fevereiro, a Prefeitura foi procurada por executivos da Trend Innove Action, com sedes no Oriente Médio, Los Angeles e São Paulo, com o objetivo de apresentar o projeto que une esses investidores. A ideia é trazer resorts e cruzeiros para a cidade.
Pelas redes sociais, circula um vídeo do projeto, batizado de ‘Texy Arraial do Cabo’, apresentado pela executiva Carole Crist, ex-primeira-dama da Flórida, entre 2008 e 2012. A norte-americana cita nominalmente o prefeito Renatinho Vianna (Republicanos) e fala com entusiasmo sobre a possibilidade de fazer do município uma espécie de Caribe, a partir de investimentos, sobretudo, na área de Turismo.
https://www.facebook.com/watch/?v=503207393692734 
Renatinho falou com exclusividade para a Folha que foi procurado pela empresa e disse que, apesar de os esforços momentâneos estarem voltados para a prevenção ao Coivd-19, a cidade está envolvida com o projeto. O prefeito comentou que os executivos tratam Arraial como ‘um diamante a ser lapidado’ e se disse otimista com as tratativas.

– Foi o grupo que procurou a gente. A gente até fica meio escaldado quando vem um grupo assim, nesse sentido, que promete esse tipo de coisa e, às vezes não vinga. A gente recepcionou, sentimos firmeza, até que provem em contrário. As coisas estão fluindo. Vamos torcer para dar certo. Arraial está à disposição, de portas abertas para qualquer tipo de investimento que seja positivo para a cidade e para a população. Vamos ver – comentou o prefeito, que é aguardado para um evento com possíveis investidores, no fim de junho, em Mônaco.
Rebatinho reuniu-se com executivos da empresa que vai captar investidores para a cidade

O projeto prevê não apenas a participação do poder público, mas de empresários locais, chamados de ‘Guardiões do Futuro da Cidade’, que estejam dispostos a fazer parte do empreendimento. O conceito do ‘Texy’ é fomentar a elaboração de projetos economicamente viáveis e ecologicamente sustentáveis, sem a dependência da atuação estatal, que ficaria responsável por desburocratizar os processos. Esses projetos são levados pela empresa aos potenciais investidores. Um pré-lançamento on-line para o empresariado local está marcado para esta sexta-feira (3).
O CEO da Trend, Vinicius Vilela, afirmou que o interesse por Arraial surgiu em fevereiro, durante uma viagem de lua-de-mel. O guia turístico que o atendeu fez contato com o vereador Aryzinho Vianna, que o apresentou a Renatinho. A partir de então, o lazer voltou a ser trabalho e as tratativas avançaram. Vilela diz que um compromisso foi firmado, mas que não envolve custos para o município, apenas a facilitação do desenvolvimento dos projetos que serão alvos dos investimentos.
O executivo disse que ficou ‘impressionado’ com Arraial. Avaliou que a cidade tem vantagens em relação ao Caribe que seriam interessantes ao aporte de capital estrangeiro.
– É mais interessante para a América Latina ir para Arraial do que para o Caribe porque é logisticamente mais próximo e melhor economicamente mais interessante, por estar no Estado do Rio. O turista vai poder ir para Arraial e para a cidade do Rio – avalia o executivo, disposto a fazer da ‘Capital do Mergulho’ a Dubai dos Lagos, depois que a epidemia passar.
 Fonte: folhadoslagos.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.