LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Politicando 2014 ALERJ - Janío Mendes.




“Politicando 2014 na ALERJ” é uma coluna que foi idealizada para mexer com o imaginário coletivo de quem gosta de política em Cabo Frio, o objetivo da coluna é avaliar os nomes que hoje já estão disponíveis para candidatura a deputado estadual em 2014, e claro em breve teremos a fase dos candidatos a deputado federal. Os principais nomes que avaliamos até o momento foram da base do novo governo, Dr. Taylor (PRB), Alfredo Gonçalves (deve procurar novo partido) e Paulo Henrique Corrêa (PR), hoje começaremos as avaliações dos candidatos que virão pela oposição ao Governo Alair Corrêa (PP): são eles Marcos Mendes (deve procurar novo partido), Janío Mendes (PDT) e Cláudio Leitão (PSOL) e os nomes independentes ou por história política: Fernando do Comilão (deve procurar novo partido), Felipe Dias (deve procurar novo partido), Dirlei Pereira (PRB) e nanicos de última hora.

A nossa primeira coluna foi Paulo Henrique Corrêa, clique AQUI para ler.

A nossa segunda coluna foi Alfredo Gonçalves, clique AQUI para ler.

A nossa terceira coluna foi Dr. Taylor, clique AQUI para ler.

Coluna de hoje: Janío Mendes.

Hoje finalmente começaremos falando das campanhas do campo oposicionista, e hoje o tema é Janío Mendes (PDT). Mas para falarmos dessa campanha e desse candidato precisamos primeiro identificar o número de eleitores que Cabo Frio terá em 2014, que provavelmente serão de 142 mil eleitores.

E antes mesmo de falarmos em número de eleitores de 2014 quero convidar nosso leitor a pegar uma máquina do tempo e olharmos os votos válidos e número de eleitores da eleição de 2010 para Deputado Estadual na cidade de Cabo Frio.

Em 2010 Cabo Frio tinha 127 mil eleitores, mas tivemos de votos válidos, descontando votos  brancos, nulos e abstenções, somente 87 mil votos, ou seja, apenas 69% desses votos foram válidos, índice natural de perda nas eleições de deputado.

Se eu aplicar em 2014 os mesmos 70% de votos válidos sobre os prováveis 142 mil votos totais, chegarei ao número real de 99 mil eleitores que realmente colocarão seu voto na urna em 2014.

Outro ponto a ser ponderado pelo leitor é qual faixa da população deve se encantar pelo governo Alair e seus candidatos, e quantos acabarão votando em candidatos “forasteiros”, seja por motivo religioso, ou captação natural de votos em outros municípios, eu particularmente acredito que no mínimo 70% dos 99 mil votos fiquem nesse seguimento.

Ao fazermos essas contas sabemos então que no máximo 30% dos votos válidos ficarão como votos de oposição, imaginando 99 mil votos, uma média de 29 ou 30 mil votos para a oposição, onde temos aí Marcos Mendes, Janío Mendes, Cláudio Leitão, Fernando do Comilão e outros candidatos nanicos que irão surgir e não se alinharão ao governo Alair.

Dito tudo isso vamos finalmente a Janío Mendes.

Janío Mendes (PDT) é um candidato sem discurso, que está com o grupo político em declínio na cidade, seguirá até a eleição de 2014 se desgastando para defender o governo Sérgio Cabral (PMDB), no município não terá nenhum benefício da máquina, e enfrentará na disputa direta desses votos Marcos Mendes, que dificilmente se filiará ao PDT, e que é 10 vezes melhor de campanha do que ele (Janío), perderá também todos os votos ideológicos para o PSOL de Cláudio Leitão, as previsões para Janío Mendes são as piores, chega a ser devastador o seu cenário atual.

Janío Mendes em 2014 não terá no PDT o Deputado Estadual Vagner Montes que era o puxador de voto da legenda e que milagrosamente conseguiu fazer 11 deputados estaduais ao fraco PDT. A votação de Janío Mendes cairá para no máximo 10 mil votos em Cabo Frio (pode ficar com 6 ou 8 mil votos), não existe chance nem remota de Janío ser deputado estadual em 2014, sua carreira está incrivelmente ameaçada, a única chance de Janío Mendes não sucumbir de vez na política é vir como candidato a vereador nas eleições de 2016, se não for humilde o suficiente para isso será o fim de sua história política, o que confesso aos leitores me deixaria muito feliz e aliviado como cidadão.

0 comentários:

- |