LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Câmara de Cabo Frio aprova indicação para Prefeitura permitir volta dos ambulantes às praias


 

Os constantes pedidos de vereadores para que a Prefeitura de Cabo Frio libere a atividade dos vendedores ambulantes nas praias da cidade foram formalizados. A Câmara Municipal aprovou por unanimidade, nesta segunda-feira (31), uma indicação ao Poder Executivo assinada por todos os parlamentares para que a categoria tenha permissão para trabalhar a partir desta terça (1º) até o próximo dia 7, feriado da Independência.

 

A indicação é reflexo de um protesto realizado do lado de fora da Casa, durante a última sessão, na terça passada (25), por ambulantes e outras categorias de trabalhadores que ainda não tiveram as atividades incluídas nos decretos de flexibilização econômica publicados pela Prefeitura. Na ocasião, o presidente da Câmara, vereador Luis Geraldo (Republicanos) e um grupo de vereadores recebeu uma comissão formada por representantes do movimento para ouvir as reivindicações.

 

 Na sessão desta segunda, Luis Geraldo se pronunciou novamente sobre o assunto. O chefe do Legislativo cobrou o mesmo tratamento dado a outros segmentos. Entretanto, a indicação tem  caráter de ‘sugestão’ ao Executivo e, portanto, cabe à Prefeitura publicar decreto que permita a volta dos trabalhadores às areias, que estiveram lotadas neste fim de semana.

 

Nesta segunda, um documento com pedidos da categoria foi entregue à Prefeitura que, assim como nos demais casos, disse que enviaria as reivindicações ao Ministério Público.

 

Associação de Hotéis joga a toalha

 

Se os vendedores ambulantes ainda batalham para conseguir a permissão para atuar durante o feriadão, os hoteleiros já se conformaram, após receber a negativa da Prefeitura de liberar as excursões que já estavam marcadas para o período, conforme a Folha antecipou na última quinta (27). No dia seguinte, a Prefeitura enviou um ofício para formalizar que a proibição de entrada estava mantida, sob a alegação de aumento da taxa de contágio da Covid-19 na cidade.

 

Em nota enviada pelo Movimento SOS Hotéis de Cabo Frio, assinada pelo presidente da Associação de Hotéis, Carlos Cunha, os empresários se disseram ‘solidários’ com a situação.

 

“De posse desses números oficiais e gráficos, mesmo sabendo que nossos meios de hospedagem necessitam das excursões para sobreviverem a meses fechados e sem faturamento, os hoteleiros são solidários com nossa população. Obviamente, corremos o risco de alguns hotéis e pousadas não conseguirem ultrapassar mais este revés, porém, acreditamos que vidas humanas são mais importantes que cifras. Inobstante trabalhando estritamente dentro da lei e do disposto nos decretos anteriores, entendemos por concordar com a proibição de entrada dos ônibus neste momento, acreditando que em breve a situação irá melhorar”, diz trecho do comunicado.

Fonte: folhadoslagos.com

0 comentários:

- |