Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Lançamento do Jornal Cartão Vermelho.

Image and video hosting by TinyPic


Foi um sucesso o lançamento do Jornal Cartão Vermelho, que aconteceu no Café Parada Obrigatória, que fica em frente a Praça Porto Rocha, Centro de Cabo Frio.

Depois de anos de rusgas e guerras entre diversos grupos políticos, Cabo Frio viveu um momento de paz, onde diferentes correntes políticas ocuparam o mesmo espaço e até mesmo dialogaram entre si, trocando pacificamente opinião, rindo, sem aquela tensão que tem sido a marca do ambiente político cabo-friense.

Tivemos representante de todos os grupos políticos, menos claro o grupo político do Dr. Paulo César (PSD), pois esse não tem grupo político, por lá circularam militantes de Alfredo Gonçalves, Janío Mendes, Cláudio Leitão e Alair Corrêa, além de assessores de vereadores, também estiveram lá diversos representantes da mídia social, foi realmente um desfile de civilidade.

De cabeça posso dizer que passou por lá: Alair Corrêa, Hélcio Azevedo, Alfredo Gonçalves, Dr. Luis Geraldo, Dr. Carlos Magno, Dr. Davi, Paulo Henrique Corrêa, Toninho Corrêa, Delma Jardim, Dra. Margareth Ferreira, Mario Paulo Tiengo, Alan do Chaparral, Katyuscia Chaparral, Dirlei Pereira, Marco Color, Cida Color, Horácio CF Zone, Wania 100% Artesão, Alexis Malabi Novelino, Professor Chicão, Tadeu Aguiar, Marcos Chaves,  Rodolfo Campbel, Uerton, André Dantas, Piriquito do Taylor, Lobato, Charles Domingues e esposa, Dr. Vitor Travassos, Vitinho Travassos, Thaís Lima, Fouraux, Dr. Demócritos, Bebeto Lima, Renata Cristiane, equipe do Jornal Peru Molhado, Vinicius de Tamoios, Morais da Alta Fusão, Tutti, Eduardo Kita, Francisco da Branca, Professor Sepúlveda, Jéferson Buitrago, James Santos, Abílio César, Edinho Ferrô, Elieser, Marcos Félix, Anderson Macleyves, José Maria Brinckmann e esposa, Márcio da DEJET, entre muitos outros.

Obrigado a todos que abrilhantaram ao evento, começo a acreditar que o Jornal Cartão Vermelho será também o sucesso que você leitor criará.

Guarda Municipal de São Pedro da Aldeia Está Em Greve.


A Guarda Municipal de São Pedro da Aldeia está com seu efetivo em Greve Branca, ou seja, os guardas se apresentam para trabalhar mas ficam na sede da corporação e não assumem seus postos de trabalho nos prédios e vias públicas da cidade.

Além disso, a Guarda Municipal de São Pedro da Aldeia promoverá amanhã (01°/02), às 13h, no Centro de São Pedro da Aldeia uma passeata pacífica reivindicando os seguintes direitos:

* Reajuste da defasagem salarial e aumento real do valor pago.

* Planos de Cargos e Salários.

* Auxílio Transporte.

* Auxílio Alimentação.

O Blog Cartão Vermelho desde já se coloca a inteira disposição do movimento da Guarda Municipal de São Pedro da Aldeia em ato de solidariedade pela conquista de seus direitos.

Presente as Águas Acontece Dia 02 de Fevereiro.

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Afrolagos Oferece Bolsa de Estudo Gratuita de Espanhol.

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

O Que Falta Para Que Bashar al-Assad Deixe o Poder na Síria?


Por Pedro Nascimento Araujo

O que falta para que Bashar al-Assad deixe o poder na Síria? Herdeiro da ditadura criada por seu pai (o exemplo óbvio é a Coreia do Norte, que já está na terceira geração ditatorial - mas o exemplo mais emblemático para nós, brasileiros, é a ditadura fraternal dos irmãos Castro, que há mais de 50 subjuga o povo de Cuba), Bashar, se fosse esperto como imagina ser, já teria buscado refúgio em alguma ditadura amiga (o xá Reza Pahlavi, por exemplo, foi se esconder sob as asas de Anwar al-Sadat, ditador do Egito) ou, ao menos, teria negociado uma transição com proteções, como fez Pinochet. Mas não: al-Assad parece querer repetir al-Gaddafi e massacrar seu povo pelo máximo de tempo possível. Aparentemente, os mais de 5 000 mortos (segundo a ONU) não são o suficiente para fazê-lo enxergar o óbvio: sua queda é inevitável. A batalha, que deve isolar a capital Damasco nos próximos dias, já chega à regão do aeroporto da cidade e aproxima-se cada vez mais das zonas residenciais e governamentais - e, consequentemente, dos palácios de al-Assad, onde o derramamento de sangue pode fazer outros milhares de mortos. Batalha inútil, pois, mesmo que consiga esmagar o levante, matando a todos, al-Assad invariavelmente está acabado politicamente: se seu grupo conseguir manter-se no poder, um golpe interno, com a deposição do ditador, será a melhor saída para dar-lhe uma aura de legitimidade - entregando a cabeça de al-Assad em uma bandeja de prata, o grupo conseguiria apoio (ou ao menos neutralidade) para permanecer no poder. Por isso, a pergunta prossegue: se al-Assad já está acabado, por que ele não vai embora e deixa seu povo em paz, ao invés de prolongar o sofrimento de todos?

Fácil perguntar, difícil responder. Comecemos pelo óbvio: Bashar al-Assad é um ditador. Como todo ditador, não é legítimo. Não foi o povo quem lhe deu um mandato para comandar o país. Ele comanda o país, literalmente, pela força. Corolário direto de comandar pela força: al-Assad comanda a Síria pelo medo. Ele sabe que somente manter-se-á no comando enquanto o povo tiver medo dele. Essa é razão subjacente da brutalidade dele e de todo e qualquer ditador: quem comanda um povo pela força não pode deixar que esse povo perca o medo do comandante porque, quando isso ocorre, o povo deixa de obedecer ao usurpador de sua vontade. O ditador, líder ilegítmo, não pode contar com o povo: ele é seu inimigo, pois foi dele que extraiu seu poder - e sabe que somente através do medo consegue impedir que ele o tome de volta.

O mais cruel é que o mesmo raciocínio que aplica ao povo, o ditador aplica àqueles à sua volta - o seu grupo político. Quem apoia e assessora ditadores sabe muito bem que o poder que o líder ilegítimo tem decorre, antes, de sua capacidade de atemorizar seus próprios cúmplices. Em outras palavras: se um ditador precisa impor medo ao seu povo para manter seu grupo no poder, ele precisa impor terror absoluto ao seu grupo para não ser suplantado, no comando desse mesmo grupo, por outro que possa ser mais capaz de manter o povo com medo que ele e, portanto, mais capaz de garantir que seu grupo estará sempre no comando - e, nesse caso, o instinto de sobrevivência do grupo vencerá: se o grupo perceber outro mais capaz (em linguagem de ditador: mais cruel), o golpe interno será inevitável. Por isso, al-Assad não pode, em hipótese alguma, aparentar fraqueza. E eis aqui a crueldade à qual fiz menção no início deste parágrafo: para não ser suplantado, al-Assad precisa provar, para seu grupo, que é o que menos cederá ao povo nesse momento; ou seja, que está disposto a matar tantos quanto for necessário para manter seu grupo no poder, em uma disputa interna macabra que é contada através dos corpos empilhados nas ruas da Síria. Esperar razoabilidade de al-Assad é como ter esperado razoabilidade de Saddam ou de al-Gaddafi: somente quando não houver mais jeito de comandar seu grupo, quando tudo estiver irremediavelmente perdido, escondido em um buraco de rato ou em um cano de esgoto, que ele mostrará o canalha covarde que é e pedirá para negociar e salvar sua vida - porque as vidas dos outros, para os ditadores, é simplesmente um recurso que é gasto para garantir seu poder.

A conclusão à qual chego é bastante simples e se apresenta como pergunta: sendo muito improvável que al-Assad deixe de matar seu povo, o que nós, nações democráticas do mundo, faremos? Se China e Rússia (uma, ditadura; a outra, democracia com viés ditatorial cada vez mais explícito) colocam seus interesses geopolíticos e comerciais acima das vidas dos sírios e anunciam vetos no Conselho de Segurança das Nações Unidas para qualquer ação que impeça a carnificina de al-Assad, os demais países devem simplesmente se encolher, acovardados? O medo do povo síro é justificado diante de um facínora que tem muito mais armas. O medo dos governos democratas é justificado em que bases, já que não há como imaginar uma resistência séria de al-Assad contra o poderio militar das democracias? O que falta para que mandemos, de forma clara e inquestionável, a seguinte mensagem aos ditadores do mundo: não matem os povos que vocês oprimem, pois, se o fizerem, nós iremos até seu palácio tirá-lo do poder. O que falta? Estamos mesmo esperando contar com a boa vontade da ditadura chinesa e da protoditadura russa? Sério?

É bom lembrar que, se tivéssemos utilizado essa prerrogativa de somente atuar após a autorização do Conselho de Segurança do órgão de concertação internacional (hodiernamente, Organização das Nações Unidas; antes, Liga das Nações), teríamos registradas apenas duas guerras para defender povos de agressões, interna ou externa: a Guerra da Coreia (1950, aprovada pela soma de uma malandragem americana e de um cochilo soviético) e a Guerra do Golfo (1991, uma guerra para evitar que o Iraque de Saddam continuasse se expandindo a ponto de controlar mais da metade do petróleo exportado no mundo). Todas as outras ações humanitárias foram conduzidas sem que o Conselho de Segurança do órgão mundial tivesse deliberado sobre o assunto: desde a luta contra os avanços totalitários na Segunda Guerra Mundial até a crise humanitária seguida de limpeza étnica contra mulçumanos nos Bálcãs perpetrada por forças sérvias na década de 1990. Nesses casos e nos demais - à exceção daquelas duas guerras que enumerei - quem agiu para impedir a dominação e o massacre de povos não foi o Conselho de Segurança, mas países, individualmente ou através de alianças (os Aliados na Segunda Guerra Mundial e a OTAN na década de 1990).

É necessário, portanto, que as democracias ajam, individual ou coletivamente. Se a Liga Árabe, onde as ditaduras ainda têm um peso grande, embora visivelmente menor que antes da Primavera Árabe, não é ainda um ator coeso o suficiente - basta lembrar a tibieza com que age contra al-Assad - para tanto, que a OTAN, provocada por vizinhos recém-democratizados, o faça. Porque, enquanto os governos preocupam-se demais em não ferir suscetabilidades de demais governos, os sírios morrem à razão de dezenas ao dia e vivem sob terror. O tempo julgará as ações e o futuro dirá que, retirados todos os ruídos, as democracias deveriam ter agido antes - porque as democracias tardarão muito, mas agirão. Ocorre que tempo é algo que o povo sírio não tem para gastar. Ao adiar a queda inevitável de al-Assad, as democracias ganham apenas uma coisa: a acusação favorecer o massacre que o ditador ora executa.

Pedro Nascimento Araujo é economista.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

É Hoje o Lançamento do Jornal Cartão Vermelho.


Queridos amigos, colaboradores e leitores do Blog Cartão Vermelho, contamos com a presença de vocês hoje das 9h às 11h no Café Parada Obrigatória para o lançamento do Jornal Cartão Vermelho.

Venha tomar um café conosco, levar um exemplar do Jornal Cartão Vermelho e tirar uma foto com a nossa equipe, sua presença é muito importante para nós.

O Café Parada Obrigatória fica na Praça Porto Rocha, Centro de Cabo Frio, no prédio da OI (Antigo Prédio da Telemar).

Andinho Pode Estar Com Pneumonia.


O Prefeito de Arraial do Cabo, Wanderson Cardoso de Brito, vulgo Andinho, foi nesse fim de semana ao Hospital Geral de Arraial do Cabo como paciente (que azar!), estava com sintomas de pneumonia, após ser medicado Andinho foi liberado.

Vá a bordo André Mônica. Vá a B-O-R-D-O imediatamente!

Moradores de Araruama Postam Fotos de Ruas Alagadas.

Os moradores de Araruama revoltados com os alagamentos nas ruas de suas casas usaram o Facebook para desabafar contra o caótico governo que se instalou na Prefeitura de Araruama.

Separamos para vocês algumas fotos:
 
Foto: Áurea Sá
Foto: Patrícia Lavaquial
Foto: Flávia Henrique Machado
 É uma pena que Araruama esteja nessa situação. 

Bastidores da Política e da Imprensa.


Mendes

Segundo o empresário e blogueiro, Dirlei Pereira (PRB), aconteceu na casa do Dr. José Roberto Mendes um encontro secreto que envolveu Marcos Mendes (PSDB) e Janío Mendes (PDT).

Isso é muito Mendes juntos...

Os “janistas” se revoltam quando afirmo que existe um “Plano B” para Janío Mendes (PDT) não ser candidato a prefeito e indique a ex-vereadora Rute Schuindt (PDT) para a vaga de vice-prefeita de Alfredo Gonçalves (PMDB).

Mas revolta a parte, o namoro dos Mendes (Janío e Marcos), segue firme e forte.


Não irá

 
O pré-candidato a prefeito de Cabo Frio e Deputado Estadual, Janío Mendes (PDT), não irá ao lançamento do Jornal Cartão Vermelho. Ao falar com nossa redação Janío explicou que estaria embarcando para Brasília na madrugada de hoje (30/01), mas desejou sucesso ao nosso novo empreendimento.


Não Irá 2
 

Outro que não poderá comparecer é o Presidente do PRB de Cabo Frio, Cláudio Bastos. O homem está de férias em um dos paraísos de nosso Brasil.


Dispensada
 

A Secretária de Comunicação de Cabo Frio, Andréia Gorito, não faz mais parte do quadro de professores da Universidade Veiga de Almeida. Após mais de uma década na faculdade Andréia Gorito foi dispensada.


Vinícius Peixoto
 

O blogueiro “jainista”, Vinícius Peixoto, reconheceu em seu blog na parte comentários que é funcionário remunerado de Janío Mendes (PDT), e que realmente trabalha de segunda a sexta-feira com horário de entrada e saída.

Isso é uma atitude muito legal de Vinícius Peixoto, pena que outros blogueiros “jainistas” não tenham a mesma dignidade de assumir a função remunerada.

Fala Cidadão. Por Vânia Carvalho.

 
Cabo Frio! Segundo melhor carnaval do estado... E quem liga? Só a Liga!

Acho que o carnaval de Cabo Frio se tornou pura e simplesmente uma vaidade pessoal, daqueles que vivem e gostam desse tipo de festa e querem por que querem se sentir os melhores do estado depois da capital.

Pois eu pergunto:  Se tornar o 2º carnaval maior do estado do RJ, serve pra que?

Será que eles acham que o turista pensa assim:

Bom, já que eu não tenho dinheiro pra comprar um camarote na Marquês de Sapucaí, já que acabaram os ingressos pra arquibancada, já que os hotéis e pousadas do Rio estão todos lotados nessa época, já que eu adoro carnaval e quero ver um desfile de qualquer maneira, então eu vou pra Cabo Frio, pois lá é o 2º maior desfile de carnaval do estado?

Isso chega a ser tão patético que não sei se rio ou se choro.

Porque alguém aí já ouviu o Willham Bonner dizer assim em pleno Jornal Nacional:
“Você  turista ou cidadão brasileiro que não vai conseguir ver o desfile da Sapucaí,vá pra Cabo Frio porque o desfile de lá é o 2º melhor do estado?” (risos)

Alguém aí já ouviu uma reportagem que não fosse local mostrando a Morada do Samba como sendo a 2ª maior congregação de barracões, ateliês e oficinas de carnaval do RJ?

Você já viu a Viviane Araújo, Luiza Brunet ou a mulher do Belo acabar de desfilar e vir correndo pra Cabo Frio no outro dia prestigiar nosso carnaval, porque ele é o 2º melhor do estado?

 Se eu for perguntar para uma amiga minha do Rio, se ela já ouviu os cds das escolas de samba daqui, se já ouviu falar numa escola de samba daqui, mesmo que fosse a campeã, será que ela iria dizer: “Já sim, eu amo o carnaval de Cabo Frio, todo ano eu saio do Rio exclusivamente para ver os desfiles das escolas de samba daí!” Ora claro que não.

Fica uma festa voltada só para as cmdds que gostam e vivem dessa euforia e para aqueles organizadores que estimulam seus egos todos os anos em disputas pra ver quem vai ser o melhor!

Porque a maioria da população mesmo não ta nem aí se foi A, B ou C que ganhou. Turista vem pra cá para brincar nos blocos de rua e não pra ficar sentado vendo desfiles.

E sendo uma festa tradicional com toda sua importância cultural lógico que poderia ter sim uma subvenção, mas muito menor, sem essa presunção de  querer transformar nosso carnaval num evento competitivo e sim numa manifestação popular, onde o público, cidadão ou turista tivesse a chance de  assistir um  desfile bem mais simples, muito mais a cara da cidade e não um espetáculo cheio de pompas, porque esse nós já temos no Rio.

Sendo assim, acho que essa festa seria muito mais aclamada e respeitada pelo público local e pelos visitantes.

Segundo melhor do estado, tendo a capital como o primeiro melhor carnaval do mundo, é querer ter pretensão demais achando que vamos atrair turistas e visibilidade por conta de ser o segundo. Sairia muito mais barato pra cidade e muito mais atraente pro visitante se tivéssemos o primeiro carnaval popular, já que nisso o próprio RJ já perdeu a credibilidade.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Deu no Blog do Osmar Filho.

'Dublê' de deputado estadual continua com seu 'DISCURSO HIPÓCRITA' e preocupado com o desemprego do seu 'grupinho político'.


'Dublê' de deputado e
subalterno do 'desgovernador'
Em entrevista ao programa do Sidney Marinho, na Rede Litoral (canal 11 a cabo), na última quinta-feira (26/01), o "dublê" de deputado estadual, Jânio Mendes (PDT), mostrou que continua dominando a oratória, principalmente quando tem o objetivo de NÃO responder objetivamente a determinadas perguntas, exatamente porque uma resposta objetiva pode comprometê-lo politicamente. O "dublê" de deputado e SUBALTERNO político do desgovernador Sérgio "DO MAL" (do governo ASSASSINO), bem que tentou "enrolar" o povo com o seu discurso HIPÓCRITA e bem ensaiado. Parece até que a "cartilha" é a mesma que  aqueles que participam da administração do "GOVERNO VAGABUNDO" de Cabo Frio utilizam.

'Grupinho' do PDT
de Cabo Frio em Búzios
O "dublê" de deputado Jânio Mendes declarou que "O DESEMPREGO EM CABO FRIO LHE TIRA O SONO". Acredito que realmente o referido "dublê" de deputado esteja preocupado com o desemprego, mas é com o desemprego do seu "grupinho político", já que muitas pessoas do referido "grupinho" estão "penduradas" em "cabide de emprego" na prefeitura de Búzios, com uma grande "ajudinha" do seu "colaborador político" e prefeito Mirinho Braga (PDT). Pessoas do PDT de Cabo Frio estão "mamando" as verbas de Búzios. A HIPOCRISIA no discurso do "político SULBALTERNO" é impressionante! Coisa de político que não tem personalidade nenhuma com suas "AÇÕES DOMESTICADAS".

'Dublê' de deputado
obedece o 'desgovernador'
A mais nova idéia do "dublê" de deputado e "POLÍTICO PROFISSIONAL" Jânio Mendes para tentar "disfarçar" a propaganda eleitoral antecipada foi a carroça, digo, o "gabinete móvel", que está se "movendo" pela Região dos Lagos; a mesma "Região" que o "dublê" de deputado tentou mudar de nome através de Lei, mas que nem ele mesmo respeita, conforme pode ser visto em seu site. Coisa de "político profissional" que não tem o que fazer e faz questão de manter a frequência na Assembléia Legislativa apenas para "fazer número" ou "criar besteiras", nada mais do que isso, já que a sua atuação é MEDÍOCRE. Basta verificar as suas atuações em votações contra os interesses do povo. Na verdade, para um "dublê" de deputado o resultado não poderia ser outro, claro.

Possível camisa do 'grupinho'
de Jânio na campanha
E por falar em "MEDIOCRIDADE", quero destacar ao ilustre deputado e sua SERVIL "patota", incluindo o seu "blogueiro bajulador", que o povo de Cabo Frio NÃO vai deixar se enganar com a sua "conversa mole", a sua "fala fácil", ou o seu "embromation" sofisticado. Pois o interesse do "dublê" de deputado e seus "seguidores mamadores" é fazer exatamente o mesmo que o atual governo está fazendo: DESTRUIR CABO FRIO. A TRANSPARÊNCIA não faz parte do objetivo do "dublê" de deputado e seu "grupinho", pois existe interesse "FÉTIDO" pelo "PODER", a vontade de continuar sendo "POLÍTICO PROFISSIONAL" e a "ESTRATÉGIA" de manipular informações para possivelmente se "infiltrar" no governo municipal através de uma eleição. Por isso, pessoalmente, com as pessoas com quem eu converso, esclareço as coisas, explico os interesses envolvidos dos políticos de Cabo Frio e AFIRMO que Cabo Frio NÃO precisa do político Jânio Mendes.

CABO FRIO NÃO PRECISA
      DO POLÍTICO JÂNIO MENDES     

"NÃO HÁ COISA MAIS PERIGOSA QUE A MEDIOCRIDADE INCOMPLETA." (Friedrich Hebbel; poeta alemão, 1813-1863)

Professor Sepúlveda Desmente Apoio a Janío Mendes.

Clique na imagem para ampliar

O Professor Sepúlveda desmentiu via facebook (veja imagem acima) que teria declarado apoio a qualquer candidatura.

A razão que levou Professor Sepúlveda a fazer essa declaração foi a equivocada especulação na postagem do blogueiro Vinicius Peixoto que tratava o Professor Sepúlveda como membro da campanha de Janío Mendes (PDT).

Em sua declaração Professor Sepúlveda afirmou:

Professor Sepúlveda informa: dada as especulações em torno do apoio que o professor possa eventualmente dar a algum candidato a prefeito de Cabo Frio, o professor informa que está onde sempre esteve, nos braços de sua (dele) amada e querida esposa, completando 44 anos de feliz convívio.

Sabe por que pessoas que trabalham profissionalmente a campanha de Janío Mendes especulam sobre uma possível adesão do Professor Sepúlveda a essa campanha?

Não sabem? Pois posso explicar.

Professor Sepúlveda além de ser um dos homens mais preparados intelectualmente no nosso Brasil, é acima de tudo um homem honrado, de elevado valor moral, que é muito mais que uma cabeça pensante em uma campanha, é um símbolo de cultura e dignidade.

O político que disser que tem ao seu lado Professor Sepúlveda ganha credibilidade e um assessor que não precisa puxar saco, ou massagear egos, pois está muito acima disso.

Eu (Álex Garcia) costumo dizer que sou fã do jurista Dr. Carlos Magno, mas no caso do Professor Sepúlveda eu não sou apenas fã, sou um discípulo minúsculo que se cala em sua presença para ver se consegue absolver um pouco de seu conhecimento e sabedoria.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Hoje é Aniversário da Princesa Tainá.


Hoje é aniversário da princesinha Tainá que está completando maravilhosos 10 aninhos de vida.

Para quem não sabe essa princesinha é a filhota mais velha desse pai corujão.

Parada Obrigatória é Palco de Lançamento do Jornal Cartão Vermelho.


Confirmadíssimo!

A manhã desta segunda-feira (30/01) o Café Parada Obrigatória será o local de encontro para o lançamento do Jornal Cartão Vermelho, nossa equipe estará reunida no Parada Obrigatória a partir das 9h da manhã e deve ficar por lá até às 11h.

Todos os nossos leitores e amigos estão intimados a comparecem para tomar um café e levar gratuitamente o nosso mais novo filhote, Jornal Cartão Vermelho.

O Café Parada Obrigatória fica em frente a Praça Porto Rocha, no prédio da OI (antigo prédio da Telemar).

Contamos com sua presença.

Blog Cartão Vermelho Completa 2 Anos (Sorteio de Prêmios).


Finalmente chegou o dia 28 de janeiro, e nós marcamos nessa data 2 anos do lançamento da mídia virtual, Blog Cartão Vermelho, que sempre teve por intuito lutar para levar a vocês as verdades dos fatos, as grandes questões da Região dos Lagos, e com isso dar a opção de você leitor ler uma notícia livre das amarras financeiras do poder público.

Após 2 anos, nós da família Cartão Vermelho nos sentimos aliviados e convictos do dever cumprido, obrigado leitores pela confiança que nos depositaram, vocês são os responsáveis pelo sucesso que nós atingimos e sem vocês não seríamos nada, absolutamente nada.

E como gratidão segue abaixo mais um sorteio de prêmios oferecidos por nossos anunciantes. Para concorrer basta enviar e-mail para blogcartaovermelho@gmail.com, informando nome completo e telefone de contato.

O sorteio será realizado no próximo sábado, 04 de janeiro.


Prêmios:


Almoço para 02 pessoas no Restaurante da Ponte.

 



Massagem Completa na Clínica Mobilifisio.

 



R$ 30,00 de vale compras na Central Copiadora e Papelaria.

 




01 Sessão Fotográfica com Marco Color (Fotógrafo Profissional).

 





01 Liquidificador oferecido pela Factum Instituto de Pesquisa.

 






01 Curso de Pintura do Atelier Pinte Conosco.

 



Boa Sorte!

Bastidores da Política e da Imprensa.


Luís Geraldo

O vereador Luis Geraldo (PPS) realizou na noite de ontem uma reunião com toda a cúpula do governo Marcos Mendes, todo o 1º escalão do governo e o próprio prefeito compareceram a reunião.

O objetivo do faraônico encontro seria a preparação para a campanha de Luis Geraldo a vereança. Isso mesmo, campanha a vereança!

Tá bom então...


Alair Corrêa

 
O ex-prefeito e prefeitável, Alair Corrêa (PP), será entrevistado nessa segunda-feira (30/01) no Programa Sidnei Marinho.

Alair tem sido muito provocado por seus adversários, que sabem que Alair não tem inteligência política e mesmo sendo amplo favorito na disputa irá responder as provocações.

Se Alair realmente cair nessa casca de banana jogada por Alfredo Gonçalves (PPS) e Janío Mendes (PDT) será um prato cheio para o velho discurso que Alair é brigão, desequilibrado, raivoso e “do mal”.

Espero que algum assessor de Alair, que realmente faça assessoria, o avise que fale somente do que fez e de tudo que pode fazer por nossa cidade, é isso que o povo realmente quer saber.


Vinicius Peixoto
 

O blogueiro e amigo, Vinicius Peixoto, está equivocado sobre o que chamou de equívoco do Cartão Vermelho, pois a carrocinha parlamentar realmente foi expulsa do bairro Monte Alegre por traficantes que foram solidários aos bombeiros.


Vinicius Peixoto 2
 

O amigo e blogueiro, Vinicius Peixoto, sabe que trabalho em diversas cidades da Região dos Lagos, e claro Cabo Frio é uma dessas cidades, portanto sei do que estou falando e se for de seu interesse posso lhe indicar quem colocou a carrocinha para correr, qualquer dúvida basta me ligar.


Paulo Lobo
 

A notícia que o ex-prefeito e prefeitável em São Pedro da Aldeia, Paulo Lobo, estaria filiado ao PR foi um equívoco.

Na verdade Paulo Lobo é filiado ao PP e tem na sua coligação o PR, tudo indica que o PR deve compor com o vice na chapa de Paulo Lobo e o nome mais forte para a vaga de vice é Elieser.


Alan do Chaparral
 

O empresário e blogueiro, Alan do Chaparral (PRB), fez uma impactante matéria intitulada “Tamoios, a Cidade do Lixão”, vale uma conferida ao Blog do Alan do Chaparral.


Professor Sepulveda
 

Segundo a mídia “Janinista” o Professor Sepúlveda está oficialmente na campanha do suplente de Deputado Estadual em exercício Janío Mendes (PDT).

Em sendo verdade essa é a maior aquisição política que Janío Mendes fez para essa eleição.

Essa baixa do grupo Alair Corrêa (PP) é mais uma prova do que eu sempre digo, é preciso que Alair Corrêa mude a forma de lidar com seres humanos.

Detalhe, continuarei achando o Professor Sepúlveda um dos maiores pilares morais de nossa sociedade.


sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Jornal Cartão Vermelho Será Lançado Nessa Segunda-Feira.


O Jornal Cartão Vermelho chegará oficialmente as mãos da população Cabo-friense nessa segunda-feira (30/01) das 9h às 11h no Café Parada Obrigatória.

Receberemos ali amigos, leitores, colaboradores para tomarem conosco um café da manhã, tirar uma foto, bater um papo e claro levarem gratuitamente a primeira edição do Jornal Cartão Vermelho. E você leitor é nosso convidado especial, vá lá nos conhecer e leve nossa nova mídia para casa.

O Café Parada Obrigatória fica em frente a Praça Porto Rocha no Prédio da OI (Prédio da Antiga Telemar).

Contamos com sua presença!

Traficantes Expulsaram Carrocinha Parlamentar.


Cabo Frio hoje é uma cidade com zonas de exclusão, entre elas temos os bairros do Manoel Corrêa, Jacaré e Monte Alegre, que em determinadas partes do bairro só se entra com autorização dos comandantes do tráfico; tráfico este que em nossa cidade se divide em 2 facções criminosas com sede na capital.

Alheio a isso o suplente de deputado em exercício montou sua carrocinha apelidada de gabinete móvel e saiu por Cabo Frio em busca de fazer propaganda antecipada de sua pré-candidatura, só que acabou estacionando sua carrocinha no bairro Monte Alegre sem a autorização dos traficantes locais, que ao saberem do intruso foram averiguar quem era, ao descobrirem que se tratava do suplente em exercício que votou contra os bombeiros deram a ordem:

“Em solidariedade com os manos bombeiros tirem esse folgado daqui, porque se não o bicho vai pegar...”

Ao ser comunicado da ordem dos traficantes o suplente em exercício juntou sua carrocinha e foi embora do bairro, mostrando assim que ele (suplente) sabe quem manda e obedece porque tem juízo.

Bastidores da Política e da Imprensa.


Garotinho

O Deputado Federal e líder do PR-RJ, Antony Garotinho, divulgou a listagem com quem seu partido caminhará nas eleições municipais de outubro próximo, lá constam Renato Viana (PR) com candidatura majoritária em Arraial do Cabo, Paulo Lobo (PR) em São Pedro da Aldeia, Evandro (PR) em Búzios, Rodolfo Pedrosa (PR) em Iguaba, Miguel Jeovani (PR) em Araruama, Pedro Ricardo (PRB) em Saquarema e Alair Corrêa (PP) em Cabo Frio.


Sucesso Absoluto

 
A última edição do Programa Cartão Vermelho edição especial Blogosfera recebeu 10 convidados da mídia social, além de Meri do Jacaré (Feirinha do Forte) que foi notícia de destaque na mídia social.


Sucesso Absoluto 2
 

A Blogosfera Cabo-friense é de forma indiscutível a nova força da mídia, tomamos o espaço deixado pela mídia vendida e babona, e passamos levar a verdade ao conhecimento da população.

A reunião da Blogosfera em um programa de TV referenda a importância e destaque da mídia social, e o comparecimento de uma boa parte desse grupo demonstra que é possível a reunião de pensamentos divergentes, mas em busca do bem comum.


Ademilton Ferreira
 

O radialista Ademilton Ferreira (PMDB) anda pegando no pé do Dr. Carlos Magno pela proximidade de seu camarote com o do prefeitável Alair Corrêa (PP). E segundo Ademilton teve até conversa no pé da orelha.


Dr. Carlos Magno
 

E claro, peguei o telefone para saber de Dr. Magno o que poderia ter ocorrido nesse Cabofolia tão divulgado por Ademilton.

Segundo Dr. Carlos Magno a colocação de camarotes próximos é comum no Cabofolia, e que realmente ele (Dr. Magno) e Alair Corrêa (PMDB) estiveram juntos, se cumprimentaram e conversaram um pouco, e Alair teria até se retratado pelas críticas pesadas que sua personalidade belicosa provocaram.


Dr. Carlos Magno 2
 

Continuo afirmando que vejo em Dr. Magno um dos melhores profissionais do direito eleitoral desse país, qualquer político em seu juízo perfeito gostaria de ter ao seu lado um profissional desse quilate.

Pena que as chances de um entendimento entre Alair Corrêa e Dr. Magno sejam equivalentes as chances da Cabofriense contratar o Messi.


Chicão

Segundo blogueiros remunerados por Janío Mendes (PDT) os desabamentos dos três prédios na Cinelândia foram causados pela estadia do Professor Chicão na capital.

Chicão seria o líder de um grupo terrorista que quer acabar com a corrupção no PDT.

Que coisa!
 

Coluna do Aléxis “Malabi” Novelino.


Bagunça, para que te quero?!

Mais uma edição do Cabo Folia passou e podemos perceber que a cidade inteira foi privatizada junto com o evento, que em nada nos acrescenta.

Felizmente, os foliões se comportaram excelentemente bem, se considerarmos toleráveis à quantidade de reclamações.

Uma rua fechada indevidamente para beneficiar o escritório da produção do evento e ao estacionamento da Central Park, comentários em redes sociais que nos levam a real impressão de que nosso prefeito é, de fato, sócio do evento, além de alguns outros absurdos, em especial, a ausência de eventos gratuitos para a nossa sociedade e para os nossos veranistas, afinal, pra que propor política de turismo gratuito quando, supostamente, se tem participação nos lucros de um empreendimento privado?!

Não se esquecendo da farra da Salineira, cobrando R$ 5,00 por um trajeto de apenas quatro quilômetros (Praia do Forte x Área do Evento).

Desde o surgimento desse evento a nossa cidade não possui a velha e boa divisão da temporada, que eram respectivamente, primeira e segunda quinzena, carnaval e semana santa, além dos feriados prolongados, claro, todas lotadas.

Hoje, dividimos nossa agenda de veraneio em Reveillon, Cabo Folia e Carnaval.
O Reveillon e o Carnaval permitem que TODA a verba arrecadada com os veranistas fique na cidade, já no Cabo Folia, sabemos que isso não acontece, considerando que o sócio majoritário que ironicamente é pré-candidato a prefeito de Cabo Frio, leva seu alto lucro para bem longe.

O mais engraçado desse verdadeiro conto é que o indivíduo tem a cara de pau de se expor na TV, em seus programas eleitoreiros, argumentando que a nossa política de turismo é falha, o que eu concordo plenamente, pois a nossa maior falha foi ter concedido a ele espaço para sugar uma quantia razoável do que deveria ficar em nosso município.

Enfim, vida que segue e quem sabe um dia a sociedade aprenda a não abrir mão de seus direitos, mas, para isso, ela precisa primeiro aprender a cumprir com seus deveres e suas obrigações.

Até lá, um VIVA aos contratos temporários, que desde sempre escravizam essa cidade.
Não esquecendo que essa realidade tem o patrocínio oficial da sociedade, que se cala.

Denúncia – Aluguel de Ponto na Feirinha.


Amigo Álex Garcia, gostaria que divulgasse este para que todos saibam como anda nossa feirinha aqui de Cabo frio e tambem para vermos se damos um basta em tanta bagunça que há por la, não posso admitir essas coisas que vem acontecendo la e o pior é que as autoridades estao la e esto vendo tudo isso e não fazem nada.

UM IMPORTANTE LIDER DA FEIRINHA DE ALIMENTAÇÃO DA PRAÇA DO TEATRO QUER ALUGAR PONTO POR R$ 5 MIL NO CARNAVAL.

Isso com a "PERMISSÃO" de um funcionário da prefeitura, sim permissão porque ele estava do lado quando ele ESCUTOU alto para quem quisesse ouvir, do aluguel da barraca e em nenhum momento o reprimiu dizendo que não se podia alugar ponto de um espaço da prefeitura.

Este ano a bagunça esta generalisada, pois varios barraqueiros que não vem no ano todo e que tem ponto na feirinha estã o alugando seus pontos para beneficio próprio, coisa que no ano passado o que se viu na feirinha foi os pontos que foram alugados sendo cassados e retirados da feirinha.

Mas este ano com os novos coordenadores o que se vê é esse escandalo. Sei de tudo o que acontece la e também da covardia que impera no espaço da Prefeitura.

E agora Sr. Prefeito, como ficará a distribuição dos Boxes da praça quando ficarem prontos? seria por tempo de feirinha? ou por tempo de trabalho? Sim, porque se for por tempo de feirinha os mais antigos farão uma festa com os boxes porque eles não trabalham o ano todo e alugam seus pontos para outros e os que realmente trabalham o ano todo vão ficar a ver navios, porque o critério segundo o Sr. Eduardo Leal será de tempo de feirinha, como foi este ano escolhendo os pontos principais para os que não trabalham o ano todo e os dem ais barraqueiros que vem se sacrificando o ano todo com ventos e chuva estão sofrendo lá atras da feirinha colhendo migalhas. Afirmo isso porque estou la e estou vendo o que esta acontecendo, mas como esta cidade esta jogada as traças é isso que presenciamos, COVARDIA!

Estava presente lá na distribuição dos pontos para este ano e segundo o Sr. Eduardo Leal, afirmou que não autorizaria a colocação de mais barracas la na frente por causa de um Juiz de Direito que mora naquele prédio em frente e colocou os restantes barraqueiros (9) e que trabalham o ano todos la pra traz! e o que se vê hoje? aquela imundisse de carros amontoados na porta do predio do Juiz e nas redondesas.

CADÊ OS BANHEIROS SENHORES ADMINISTRADORES DE CABO FRIO! A FEIRINHA ESTA CHEIRANDO A MIJO!!!!!

É isso ai Amigo Álex se nós cidadões de Cabo Frio não colocarmos um basta nesta podridão, quem o fará?

Abraços do amigo...
(Nome preservado)


Do Blog Cartão Vermelho:
Se você tem denúncia ou reclamação nos envie para cartaovermelhotv@gmail.com, com certeza daremos voz a você.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Blog Cartão Vermelho Chega a 200 Mil Visitas.


A nova fase do Blog Cartão Vermelho completou 200.000 acessos, se somados aos 800.000 acessos do período Blogspot chegamos hoje a marca de 1 MILHÃO de acessos. Somos o primeiro site/blog a atingir essa marca, que em poucos dias será também atingida pelo site/blog História, Música e Sociedade comandado pelo Professor Chicão.

Esse sucesso só foi possível pela confiança que você leitor nos depositou nesses últimos dois anos, onde nesse período buscamos levar a você a informação verdadeira e sem as amarras do dinheiro público.

Mas claro você quer saber mesmo do tradicional sorteio de prêmios que fazemos em todas nossas conquistas; não se preocupe ela virá, e já tem dia marcado, no próximo dia 28 de janeiro iremos iniciar nosso sorteio de brindes em parceria com nossos anunciantes, se prepare para concorrer e boa sorte.
 

Programa Cartão Vermelho Edição Especial Blogosfera.


É hoje (25/01) ao vivo, às 14h, o Programa Cartão Vermelho Edição Especial Blogosfera onde estão convidados todos os blogueiros de Cabo Frio ou que seus blogs tratem sobre a cidade.

O Programa Cartão Vermelho é realizado na Lagos TV Canal 07 de Cabo Frio.

E já sabe, se você é blogueiro basta chegar na TV às 13h30min, você será muito bem recebido.

E você querido leitor é nosso convidado de honra para acompanhar por sua telinha esse programa diferente e sem roteiro.

Contamos com sua audiência!

Bastidores da Política e da Imprensa.


Estréia

O Blog Cartão Vermelho tem a honra de anunciar como mais novo colunista, Charles Domingues, que é Gestor Ambiental e Químico, sua coluna foi batizada como “Passando a Limpo”.

Que Charles Domingues seja muito bem vindo a família Cartão Vermelho.


Abílio César Bernardino
 

O homem que teve a coragem de denunciar uma tentativa de suborno do atual prefeito de Cabo Frio segue firme em sua pré-candidatura a vereador.

Estive no fim da tarde de ontem com Abílio César Bernardino, que era mais conhecido como Abílio do PT. Abílio me contou de sua nova filiação ao PP e de quanto tem se empenhado para conquistar seu espaço político.

Boa sorte meu amigo, você merece!


Desesperados
 

Sempre que noticio a movimentação política do Deputado Estadual licenciado, Felipe Peixoto (PDT), os blogs sustentados pelo suplente de Deputado Estadual em exercício, Janío Mendes (PDT), ficam furiosos e atiram para tudo quanto é lado.


Desesperados 2
 

Na ânsia de mascararem o risco real da saída de Janío Mendes (PDT) da ALERJ descredibilizam a informação prestada, e olha que a informação vem com fonte, local, e o tema abordado.


Choro Livre
 

O choro é livre, e claro a bronca também é. Mas para azar dos blogs sustentados por Janío Mendes (PDT) temos um importante agente político, o mercadólogo Gláucio Ferreira, amigo de longa data, acompanhando os acontecimentos na política de Niterói e com isso sabemos que é fato a pré-candidatura de Felipe Peixoto (PDT) que hoje disputa espaço interno com o também pré-candidato, Jorge Roberto Silveira (PDT).


Janío Mendes
 

Enquanto o quadro político de Niterói não ficar definido, Janío Mendes (PDT) seguirá andando na corda bamba, e como é suplente tem chances reais de ter que deixar a ALERJ até o dia 06 de abril de 2012.


Fraqueza
 

Da mesma forma que Carlos Victor (PSB) o suplente de Deputado Estadual em exercício, Janío Mendes (PDT), não é um candidato forte em nada. Tanto que sua votação com total apoio de Marcos Mendes (PSDB) e em dobradinha com irmão do prefeito, Carlos Victor (PSB), não chegaram nem a 15 mil votos na nossa Cabo Frio. 


Credibilidade
 

É até engraçado ouvir os blogs sustentados por Janío Mendes (PDT) falando em credibilidade, lembro de um desses blog dias antes da eleição falando que Janío teria em torno de 45 mil votos para deputado, o pobre suplente não teve nem a metade disso.

Tenho essa página guardada até hoje, sempre releio e dou boas risadas.


Credibilidade 2
 

O outro blog, do professor tarado por adolescentes que poderiam ser suas netinhas, no ano passado sustentava lindo anúncio do Cabofolia, era muita alegria com o novo dimdim que colocava no bolso e claro não fazia nenhuma crítica ao evento.

Já esse ano Froilan Moraes (DEM) não quis molhar a mão do referido blogueiro e sabem o que aconteceu?

Adivinhou quem respondeu “falou mal do Cabofolia”, pois foi isso que ele fez, ou seja, se tiver grana divulga e elogia, se não tiver fala mal.

Isso que é credibilidade?

Coitado, chega a ser digno de pena!


Dirlei Pereira
 

O empresário e ex-vereador, Dirlei Pereira (PRB), anunciou em seu blog que está sendo tramado contra ele um atentado, só não sabe ainda se é contra a sua vida ou moral, os autores da ameaça seriam pessoas da cúpula da Secretaria de Fazenda de Cabo Frio.

Sinistro!
 

Fala Cidadão. Por Vânia Carvalho.


Bora Bora Desse Restaurante.

Amigos leitores, hoje fui fazer um passeio com meus filhos, como se fosse uma turista chegando pela primeira vez a Cabo Frio. Resolvi levá-los para almoçar um peixinho com salada,tomar aquela cervejinha e relaxar na praia, entre um mergulho e outro.

Escolhi o restaurante Bora Bora, que tem um visual incrível, para quem chega na cidade pela primeira vez ficaria encantado com tanta beleza, que dali daquele ponto, aqui pertinho do Canto do Forte, poderia proporcionar a todo turista de primeira viagem belas fotografias.

Ao adentrar ao recinto notei que  umas 15 mesas estavam ocupadas, por isso aguardei que alguém viesse me receber assim como manda qualquer anfitrião. Bom, depois de aguardar, sem êxito, alguns minutos eu mesma fui até o balcão do restaurante perguntar se havia alguma mesa disponível. O gerente ou dono do restaurante, um senhor muito mal encarado por sinal, apenas se virou e disse: Procure um garçom, e pergunte pra ele. Já achei aquilo o cúmulo mas tudo bem, prometi pra mim mesma que nesse dia que tirei de folga, só pra curtir, nada me tiraria do sério. Fiquei então feito barata tonta tentando identificar quem poderia ser um garçom, já que não havia nada que os diferenciasse das outras pessoas. Até que uma menina que corria de lá pra cá, atendendo vários pedidos ao mesmo tempo, conseguiu uma mesa pra mim.

Bom, tirando os minutos que levaram pra ela me entregar o cardápio, e finalmente escrever meu pedido, a minha paciência começou a querer se esgotar, mas suspirei fundo e cheguei até a perguntá-la: É só você pra atender esse bando de gente? Ela me respondeu: “sou eu e mais um”.

Bom, já que o dia estava lindo fui dar um mergulho, até que a entrada chegasse, antes do prato principal. A escada do restaurante até a praia é uma pista de obstáculos, não há degraus, depois da última ressaca eles colocaram sacos de areia que com o tempo foram desnivelando, e se você não for um tanto quanto atlética para escalar aquela subida o jeito é dar a volta pela rampa que fica ao lado, ou seja um verdadeiro transtorno.

Depois de meia hora, chegaram os pastéis de camarão, sem guardanapo e uma cerveja em lata. Quente!. Ora, como podem servir, as coisas assim?  Depois de pedir o porta guardanapos, notei que o mesmo estava imundo. Pensei: Como podem servir  o guardanapo num porta guardanapos nessas condições? E que porcaria de cerveja é essa? Ai Jesus, me dê paciência!!! Depois de uns 40 min chegou o almoço, um belo namorado com fritas e arroz de guarnição. Mas e os pratos?  2 deles estavam sujos, sem brincadeira vieram da cozinha  sem ser lavados. Não aguentei, me dirigi novamente ao gerente mal encarado, ou dono do restaurante, que novamente com a maior antipatia me disse: “Não é comigo, se quiser vá até a cozinha.” É mole!!!

Depois de comer, com a péssima impressão de que se o serviço era assim, imagina como era a cozinha, sai as pressas do restaurante depois de pagar 102 reais, num dia que esperava ser tranquilo e agradável.

Agora a pergunta que não quer calar: Se eu fosse realmente uma turista de classe média chegando pela primeira vez a Cabo Frio, que impressão eu teria desse lugar? Como podemos falar em turismo de qualidade se não existe a menor preparação para recebê-los? É o fim da picada, e olha que o visual vale a pena, mas a alma dos nossos governantes é que é muito pequena. Porque um restaurante desse, pelo local que é, atrairá com certeza muitos visitantes, mas se não houver um modo de educar, ensinar o bom atendimento ou mesmo noções básicas de higiene, como é que poderemos receber turistas de qualidade, já que não há nenhuma preocupação com o bom serviço.

Passando a Limpo. Por Charles Domingues.


Está acontecendo em Búzios, uma série de impactos e alguns deles de ordem ambiental. Em uma matéria com o título Mudanças na lei em Búzios permitem condomínios de casas geminadas que adensam o balneário, por intermédio de ONGs e a seção regional do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) acusam o prefeito Mirinho Braga (PDT) de desrespeitar o Plano Diretor em vigor desde 2006.

A matéria na íntegra pode ser obtida no link abaixo.
http://oglobo.globo.com/rio/mudancas-na-lei-em-buzios-permitem-condominios-de-casas-geminadas-que-adensam-balneario-3730924
Vamos aos fatos.

Quanto à fiscalização:
  
O município de Búzios conta com apenas 02 fiscais para vistoriar 17mil imóveis, o que significa que pra fiscalizar as construções de búzios cada fiscal deve visitar 283 imóveis por dia, já começa por ai a dificuldade em se avaliar as construções, ou melhor, é impossível se realizar uma fiscalização eficaz, lembrando que esses fiscais são os únicos concursados para esse seguimento de fiscalização.

Quanto às construções:

Existe um impasse entre a prefeitura, ONGS e a seção regional do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), com relação a lei que permite a construção de imóveis no município, a prefeitura diz que aprovou as construções baseado em uma lei que permitia que as mesmas fossem erguidas, porem o que se vê na matéria são casas sendo construídas com mais de 2 andares, o que é proibido perante a legislação.

Quantos aos conflitos:

Conta a historia que desde quando Búzios foi emancipada de Cabo Frio existiram cinco versões da lei de ocupação dos solos, até o ano de 2000 era utilizada a lei ainda editada por Cabo Frio, porem houveram três modificações da lei nos anos de 20006, 2008 e 2010, daí toda essa confusão com relação ao que pode ou o que não pode ser e de que maneira pode construído, a única coisa que não foi alterada em ambas as leis foi que só podem ser erguidos dois pavimentos.

De posse da informação que não podem ser construídos mais do que dois  pavimentos por edificação vamos ao que diz o plano diretor.
O que é o plano diretor

É o instrumento básico da política de desenvolvimento do Município. Sua principal finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural na oferta dos serviços públicos essenciais, visando assegurar melhores condições de vida para a população.

No caso de Búzios, o mesmo não permite a construção de mais de uma casa por lote. Daí a modificação na lei, visando a liberação das casas geminadas, isso tudo e muito confuso, porem muitos se aproveitaram dessas brechas (quem constrói) e começaram a erguer as tais casas germinadas(Construção de duas ou mais casas ligadas umas as outras, que dividem um lote de acordo com a quantidade de unidades)

O que diz a lei orgânica de Búzios:

Artigo 304- Parágrafo Único- O plano diretor é instrumento regulador dos processos de desenvolvimento urbano, servindo de referência a todos os agentes públicos e privados

Art. 306 - A política de desenvolvimento urbano respeitará os seguintes princípios:

X - criação e delimitação de áreas de crescimento limitado em zonas supersaturadas da Cidade onde não se permitam novas construções e edificações, a não ser as de gabarito e densidade iguais ou inferiores às que forem previamente demolidas no local.

Ainda

Art. 303-§ 3º - O exercício do direito de propriedade e do direito de construir fica condicionado ao disposto nesta Lei Orgânica, no plano diretor e à legislação urbanística aplicável.

Legislação aplicável essa que foi alterada em 2006, 2008 e 2010 são muitas alterações daí a confusão.

O Plano Diretor foi aprovado para garantir um crescimento de forma sustentável visando não causar uma modificação na estrutura da cidade e dessa forma causando um grande impacto ambiental, pois do jeito que a coisa anda a cidade ficara entre paredes, daí a necessidade das autoridades, fiscalizarem as novas construções, promoverem concursos públicos para contratação de novos fiscais, treinamento constante de acordo com a legislação vigente, não só avaliando se as edificações são de dois ou mais andares ou até mesmo se são germinadas, mas acompanharem o relevo de búzios e avaliando se as mesmas não se apresentam em áreas de risco.
 

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Convocação aos Blogueiros de Cabo Frio.


O Programa Cartão Vermelho, realizado na Lagos TV (Canal 07 de Cabo Frio), desta quarta-feira (25/01) convoca a todos os blogueiros que, tenham seus blogs tratando da temática de Cabo Frio ou que seus idealizadores residam em Cabo Frio, estejam presente às 14h na sede da Lagos TV para a realização da segunda edição, ao vivo, do Blogosfera no Programa Cartão Vermelho.

Se você é blogueiro de Cabo Frio ou seu blog trata da temática Cabo Frio se sinta pessoalmente convidado, não é necessário confirmar presença mas em caso de dúvidas ligue para nossa produção (22) 9839-8195.

Lembrando que o importante é sua presença, é indiferente para nós sua bandeira política, credo ou qualquer outra preferência que tenha, todos serão muito bem recebidos e com imparcialidade.

Contamos com sua presença!

Felipe Peixoto Segue Pré-Candidato a Prefeito em Niterói.


Uma triste e melancólica realidade que os Jainistas tentam esconder é a provável saída de Janío Mendes da ALERJ até o dia 06 de abril de 2012.

Seguindo em frente em seu projeto político de ser candidato a prefeito de Niterói, o Deputado Estadual licenciado, Felipe Peixoto (PDT), almoçou ontem (23/01)com o ex-vereador Marcelo Falcão que hoje é um dos homens fortes do Deputado Federal Alexandre Santos.

Quem estava presente ao referido almoço é o mercadólogo, Gláucio Ferreira, que estará coordenando algumas campanhas em Niterói, além de uma campanha majoritária em Cabo Frio.

Para ser candidato a Prefeito de Niterói, o Deputado Estadual Felipe Peixoto (PDT), terá que se descompatibilizar do cargo que ocupa no Governo Sérgio Cabral e retornar para a ALERJ onde quem deixará o cargo é o suplente em exercício Janío Mendes (PDT).

Bastidores da Política e da Imprensa.


Cabofolia

Finalmente ele acabou! Novamente o empresário Froilan Moraes ganhou muito dinheiro, dinheiro lícito por sinal, mas a cidade não viu nenhum benefício, muito pelo contrário continuamos pagando o ônus pela alegria alheia.


Cabofolia 2

 
Ademilton Ferreira (PMDB), líder absoluto nas manhãs das Rádios da Região dos Lagos, contou que o evento foi alvo de muita confraternização política.


Chiquinho Cassadão
 

Estive recentemente em Búzios almoçando no simpático Restaurante Estância Don Juan, na mesa ao lado dois cavalheiros falavam da política local enquanto almoçavam, e com esse ouvido que não resiste a conversa política alheia captei o seguinte diálogo:

“Se Chiquinho com o dinheiro de uma cidade pobre que nem Araruama construiu uma casa em Búzios, se fosse prefeito de uma cidade rica como Búzios faria uma casa em Londres com direito a uma Ferrari na garagem...”


Thaís Lima
 

O texto “Enquanto a Cidade Dorme” da nossa cronista Thaís Lima teve grande repercussão, a autora promete transformar “Enquanto a Cidade Dorme” em uma sequência de crônicas sobre nossa cidade dorminhoca.


Jornal Cartão Vermelho
 

O Jornal Cartão Vermelho ainda nem estreou e já está dando o que falar, a imprensa governista, os blogs que nos atacam e alguns agentes políticos estão com os nervos a flor da pele.

Calma gente! É só um jornalzinho de 12 páginas... rsrsrs


Jornal Cartão Vermelho 2
 

No fim da tarde de ontem estive com o jornalista Aloísio Santiago (Gorila) dono do maior parque gráfico da Região dos Lagos, já está tudo acertado e o Jornal Cartão Vermelho nascerá nas mãos de Gorila, mantendo assim uma tradição do Cartão Vermelho de ser um veículo de comunicação 100% da nossa região.


Janío Mendes
 

A cada dia ficam mais forte os boatos que dão conta que Janío Mendes (PDT) não será candidato a prefeito de Cabo Frio e que indicará a ex-vereadora Rute Schuindt (PDT) para ocupar o cargo de vice-prefeita na chapa de Alfredo Gonçalves (PMDB).


Janío Mendes 2
 

Um dos motivos que podem levar a desistência de Janío Mendes (PDT) em não se aventurar em sua pré-candidatura é a sua provável saída da ALERJ, sem o dinheiro de lá ficaria muito complicado uma candidatura a Prefeito de Cabo Frio.

Parece que Janío não quer correr o risco de ter a mesma votação inexpressiva que teve em 2008.


Certeza
 

Pelo menos uma coisa é certa, lá estão todos juntos e misturados, o discurso de José Bonifácio (PDT) e Marcos Mendes (PSDB) são de união e a confirmação do velho grupo político, José Bonifácio, Janío Mendes, Marcos Mendes que agora é adicionado do pré-candidato Alfredo Gonçalves (PMDB).

Farra do Asfalto 2012.


Por Pedro Nascimento Araujo

Andar em Cabo Frio é garantia de testemunhar, a qualquer hora de qualquer dia, o descaso do governo municipal para com o povo da cidade. A belíssma cidade, flor de uma região bela por definição, está abandonada. Não se vê ação da prefeitura em virtualmente nenhum lugar - exceto no asfaltamento. Não que Marquinho Mendes esteja sozinho nisso: em ano eleitoral, deitar asfalto ao redor de qualquer cidade é um costume antigo de prefeitos brasileiros - que pode se tornar um estorvo para seus cidadãos - perfeitamente observável em cidades ao redor do país, sem distinção de altitude, latitude ou ideologia. É uma autêntica locupletação, que atinge seu ápice em anos eleitorais municipais: a Farra do Asfalto 2012 já está em marcha.

Das razões que podem explicar a compulsão asfáltica de prefeitos em final de mandato, duas são particularmente terríveis. Uma delas é a corrupção, que se manifesta através do direcionamento de licitações para empresas que se mostrem dispostas a retornar parte de seus ganhos para o grupo que a contratou. Tal processo é facilitado por fiscalização frouxa e esparsa, a qual, quando ocorre, limita-se a verificar a existência física do asfalto: dados sobre o estado asfaltalto antes do serviço ser prestado, assim como a própria qualidade do asfalto colocado, em geral são ignorados. Destarte, o mau empresário cobra por um asfalto de primeiríssima linha, entrega um remendo barato qualquer e divide o lucro com o mau político. Outra razão é a tentativa, um tanto ou quanto desesperada, de uma administração, incipiente ao longo do mandato, de mostrar serviço. Nesse ponto, o asfalto, cuja aplicação é rápida e cujos efeitos se destacam na paisagem cotidiana da população, oferece grandes vantagens para as enormes placas do tipo "Prefeitura Trabalhando" que dominam a paisagem das cidades brasileiras em ano eleitoral. Independentemente do motivador, há um fator em comum: o asfaltamento de nossas ruas é péssimo.

Quem já teve oportunidade de circular por ruas e estradas dos países do chamado primeiro mundo certamente notou que lá, malgrado as condições metereológicas contrárias, como a existência de gelo e a prática de derretê-lo com sal, o pavimento é sempre impecável. Na verdade, nem é preciso ir tão longe: a qualidade do asfalto em países vizinhos como Argentina e Uruguai é gritantemente melhor que a nossa, não se observado, em tais locais, a prática de recapeamentos frequentes que observamos aqui. Por que, então, asfaltamos tantas vezes? Por que nosso asfalto é tão ruim? Será que não sabemos asfaltar? Será que não há asfalto de boa qualidade disponível no Brasil?

Sem embargo, as respostas às perguntas acima feitas são encontradas aqui mesmo, no Brasil. Mais especificamente, nas rodovias privatizadas. Nelas fica bem evidente que há material e capacidade técnica suficientes para fazer aslfaltamento que não deva nada aos melhores do mundo. E, apesar de haver, nesses casos, um fluxo grande de veículos, inclusive de carga, em uma herança maldita de nossa opção pelo rodoviarismo, não notamos os recapeamentos constantes e, muito menos, a degradação mais constante ainda do asfalto. Capacidade, há. Material, há. Então, por que o asfalto público é ruim e o privado é bom?

A resposta é de uma obviedade cândida e cruel: porque, nas rodovias privadas, se o asfaltamento for ruim, quem terá de arcar com constantes trocas e reparos exigidos pela agência reguladora será o concessionário, o que implica em imediata redução dos lucros. O empresário privado tem todo o interesse em ter um asfaltamento de excelente qualidade: para ele, recapeamento é prejuízo, tanto para a imagem da concessão quanto, principalmente, para a lucratividade da mesma.

No asfaltamento público, todavia, a lógica é oposta. Um prefeito que depara-se com um asfaltamento ruim pode, em seu último ano, jogar uma camada de asfalto ordinário por cima do asfalto estruturalmente ruim que, ao menos até a eleição, os cidadãos terão a impressão de estar circulando em vias mais bem cuidadas do que antes. Se é fato que, em pouco tempo, os buracos, inevitáveis em um serviço que nada mais é que maquiagem, voltarão a aparecer, também é fato que a eleição já terá passado quando isso ocorrer. Deriva daí, de tal falta de compromisso com a qualidade e a durabilidade, a diferença entre asfaltos público e privado. Essa diferença é ainda mais gritante na estrutura sobre a qual o asfalto é assentado: em uma via privada, o concessionário fará existir, sob o asfalto, várias camadas que dar-lhe-ão sustentação, para que a cobertura asfáltica, um tapete de poucos centrímetros, não se deforme. Assim, sobre várias camadas que estendem-se muitos centrímetros abaixo, o asfalto é apenas o acabamento de uma estrutura firme e bem projetada.

Nas vias públicas, não há tal preocupação. Em Petrópolis, por exemplo, é perfeitamente corriqueiro encontrarmos, sob o asfalto, os irregulares calçamentos históricos de paralelepípedos, que ficam aparentes, em alguns casos, menos de um ano após o banho de asfalto. Embora seja bastante óbvio que simplesmente jogar uma camada de asfalto de poucos centrímetros sobre uma base tão instável é receita para ter de refazê-la a cada um ou dois anos (noves fora a conservação do patrimônio histórico), isso segue sendo feito, não só em Petrópolis e Cabo Frio como em inúmeras outras cidades do Brasil. Como o interesse dos prefeitos é o efeito de curto prazo, opta-se ou pelo que é mais rápido e barato (obras estruturais para criar camadas de cascalho, brita etc. que sustentem o asfalto demora e custa caro) ou, ainda, pelo que pode render mais, levando-se em conta o fator corrupção. Não há, então, solução? Sim, há - e é bem simples: basta que se vincule, legalmente, prefeitos e empreiteiro aos resultados das obras. Assim, se um prefeito paga um valor de referência por um asfaltamento cuja vida útil estimada é de 10 anos, então a firma que executou o serviço e o prefeito serão passíveis de acionamento, por parte do ministério público, caso o asfaltamento perca sua qualidade antes disso, para que as obras de reparo sejam feitas sem novos encargos gravosos ao patrimônio público. Se vincularmos a rentabilidade da empresa, assim como a carreira política do prefeito, à qualidade do asfaltamento, podemos acabar com a farra do asfalto.

Pedro Nascimento Araujo é economista

- |