LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Prefeitura divulga balanço de operação realizada durante o fim de semana prolongado


 

Durante o feriado da Independência (7), a equipe de ordenamento, composta pelas secretarias de Mobilidade Urbana, Turismo e Cultura, Saúde, Segurança e Ordem Pública, montou uma força tarefa para fiscalizar o cumprimento dos decretos municipais que tratam de medidas de combate ao novo coronavírus. 

Entre os dias 4 e 7, foram realizadas 2.690 notificações e aplicadas 418 multas por estacionamento irregular, em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e por descumprimento ao decreto 3.879/2008;  nove apreensões e remoções para o Depósito Público Municipal, entre elas, três veículos de transporte de turismo; e 10 apreensões da Coordenadoria de Posturas nas praias, entre mesas, cadeiras, guarda sol, carrinhos de picolé e churrasqueira. Os dados são referentes a atuação da Fiscalização de Transportes Urbanos, Coordenadoria Geral de Estacionamento Rotativo (Mobilidade Urbana) e Guarda Civil Municipal (Segurança Pública) e fiscais da Posturas, que atuaram incansavelmente para conter as aglomerações. 

A operação começou na sexta-feira (4), com algumas mudanças na estruturação da barreira sanitária, que passou a contar com três bloqueios, Avenida América Central, Avenida Wilson Mendes e no trevo na Estrada do Guriri, e ganhou reforço de contingente, com apoio de ambulâncias e técnicos de enfermagem. Os veículos que transportavam passageiros irregularmente foram autuados. 

A ação nas praias do Forte, Peró, Conchas e Pontal teve início nas primeiras horas do dia, e o objetivo era conscientizar sobre a proibição de permanência nas praias, fiscalizar o trabalho dos ambulantes durante o projeto piloto e coibir a prática de cobrança de estacionamento por flanelinhas. 

Nas ruas foi verificado estacionamento irregular e em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro que são veículos parados em esquinas, em vagas de idoso e deficientes sem a devida identificação, em locais cuja sinalização proíbe parar e estac

A Secretaria de Turismo fiscalizou casas de veraneio, pousadas e hotéis para certificar a ocupação máxima de 40%. Dos 25 estabelecimentos, em 5 foram encontradas irregularidades em entre eles falta de álcool em gel e número de hóspedes superior ao permitido. A Coordenadoria de Vigilância em  Saúde Ambiental acompanhou a ação e notificou os locais.

0 comentários:

- |