Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Bastidores da Política e da Imprensa. Edição 23/06/2016


Prolagos Mentirosa

A bombástica matéria apresentada aqui em nosso blog onde traz a afirmação do deputado estadual Silas Bento (PSDB) e do vereador Vanderlei Bento (PMB) que a PROLAGOS mentiu e enganou os parlamentares no acordo que tinha firmado com eles foi o comentário do dia.

Prolagos Mentirosa 2

É triste ver uma empresa que presta um serviço de péssima qualidade, água caríssima, que extorque o cidadão, faz cobranças ilegais e imorais, e ainda faz rodízio de água em bairros carentes, se prestar a tentar enganar um deputado estadual e um vereador. Se essa empresa mente e tenta enganar um deputado o que não faz com o cidadão comum?

Prolagos Mentirosa 2

Se você quiser reler e conferir o que a Prolagos fez com o deputado estadual Silas Bento (PSDB) e com o vereador Vanderlei Bento (PMB), basta clicar AQUI.

Medalha Tiradentes

O ex-prefeito Renato Vianna (PRB) é só alegria com a notícia da conquista da maior comenda do Estado do Rio de Janeiro, a Medalha Tiradentes. A sociedade cabista se sentiu orgulhosa em ver o melhor prefeito de sua história ter um reconhecimento por toda sua trajetória como homem público.

Renatinho Vianna

Enquanto o pai foi agraciado merecidamente com a maior comenda do estado, o filho e prefeito de Arraial do Cabo, Renatinho Vianna (PRB), está na estrada a trabalho. O prefeito está em Bombinhas - SC. conhecendo de perto como implantar a aplicação de cobrança da Taxa Ambiental para quem visitar o município cabista a partir de 2018.

Lívia de Chiquinho

A população de Araruama está revoltada com o caos instaurado na cidade, as chuvas foram a gota d'água com a prefeita cassada Lívia de Chiquinho (PDT), sem fazer a limpeza dos rios, bueiros e rede de esgoto o resultado foi trágico. A desorganização da defesa civil também chamou a atenção.

Cassada

Por sinal o que mais se comenta na cidade é quando a prefeita Lívia de Chiquinho (PDT) cassada em primeira instância e seu marido e ex-prefeito, Chiquinho do Atacadão (PDT), cassado em todas as instância, serão definitivamente afastados para a realização de novas eleições.

De saída?

Rola boato que o clã dos Barretos farão mudanças no Governo Marquinho Mendes (PMDB) a mudança seria na Secretaria de Educação, Aquiles Barreto (SD) estaria retirando sua mãe Laura Barreto da secretaria e nomeando seu ex-assessor e atual coordenador Alessandro Teixeira para o cargo de secretário de educação. Será?

Cargo Almejado

Todos sabemos que o sonho da vida de Alessandro Teixeira sempre foi um dia conquistar o cargo de secretário de educação, é notório que Alessandro após abandonar o ex-vereador Alfredo Gonçalves (PV) se tornou o cérebro político de Aquiles Barreto (SD), portanto a troca é muito possível.

Rita Lee

Acontece hoje (23/06) no Polo Gastronômico da Passagem o show da cantora Ju Feliciano em tributo à Rita Lee. O evento acontece a partir das 20h no Largo São Benedito.

Dário Monteiro

Temos a honra de comunicar aos nossos leitores que Dário Monteiro é o mais novo colunista esportivo do Cartão Vermelho. Dário que é uma referência no esporte amador e projetos sociais da cidade falará do esporte nacional e do esporte amador de Cabo Frio. Contamos com sua leitura!

Empresários se sentem enganados pela ACIA e Feira Forte 2017


Um importante empresário da cidade de Cabo Frio foi as redes sociais e fez um desabafo impressionante sobra a ACIA e a Feira Forte edição 2017.

Segundo o relato do empresário eles e outros comerciantes da cidade que participaram da Feira Forte 2017 já não pretendiam participar desta edição pelo fracasso que foi a edição de 2016, no entanto a empresa que organizou e vendeu a Feira aos empresários locais enganou aos empresários com diversas promessas não cumpridas. Entre elas:

- Valores de estacionamento reduzido, segundo o empresário este quesito foi o de maior insatisfação da Feira Forte 2016, só que a promessa não foi cumprida.

- Festival de Food Trucks, que jamais aconteceu.

- Área destinada a palestras motivacionais, que também não se realizaram.

- Banheiros sujos.  

- Expositores de fora da cidade, o que enfraquece o empresário local.

- Público baixíssimo, o que claramente foi o pior.


Todas as reclamações apresentadas pelos empresários filiados a ACIA e que se aventuraram em participar da Feira que deveria ser Forte, demonstra o momento terrível que passa a entidade e a Feira que já foi um marco da nossa cidade. Lastimável!

Denúncia: Iguaba Grande Está Abandonada a Própria Sorte


Tenho acompanhado que o Blog Cartão Vermelho não tem rabo preso com essa prefeita que desgoverna essa cidade, e quero aproveitar que vocês são essa mídia independente para mostrar a realidade que estamos vivendo aqui.

Na última chuva as ruas da cidade viraram um rio, as poucas ruas calçadas ficaram alagadas, e as ruas de chão viraram um lamaçal digno de um chiqueiro, segue as fotos das ruas alagadas.


Indiferente a chuva aqui a limpeza urbana é um caos, lixos não são recolhidos, entulhos e restos de móveis antigos também não são escolhidos, para onde se vai tem esgoto correndo a céu aberto, é o caos absoluto essa administração. Olha que nojo está minha rua.


Se de dia é esgoto, lixo, mosquito, ratos, caramujos, de noite é sombra e escuridão, no passado tinha um telefone que você ligava e com alguns dias ou semana se resolvia o problema, hoje é escuro absoluto.


Obrigado por ouvirem meu desabafo, e espero que essa prefeita seja logo afastada pela justiça eleitoral, ninguém aguenta mais o que a cidade virou.

Do Blog Cartão Vermelho:


Conte sempre com nosso blog para divulgar as necessidades do cidadão iguabense, lamentamos as imagens que nos enviou e a realidade que estão vivendo, fica aqui nosso alerta a Prefeitura de Iguaba Grande para que veja melhor a necessidade de sua população. 

Foi Reunião, Almoço ou Racha?


Uma foto está mexendo com o imaginário nos bastidores do cenário político da cidade de Cabo Frio, uma foto aparentemente despretensiosa, onde estão reunidos para um almoço os sete vereadores, Edilan do Celular (PRP), Letícia Jotta (PSC), Jefferson Vidal (PSC), Ricardo Martins (SD), Blau Blau (PSC), Alexandra Codeço (PRB) e Adeir Novaes (PRB).

Mas os teóricos da "teoria da conspiração" afirmam que a imagem é um sinal claro de que a base aliada na Câmara dos Vereadores do Governo Marquinho Mendes (PMDB) rachou, e que os sete vereadores podem se declarar "independentes" e passar a votar com os quatro vereadores oposicionistas Vinicius Corrêa (PP), Vanderlei Bento (PMB), Oseias (PDT) e Rafael Peçanha (PDT), deixando o governo reduzido a uma bancada mínima de seis vereadores.


Será verdade? O tempo dirá!

"Por Aí" com Ana Paula Domarco. Edição: 2º Circuito Night Run Lagos


Segunda edição do Circuito Night Run Lagos, que acontecerá no dia 1º de julho, na orla da Praia do Forte, terá premiação em dinheiro e sorteio de brindes para os atletas.
  
Pela primeira vez, o Circuito Night Run Lagos será realizado em uma das paisagens mais conhecidas de Cabo Frio. A segunda etapa da corrida noturna de rua de 2017 será realizada na orla da Praia do Forte, no dia 1º de julho, com largada às 20h. Serão disputadas provas de 5 km e 10km e haverá premiação em dinheiro para os primeiros colocados. A programação ainda inclui aula de alongamento, sorteio de brindes e massagem para os inscritos. Os atletas podem se inscrever no site www.g2esportes.com ou no Shopping Park Lagos, das 16h às 22h. A realização é da G2 Esportes com o apoio institucional da Prefeitura de Cabo Frio.

De acordo com a G2 Esportes, todos os inscritos receberão medalha personalizada de participação ao completarem a prova. O kit distribuído aos atletas inclui camisa personalizada de manga com tecido tecnológico utilizado em atividades físicas, bolsa personalizada, numeração de peito e chip de monitoramento. Os três primeiros colocados na classificação geral vão receber troféus e premiação em dinheiro. Já os cinco primeiros de cada categoria vão ganhar medalhas diferenciadas. As categorias masculina e feminina serão divididas por faixa etária de 5 em 5 anos.

Segundo a sócia-diretora da G2 Esportes, Dayanne Andrade, a etapa Cabo Frio terá grandes surpresas na estrutura e na programação. “Temos grandes parceiros, que assim como nós, defendem a atividade física e a vida saudável. Eles vão nos ajudar a colocar uma grande estrutura e novidades na programação para ser mais um evento de sucesso. Teremos 3 pontos de hidratação, tenda de apoio com frutas e isotônicos, tenda para primeiros socorros, guarda-volumes, banheiros químicos, aula de alongamento e uma equipe fazendo massagem relaxante nos atletas após a corrida.”, disse Dayanne.

Serviço:

2º Circuito Night Run Lagos- etapa Cabo Frio
Data: 01 de julho
Horário: 18h
Largada: às 20h, na Praça da Cidadania, Praia do Forte, Cabo Frio
Chegada: Praça da Cidadania, Praia do Forte, Cabo Frio
Local para inscrições: Shopping Park Lagos, loja 60, Avenida Henrique Terra, Novo Portinho, Cabo Frio.


Sigo por aí...

quinta-feira, 22 de junho de 2017

PROLAGOS E SEU DIRETOR SÃO MENTIROSOS


A frase que dá título a nossa matéria " Prolagos e seu diretor são mentirosos" estão no contexto do comunicado enviado pelo deputado estadual Silas Bento (PSDB) e pelo vereador Vanderlei Bento (PMB), que foram surpreendidos pelo descumprimento do que haviam acordado com a Prolagos em sua última reunião.

No texto assinado pelo vereador Vanderlei Bento ele destaca "Infelizmente vejo que a PROLAGOS não tem o verdadeiro interesse de ajudar a população" e "a PROLAGOS mentiu na figura do seu presidente".

Para tentar acabar com os desrespeitos e irregularidades cometidos pela Prolagos contra a população o deputado estadual Silas Bento e o vereador Vanderlei Bento foram a Agenersa, que é o órgão fiscalizador da Prolagos, e se reuniram com  Dr. Fábio, advogado da Agenersa, e o presidente da entidade Sr. Bismark. Segundo o comunicado apesar do ato vergonhoso da Prolagos a luta pelo direito do cidadão não acabou.

Fica nosso repúdio pela falta de credibilidade da Prolagos e nosso total apoio a família Bento, conte integralmente com o Blog Cartão Vermelho

Segue na íntegra o comunicado:


Acabo de sair de uma reunião com o presidente da Agenersa, órgão que fiscaliza a PROLAGOS, meu pai Silas Bento Bento e meu irmão Vanderson Bento.

Infelizmente vejo que a PROLAGOS não tem o verdadeiro interesse de ajudar a população, depois da reunião que tive com a PROLAGOS há duas semanas atrás, ficamos acordados que a PROLAGOS faria uma série de propostas a Agenersa para assim ajudar a população, dentre elas está cancelar a TAXA DE CORTE, mas a PROLAGOS mentiu na figura do seu presidente, pois acabo de sair de uma reunião com o Presidente da Agenersa e o mesmo falou que nem sequer recebeu um ofício da PROLAGOS pedindo aplicação das propostas acordadas, não provocou nenhuma situação na Agenersa pra melhorar a vida da população.

Mas na semana que vem teremos respostas positivas, pois tenho certeza que estou no caminho certo e lutando muito para conquistarmos as vitórias já prometidas pela PROLAGOS.

A minha parte estou fazendo.


Vanderlei Bento

Denúncia - Cadê os uniformes das escolas públicas de Iguaba Grande?


Uma mãe de alunos da Escola Alice Canellas, em Iguaba Grande, nos mandou mensagem denunciando que seus filhos estão até a presente data sem uniforme escolar, e que houve discriminação na distribuição dos uniformes, ela denuncia também que nas salas de aula da escola supracitada não tem ar condicionado e nem ventilador funcionando.

Segue a denúncia na íntegra, retiramos o nome da denunciante para preservar a imagem e evitar perseguição aos filhos:

"Gostaria que vocês do Cartão Vermelho fizesse uma matéria sobre os uniformes das crianças de Iguaba.

Vamos lá, eu tenho filhos em escolas municipais de Iguaba e posso falar. Cadê os uniformes?

As crianças que participaram do desfile cívico ganharam uniformes e aqueles que não desfilaram não ganharam.  O porque disso? O porque dessa bagunça? 

Estamos com o mês de Junho praticamente acabando e até agora os meus filhos não ganharam as blusas do uniforme.

Cadê os ventiladores nas salas de aulas da Escola Alice Canellas? Na sala onde meu filho estuda não tem ar condicionado que funcione e nem um ventilador se quer, estuda em uma verdadeira caldeira do inferno.

Prefeita, secretários e vereadores, que tal tirar os ar dos gabinetes de vocês? Que tal as excelências ficarem sem um ventilador nos gabinetes? Façam uma sauna vocês e deixem as crianças com conforto.

Vou ao conselho tutelar, ministério público, exijo respeito.
"


Nome Preservado

Renato Vianna Conquista a Maior Comenda do Estado do Rio de Janeiro


O ex-prefeito de Arraial do Cabo, Renato Vianna (PRB), conquistou ontem (21/06) por unanimidade a maior honraria que o Estado do Rio de Janeiro pode dar a um cidadão, a Medalha Tiradentes.

A medalha que leva o nome do maior herói de nossa história é concedida pela Assembléia Legislativa (ALERJ), aos maiores vultos de nossa sociedade em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à causa pública do Estado do Rio de Janeiro.

A indicação do nome de Renato Vianna para receber a Medalha Tiradentes foi uma iniciativa do deputado estadual, Gil Vianna (PSB). 

"Cara a Cara com Humor" uma homenagem ao Mestre Zel Humor


O Blog Cartão Vermelho tem a honra de anunciar que nosso mais antigo colunista, mestre das charges e caricaturas, Zel Humor, conquista uma exposição integralmente sua no Salão de Artes Zé Trindade em Iguaba Grande.

Mestre Zel Humor é um patrimônio cultural em nossa região, seu trabalho é o mais destacado no interior do estado do Rio de Janeiro, e esse reconhecimento da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Iguaba Grande é uma honraria mais que merecida.

A abertura da exposição "Cara a Cara com Humor" será nessa sexta-feira (23/06) às 19h. O Salão de Artes Zé Trindade fica na Rod. Amaral Peixoto Km 102, nº 3399, ao lado da Câmara Municipal de Iguaba Grande.

A presença de nossos leitores é indispensável, contamos com vocês!


Matéria: Thaís Lima

A expansão da Bundeswehr. Pedro Nascimento Araujo


Há poucos dias, a Chefe de Estado da Alemanha declarou abertamente que ninguém mais pode mais ter como fato inquebrantável que os Estados Unidos da América farão a defesa da União Europeia indefinidamente. Noves fora o fato de a Alemanha falar em nome da União Europeia e ninguém aparentemente se incomodar muito com isso, o fato é que Frau Merkel tem razão – e por um paradoxo: quanto mais a União Europeia se consolida, menos faz sentido para Washington gastar seus recursos para defender uma região que vem perdendo importância estratégica no mundo há um século. Pode parecer uma surpresa para muitos (e, a bem da verdade, foi um fato de pouca repercussão mundial), mas a União Europeia está em vias de criar uma força de defesa única. O plano não surgiu por causa da eleição de Donald Trump ou da saída do Reino Unido da União Europeia, mas certamente não teria a celeridade, a importância e a magnitude que acabou de ganhar se não fosse por esses dois fatores. Com a Alemanha à frente, a Europa quer retomar a importância perdida (ou, ao menos, reduzir o atraso) no campo militar. Um século e duas guerras mundiais perdidas depois e sem que um tiro sequer fosse disparado, a Europa atual é a Alemanha expandida – e as Forças Armadas Europeias serão a Bundeswher expandida como o euro é o Deustch Mark expandido.

A Europa já foi o motor do mundo – e que motor! Aliás, é correto dizer que o que hoje entendemos como mundo é a Europa expandida. Instituições europeias estão na base de países tão distintos quanto Coreia do Norte (ditadura comunista) e Nova Zelândia (democracia capitalista). O que entendemos como mundo tem origem europeia: Estados Unidos da América são um país europeu fora da Europa, Japão é um país europeu fora da Europa – e mesmo ditaduras como China ou Arábia Saudita operam segundo moldes europeus em certa medida. Se é certo dizer que o mundo é a Europa expandida, também é certo dizer que a Alemanha é a Prússia expandida (é certo: até hoje, as cores da seleção alemã serem as cores da Casa de Hohenzollern e o Chefe de Estado da Alemanha usar o título de Chanceler, como o príncipe Bismarck usava – e noves fora que a Família Real da Alemanha, ainda que sem trono, é a Família Real da Prússia, com a numeração dos potentados seguindo a contagem prussiana de antes da unificação), que a União Europeia é a Alemanha expandida (também é certo: o euro é controlado a partir de Frankfurt, centro financeiro da Alemanha, e só tem o respaldo que tem porque, entre outras coisas, pode até hoje ser totalmente convertido em marcos alemães por qualquer um que assim o deseje – a moeda alemã não deixou de existir e tem câmbio fixo com o euro) e, em breve, será correto dizer que as Forças Armadas da União Europeia são as Forças Armadas da Alemanha expandidas. Senão, vejamos.

A Europa já chegou a ter 20% da população mundial, mas hoje esse número caiu pela metade – e continua caindo. É um continente em processo de envelhecimento acelerado: o alemão médio está muito próximo de meio século de vida. É um continente que vem perdendo relevância econômica desde a eclosão das Guerras Mundiais, mas cuja importância relativa (é importante frisar que a análise é sempre em termos relativos, uma vez que a Europa progrediu sobremaneira desde então) só fez encolher depois que os canhões pararam de cuspir fogo em 1945 e, principalmente, depois que a queda do Muro de Berlim anunciou ao mundo em 1989 o colapso do Império Soviético e a perspectiva de paz nas fronteiras com o fim da Guerra Fria. A Alemanha então fez uma brilhante (e expedita) reunificação e, por meio da União Europeia, foi assumindo seu papel de paymaster da Europa. Como na velha piada, a Alemanha é grande demais para a Europa e pequena demais para o mundo, mas uma Europa que é uma Alemanha expandida é grande demais para o mundo: maior PIB do planeta, terceira maior população. Um colosso de pés de barro, baseado eu uma unificação frouxa e, principalmente, sem forças armadas próprias dignas desse nome, a Europa é um urso com dentes de leite e unhas cortadas. É nesse ponto que entram dois fatores exógenos: Brexit e Trump. Para os partidários da unificação europeia completa (o que obviamente inclui forças armadas), foi o melhor dos mundos. Antes que se prossiga, um dado para reforçar que a Alemanha é realmente muito grande para a Europa: em 2016, o país teve um saldo na balança de pagamentos de astronômicos 300 bilhões de dólares, algo que nem Estados Unidos, China ou Japão (as três economias maiores do que a alemã no mundo) conseguiram – e essa torrente de dólares só não levou à esperada apreciação da moeda local (que enfraqueceria as exportações) porque a moeda local simplesmente não mais existe e os demais parceiros deficitários dos alemães no euro acabaram compensando e contribuindo involuntariamente via câmbio para tornar os germânicos mais ricos. Todos na União Europeia sabem que os teutônicos serão opaymaster da unificação e da modernização das forças de defesa europeias – principalmente os próprios alemães. E sabem tanto que já vinham se preparando para isso há anos, em duas frentes: no Framework Nations Concept (no escopo da OTAN) e nas Forças Armadas da União Europeia.

Comecemos pelo Framework Nations Concept. Trata-se de um conceito da OTAN que estimula o treinamento e a atuação conjunta de forças nacionais e foi apresentado pela Alemanha em 2013. Surgiu em boa hora, porque pouco depois a Rússia retomava seu histórico vício expansionista, anexando manu militari a Crimeia em 2014 e tentando redesenhar o mapa da Europa pela primeira vez após 1945 – até o momento, não há aceitação internacional da mudança de soberania da península, mas demandou da OTAN ações para sair da dificuldade de mobilização inerente a uma colcha de retalhos formada por tropas de vários países que nunca treinaram juntas. Com base no Framework Nations Concept, a Alemanha começou a oferecer a países menores uma colaboração militar que, na prática, significa incorporar essas forças à Bundeswher por meio de um acordo no qual a Alemanha literalmente paga por equipamento e junta os militares desses países às suas próprias tropas. Um detalhe relevante é que as tropas são lideradas sempre por militares de ambos os países e seu uso em ações militares depende da vontade conjunta da Alemanha e do outro país, uma garantia de que ninguém estará na prática simplesmente fornecendo soldados para a Bundeswher. Atualmente, Romênia, Tchéquia e Holanda já têm batalhões em conjunto com a Alemanha e há outras nações dispostas a, por vontade própria, fazer parte da Bundeswher, força que era temida por todos os vizinhos e que, de fato, chegou a ocupar alguns desses países – curiosamente, a língua usada nesses batalhões binacionais alemães é o inglês, embora nenhum deles tenha o inglês como idioma principal. Sob o Framework Nations Concept, a Bundeswher vem-se reestruturando para ser a base de uma força de defesa europeia de facto desde 2013. Com o Brexit e a chegada de Trump à Casa Branca, as Forças Armadas da União Europeia passaram a ser realidade, com prazo definido – e, quando a hora chegar, a Bundeswher estará pronta para ser a espinha dorsal dela.

O ano é 2020. A data foi definida há uma semana, quando a União Europeia formalizou a criação de um fundo específico para a criação das Forças Armadas da União Europeia. A data de 2020 não é à-toa: é exatamente no ano após o a consolidação do Brexit. A razão é óbvia: o Reino Unido nunca aceitou a ideia das Forças Armadas da União Europeia – e tem suas razões, uma vez que seria uma força predominantemente continental e sob comando franco-germânico, o que o escantearia per se, e, principalmente, porque haveria gritantes sobreposições com a OTAN, aonde a chamada relação especial entre Londres e Washington garantia proeminência para os insulares. Com britânicos fora do caminho, a Europa (leia-se a Alemanha) começa a se preparar para ser protagonista independentemente da OTAN e para falar grosso na aliança atlântica, se assim o desejar – é sempre bom lembrar que a outra potência continental (embora em constante decadência militar há dois séculos, a França ainda é um ator relevante) tem relações conflituosas com a OTAN, a ponto de ter ficado voluntariamente fora do comando militar da aliança de defesa coletiva ocidental de 1966 (De Gaulle) a 2009 (Sarkozy). O ano é 2020 e o valor do orçamento é de seis bilhões de euro por ano, dos quais ½ bilhão será exclusivo para financiamento de pesquisas militares e 5½ bilhões serão para compra de equipamento – cada país pagará por seus militares, ao menos no primeiro momento. É muito dinheiro, mas ainda não é suficiente para se montar uma das maiores forças armadas do mundo. Ainda.

O apelo é gigantesco, não só pelo lado político (como apenas países possuem forças armadas, a criação das Forças Armadas da União Europeia são um indicativo poderosíssimo de que a União Europeia é apenas uma etapa rumo aos tão sonhados Estados Unidos da Europa), como também pelo lado econômico: ao invés de cada país ter suas armas e suas estruturas de treinamento, logística, comando e comunicação, todos terão as mesmas armas e dividirão estruturas integradas de treinamento, logística, comando e comunicação, levando a ganhos de escala fenomenais e, principalmente, retroalimentando o processo de concentrar todos os recursos militares europeus nas Forças Armadas da União Europeia, em detrimento das forças nacionais e da OTAN. Principalmente por conta do segundo fator: Donald Trump. O fato de o dono do combover mais famoso do mundo ter prometido em campanha fazer seus parceiros europeus na OTAN pagarem mais pela proteção americana – que, de fato, existe e, de fato também, é majoritariamente custeada pelos impostos americanos – e, dadas as demonstrações do topetudo de que ele cumpre suas promessas, por mais insanas que sejam, leva os europeus à mais elementar das conclusões: se for para pagar mais pela estrutura de defesa americana, que paguemos pelas nossa própria estrutura de defesa europeia. Simples assim. É um péssimo negócio para a indústria armamentista americana (o infame complexo industrial-militar a que Eisenhower sempre se referia), que apoiou Trump e agora percebe que o americano está em vias de fechar-lhe as portas do mercado europeu e transformar em irrelevante o sempre cativo mercado da OTAN. A União Europeia já fez sua escolha: com Trump pressionando por mais gastos de um lado e sem Londres vetando a criação das Forças Armadas da União Europeia de outro, todos se voltam para uma revivida Bundeswher para liderar e a Alemanha para bancar a defesa europeia. Com a expansão da Bundeswher, a extensão da Prússia vai transformando a Europa em sua extensão, graças à vontade dos demais países, sob aplausos entusiasmados e sem disparar um tiro sequer.

Pedro Nascimento Araujo é economista.

nascimentoaraujo@hotmail.com

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Prefeita Grasiella Não Deixou Nomear Paulo Rito Vereador?


A cidade de Iguaba Grande está com os bastidores políticos em chama, após a prisão do vereador governista Jeffinho do Gás (PTC), por suspeita de homicídio, a expectativa era que o suplente Paulo Rito (SD) tomasse posse como vereador em exercício.

Só que as conversas pelos cantos dizem que a prefeita Grasiella Magalhães (PP) não autorizou ao presidente da casa legislativa, Balliester (PP), a diplomar o suplente Paulo Rito, já que o suplente é ligado a oposição.

A estratégia é aguardar  para ver se a Justiça autoriza um habeas corpus para o vereador Jeffinho, e enquanto isso vai adiando a posse de Paulo Rito.

Se a prefeita deu essa ordem ou não nunca saberemos, mas a verdade é que Paulo Rito já deveria ter sido nomeado vereador. Como sempre tudo é muito estranho na política de Iguaba Grande.

Loja Caçula de Cabo Frio Causa Constrangimento ao Cliente


O Sr. Edgard Bento e sua família passaram por uma situação absurda quando foram conhecer e fazer compras na loja Caçula de Cabo Frio, recentemente inaugurada no Shopping Park Lagos.

Segundo o relato do Sr. Edgard ele e sua família foram seguidos de perto por seguranças durante toda sua permanência na loja, segundo o relato o ato era tão incisivo que causava constrangimento, além disso o cliente constatou uma gigantesca desorganização.

Acompanhe a reclamação:

"Ontem fui até o Park Lagos com a família, entramos na Loja Caçula pra dar uma olhada nas coisas, eu senti um constrangimento enorme, pois onde eu ia, os seguranças com cara de fome estavam me olhando, entrava em outro corredor e lá estava um deles.

Claro que entendo que estão fazendo o trabalho deles, que estão cumprindo ordens.
Até achei que fosse eu o problema, mas um outro rapaz que também estava com a família, se sentiu constrangido também.

Estava esperando o vendedor terminar de cortar um tecido, olho para o lado, e advinha? O brucutu olhando pra mim.

Aí não aguentei, falei para o vendedor, vem cá , é normal da loja o segurança ficar em cima dos clientes??? O rapaz todo sem graça disse,; é senhor, às vezes eles exageram.

Aí fomos passar pelo caixa, uma desorganização do tamanho do rombo da Petrobrás, cheguei para o gerente e disse: Olha, a loja está de parabéns, uma organização fantástica. Ela respondeu - Obrigada. Eu disse, só que não.

Enquanto eu puder evitar, nesta loja não entro mais." - Edgard Bento

Respeitável Público - "Desculpe-me Cabo Frio". Por Manoel Atanásio


Em 2009 eu comecei a expor meus pensamentos e minha opinião em relação o que acontecia em nossa cidade num blog que eu havia criado, nos no final de 2010 comecei a fazer parte deste universo político em nossa cidade, fui conhecendo as pessoas que trabalhavam nos bastidores, nas mídias e os políticos que estavam fora e dentro do governo da época. 

No meu coração pulsava a vontade de ver essa cidade melhor, eu era um ideologista e acreditava em todos os políticos, com o tempo percebi que a grande maioria dizia sim só para se livrar de meus questionamentos em relação a alguns pontos. Mesmo sabendo disto eu teimava em continuar acreditando, e sinceramente eu não me arrependo, pois foi isto que me fez enxergar o que de fato acontecia, ou melhor, como tudo acontecia. 

Certa vez ouvindo um programa de rádio de nossa cidade, o locutor esculhambou um certo vereador e eu achei aquilo muito lindo, pois o cara naquele momento foi a "voz do povo", era o que eu achava, só que quis o destino que eu fosse ao centro da cidade naquele dia e encontrasse com o radialista, o vereador excomungado, mais 2 vereadores e 4 pessoas que eu não conhecia.

Quando vi aquela cena eu tratei de me aproximar e tentar ouvir o que rolava, pensava eu, o pau vai cantar! Me enganei, todos riam e o vereador excomungado falava em tom de riso: " Pega mais leve da próxima..." e sorriam. Pensei, como pode ser, não, eu não estava acreditando naquilo. 

Esse pequeno resumo é só para que vocês entendam como começou minha vida no meio político de nossa cidade, foi por ideologia e não por grana. 

O COMEÇO:

Vim para Cabo Frio em 1996 e acompanhei de perto as "transformações" que a cidade sofreu naquela época, morava em São Cristóvão e a Tina morava no bairro das Palmeiras, o trajeto mais curto para que eu pudesse ir namorar com ela era a Av. Victor Rocha (Rua da UPA) que na época não era calçada e o valão cortava de ponta a ponta.

Para ir para as Palmeira era maravilhoso, pois às 18h ainda estava tudo claro e as pessoas transitavam por ali, só que para voltar era sempre um sufoco, aquele lugar feio e sem luz me causava um certo medo, ou melhor, muito medo e várias vezes eu caí de bicicleta por conta dos buracos e da alta velocidade. Enfim, eu acompanhei a transição de Alair para Marquinho e depois a reeleição de Marquinho, onde criei meu blog para mostrar minha indignação com as coisas que aconteciam e sem dó eu escrevia o que devia escrever, não poupava absolutamente nada que eu via ou entendia como errado. 
DE 2012 ATÉ HOJE:

No início de 2012 uma amiga me apresentou ao Alair e depois de uma conversar com ele, onde não envolveu dinheiro ou promessas futuras, eu resolvi ajudá-lo na campanha, eu sonhava com aquela Cabo Frio que eu conheci, obras para todos os lados, shows na praia, sonhava em ver a cidade pulsando aquela alegria. 

Alair ganhou a eleição e eu comemorei e muito, após as eleições foi cada um para o seu lado, eu continuei trabalhando no supermercados Extra e ele ficou para lá, para mim a satisfação de ter contribuído com a sua vitória já bastava. Certo dia eu recebo um recado que Alair queria falar comigo, fiquei surpreso, já que não havia um porquê dele me procurar. Fui a seu encontro e ele falou que queria que eu trabalhasse em seu governo e como não havia compatibilidade de horários entre o trabalho na prefeitura e no Extra eu pedi que me mandassem embora e assim foi feito, 17 anos numa mesma empresa virava lembranças, boas lembranças. 

Começa o ano de 2013 e tudo era novo para mim, eu não sabia direito quem era quem e o que de fato eu deveria fazer, foi um sonho ver tanta gente "legal" trabalhando comigo, era gostoso chegar na prefeitura as 8h da manhã e sair as 17h. Só que muitas coisas começaram a desandar quando minha nomeação saiu, lá estava escrito: superintendente e particularmente eu não sabia o que aquele cargo significava, só que algo estranho começou a acontecer, de repente algumas pessoas não me olhavam mais como um "companheiro" de trabalho, virei inimigo de muitas pessoas, fui humilhado por muita gente e ouvi de muita gente que não era correto a minha nomeação, "afinal quem era eu para receber tal função?" Como eu ainda era cru e um babaca neste meio, eu achava que as humilhações e ofensas eram por conta da função que me fora dada, estava enganado, o papo ali era outro e a razão era o salário, bastante significativo para quem acabara de chegar no "grupo", ou melhor, "não era do grupo!"

Particularmente eu acredito que a vontade de Alair era de fato transformar a cidade, fazer com que Cabo Frio tomasse um rumo melhor, infelizmente eu sei e todos sabem, inclusive o próprio Alair que a vaidade de muitas pessoas do governo fizeram com que seu sonho e desejo naufragasse, picuinhas, fofoquinhas, apadrinhamentos, acordos políticos, preguiça e principalmente incompetência de muitos foram o iceberg que afundou com esse sonho. 

Quem viveu aquele governo sabe muito bem do que estou falando e que não estou mentindo, a falsidade comia solta, era jogo baixo mesmo e essa briga de foices acontecia até mesmo no auge da crise e enquanto muito poucos lutavam para achar uma solução, outros muitos faziam piadas com a situação. 

MEU PEDIDO DE DESCULPAS PARA A POPULAÇÃO DE CABO FRIO:

Nos 2 últimos anos do governo 2015/2016 eu brigava feio nas redes sociais em defesa muitas vezes do que já não era possível defender. E é aí que entra o meu pedido de desculpas, hoje eu vejo que fazia parte de uma engrenagem que paralisa a cidade, e essa peça são aqueles que defendem o indefensável ou atacam para ser a próxima engrenagem, pouco tem importância a população ou as consequências que isto trará. Se sou situação eu me calo, se sou oposição eu me torno aliado até do meu inimigo que queira o mesmo ideal. Já me perguntaram por que não ataco o atual governo e simplesmente digo que não, pois eu sei que a contribuição maior para a nossa cidade é ser justo, independente de quem esteja no poder, quero contribuir para acabar com isto e talvez eu consiga sendo um exemplo e escolhendo ser a favor de nossa cidade.

Desculpe-me Cabo Frio.


Manoel Atanasio da Silva Filho 

Supermercado Princesa Leva Moção de Repúdio em Arraial do Cabo


A Câmara de vereadores de Arraial do Cabo aprovou por unanimidade Moção de Repúdio ao Supermercado Princesa, que domina o monopólio de supermercados da cidade, sendo dona dos únicos três supermercados da cidade.

O motivo da Moção de Repúdio seria a prática de preço abusivo praticado pelo Supermercado Princesa em virtude de não ter concorrente. O vereador Sppencer Cardoso (PMDB) proponente afirmou que o supermercado cobra até 45% mais caro pelo mesmo produto se comparado as cidades vizinhas.

De acordo com a apuração feita pelo vereador, itens como o arroz, por exemplo, no Mercado Princesa de Arraial do Cabo custa R$ 22,90 cinco quilos. Já em Cabo Frio o consumidor paga pela mesma marca e quantidade, o valor de R$15,90, ou seja, no mercado Princesa o cidadão paga 45% a mais pelo mesmo produto.

A pesquisa revelou ainda que, na comparação de preços, a margarina também está mais cara no Princesa de Arraial . A diferença é de 43%, pois no município cabista ela custa R$ 4,99 e em Cabo Frio R$3,49. O óleo de soja também tem o preço mais elevado em Arraial: no Mercado Princesa ele custa R$3,79 e em Cabo Frio R$2,69 com uma diferença a mais para o consumidor cabista de 41%.

Câmara Cultural de Cabo Frio é Motivo de Orgulho


Um ponto que é preciso aplaudir na Câmara Municipal de Cabo Frio foi a revolução cultural promovida com a escolha de Ricardo Varella para direção cultural da casa legislativa.

Desde janeiro de 2017 Ricardo Varella promoveu diversas atividades culturais, são saraus, recitais, exposição dos mais renomados artistas, apresentação de corais, uma infinidade de atividades que transformaram a fria casa legislativa em uma pulsante artéria da nossa cultura.

Apesar das diversas dúvidas que temos sobre a gestão do presidente Aquiles Barreto (SD) é indiscutível que na Cultura o acerto e transformação positiva foram conquistas fantásticas. 

terça-feira, 20 de junho de 2017

Entrevista com vereador e líder do governo, Miguel Alencar


O Blog Cartão Vermelho iniciará a partir de hoje (20/06) uma sequência semanal de entrevistas com pré-candidatos a deputado estadual e federal da Região dos Lagos, e nossa entrevista de estreia é com o vereador e líder do governo, Miguel Alencar (PPS).

Blog: 1 - Como tem sido ser líder do governo no primeiro mandato de vereador?

Miguel Alencar: Para mim tem sido um momento de aprendizado, crescimento e fortalecimento. Embora seja um vereador de primeiro mandato, eu me alegro por não ser visto assim pelos meus colegas. Eu estudei e estudo muito o regimento interno, tenho me preparado cada vez mais para desempenhar da melhor maneira possível a função de vereador. A minha vida não começou na Câmara  em janeiro deste ano. E trago para a vida pública as experiências da minha vida pessoal, acadêmica e empresarial, sou filho de um cineasta e de uma educadora, o meu processo de formação foi um pouco diferente do tradicional e isto tem me possibilitado vencer com mais facilidade alguns desafios vistos como grandes dificuldades pelos outros.

Blog: 2- Qual destaque positivo você vê sobre seu mandato?

Miguel Alencar: Eu não sou do tipo de pessoa que ostenta suas conquistas, ou que supervaloriza resultados. Quem me conhece sabe que sou alguém que faz o que tem que ser feito, da melhor forma possível, no prazo necessário e  pronto. Mas nesses primeiros meses de mandato, quase 200 dias de vida parlamentar eu posso destacar minha atuação junto ao executivo, em especial a secretária de Turismo, Fabíola,  e o prefeito Marquinho Mendes nas ações junto aos proprietários de casas de aluguel de temporada, onde muito em breve estaremos com a situação neste setor definida e com regras claras para todos; estou presidindo e participando de algumas comissões  dentre elas a que discute a mobilidade urbana na busca de formas alternativas e sustentáveis para o deslocamento na cidade, outra que busca a modernização do Regimento Interno da Câmara Municipal e da Lei Orgânica do Município, uma que está discutindo o plano diretor da cidade e a comissão da educação;  Tenho  um grande número de indicações  e projetos em trâmite, e em todos eles a nossa proposta de construir uma cidade melhor, mais humana e com oportunidade para quem busca empreender ou simplesmente viver em Cabo Frio.

Mas tudo isso faço em grupo e em conjunto com os amigos vereadores, principalmente os vereadores da base. Todos fazem parte dessa busca por melhorias do município.

Blog: 3 - Como você avalia o Governo Marquinho Mendes?

Miguel Alencar: Eu procuro ser muito justo em todas as minhas análises.  Hoje a cidade conta com o melhor e mais preparado grupo de gestão.  Mesmo sendo líder do governo serei enfático quando a crítica se fizer necessária. Agradeço muito ao prefeito pela oportunidade de trabalhar junto ao executivo para melhorias da nossa cidade! Tenho um carinho muito grande pelo prefeito Marquinhos Mendes e  embora ele não seja tão velho assim, me lembro dele e meu pai trabalhando pela cidade quando eu  ainda era bem novo.   

Sou testemunha do quanto o prefeito Marquinho Mendes tem  se empenhado em fazer o melhor, e dar grandes resultados para a cidade.  Cabo Frio viveu recentemente momentos muito  complicados, e a atual gestão assumiu uma cidade destruída.  O prefeito Marquinhos Mendes está no caminho certo  fazendo a  reconstrução administrativa  e a estruturação financeira.  Tenho certeza que irá transforma Cabo Frio na cidade do futuro. A meu ver a tarefa mais difícil não está  dentro da prefeitura, o ponto onde o governo terá mais dificuldade será o resgate da confiança na instituição, e terá que  tirar da alma do povo cabo-friense  o trauma dos últimos quatro anos de políticas desencontradas.

Para se ter uma pequena ideia de como encontramos as finanças do município.
Desde o início deste ano o atual governo já investiu R$ 171 milhões em pagamento de salários, sendo, deste valor, R$ 45,8 milhões referentes a dívidas deixadas pela gestão anterior.

Ainda Não está bom, mas estaria bem pior  se não fosse nas mãos do prefeito Marquinhos Mendes, ele tem sem dúvida nenhuma o único grupo com experiência da cidade. Nenhum outro grupo viveu a administração de Cabo Frio e teria condições de tocar a cidade diante de tanta dificuldade.

Essa nova câmara tem papel importantíssimo nos rumos da nossa cidade!  Só tenho a agradecer por poder contar com os vereadores que lá estão! Quero fazer um agradecimento especial ao vereador Luis Geraldo, um homem de conhecimento e benevolência, uma honra conviver com esse grande mestre.

Todos buscam melhorias para nossa cidade. Estamos juntos atualizando as leis municipais e ajudando na reformulação das diretrizes do nosso município.
Hoje tenho orgulho de fazer parte de uma câmara com tamanha representatividade e capacidade.

Temos grandes homens públicos ali. Os nomes do futuro político da cidade encontram-se  hoje na câmara municipal! Hoje faço parte de um grupo que tem a sua representatividade na câmara.

Blog: 4 - Miguel você é hoje pré-candidato a deputado federal?

Miguel Alencar: Uma candidatura vencedora não nasce da vontade individual.  Na política é preciso analisar cenários e esperar cada momento.

Não existe cedo ou tarde na política, existe o momento certo, tenho amigos e companheiros da minha jornada política querendo que eu venha candidato a deputado federal, e essa é uma possibilidade viva dentro de mim, mas só virará realidade se for para o bem da cidade, independente  de qual seja e do tamanho que tenha o desafio, pode incluir o meu nome! Eu tenho me preparado para novos caminhos e não sou de fugir da luta. 

Mas é preciso dizer que em Junho de 2017, onde a cidade passa por um difícil processo de reconstrução, este momento é de união de esforços em benefício da cidade. Tanto os deputados com mandato, os vereadores e qualquer cidadão que tenha pretensão para 2018, para o bem da cidade deve se manter na expectativa e trabalhar para a reversão do atual quadro da cidade. Não é o momento de se falar de 2018 ou já viver uma campanha.


Agora é a hora e a vez da cidade, das necessidades do cidadão, de resgatar a dignidade dos nossos funcionários e aposentados pagando a eles tudo que é devido, meu empenho é totalmente dedicado a isso, o resto o tempo e a população dirá!

Denúncia - Rua das Rosas é Desperdício de Dinheiro Público em Iguaba Grande


Olá equipe do Blog Cartão Vermelho, quero apresentar a vocês a situação da antiga Rua das Rosas no Parque Tamariz que é a maior prova da incompetência e do desperdício do dinheiro público no governo da prefeita Grasiella Magalhães.


Conforme as fotos que mandei pra vocês pode ver que a rua recebeu todo o tratamento de esgoto, galeria de água fluvial com seus bueiros, as galerias de esgoto e água fluvial no centro da rua, meio fio em toda a rua, só que o asfalto só foi feito no comecinho da rua e a grana do resto do calçamento sumiu e a obra parou desse jeito.


O dinheiro público está indo pelo ralo, pois os bueiros e as galerias já estão lotados de terra e lama pois o asfalto não foi feito o meio fio estão trincando e desfarelando, e não existe nem previsão de terminarem o asfalto.

Como aqui é um local pequeno e esse governo é perseguidor por favor não divulgue meu nome.

Do Blog Cartão Vermelho:


Que situação absurda, é realmente inexplicável como se abandona uma obra tão perto de ser concluída. Fica aí o alerta a prefeitura de Iguaba Grande de que todo o trabalho com o sistema urbano de saneamento básico e da galerias de águas pluviais da Rua das Rosas podem estar comprometidos e que o custo para refazer essa obra será infinitamente mais caro que apenas terminar.

População é Tratada Como Lixo na UPA


A situação na UPA de Araruama chegou ao fundo do poço e atravessou o fundo do poço, como todos sabem a UPA de Araruama é caos personificado em formato de hospital, faltam médicos, enfermeiros e equipe de apoio em número suficientes.

Falta medicação, insumos e quem precisa da UPA de Araruama sabe que vai ficar horas esperando com a incerteza de como será seu atendimento.

Mas a imagem que chocou essa semana foi da cama hospitalar ensacada com saco de lixo, é inacreditável o ponto de negligência que o Governo Lívia de Chiquinho (PDT) está tendo com a saúde da cidade.


A população de Araruama pede socorro!

Marquinho Mendes se compromete em usar FPM para manter salários em dia


O prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes (PMDB), se reuniu ontem (19/06) com os sindicatos que representam diversas categorias do funcionalismo municipal e se comprometeu em utilizar o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) no valor de R$ 15.8 Milhões de Reais para manter os pagamentos dos funcionários públicos em dia durante o decorrer do ano de 2017.

O prefeito Marquinho também  se comprometeu em pagar os salários que faltam a ser pagos do mês de maio que teve seu vencimento em 07 de junho, e pagar o salário de junho de todos os servidores até o 5º dia útil de julho, ou seja, todo mundo deve receber junho até o dia 7 de julho.


Na reunião o prefeito referendou a intenção da prefeitura em pagar as dívidas salariais deixadas pela administração anterior  em 8 parcelas mensais. 

Um Bonde Criativo Chamado Desejo. Por José Facury


A maioria das pessoas - e dos autores - imaginam que a vida dos grandes dramaturgos sempre foi para repetir um lugar-comum, um mar de rosas. Quando vi a apresentação da leitura dramática dos alunos do Curso Oficena no Charitas lembrei-me de uma passagem.

Um famoso diretor estava em palco ensaiando, quando viu um desconhecido sentado numa das cadeiras da última fileira da platéia. Estranhou, já que não era permitido que alguém que não fosse da companhia assistisse aos ensaios. 

- Conhece aquele sujeito? - indagou a um de seus assistentes.

- Não conheço. Disse que viu a porta do teatro aberta e entrou. 

- Diga-lhe que não é permitida a presença de estranhos em nossos ensaios. 

- Já disse, mas ele me respondeu que não é nenhum "estranho", mas um bom autor de teatro e que só vai embora depois de conversar com o senhor.

- Autor de teatro... Essa gente é pior que carrapato e só me vem com peça ruim. Já sei o que esse sujeito quer.

De fato, sabia. Irritado, interrompeu o ensaio e foi ter com o autor que, é evidente, já estava com o texto na mão e passou-o ao diretor, não sem antes elogiar seu próprio trabalho. 

- Esta minha peça não é uma peça qualquer, não. É uma autêntica obra-prima! Quanto tempo você vai levar para ler?

"Que pretensioso!", pensou o diretor. "Diz que seu próprio trabalho é uma obra-prima e me impõe prazo para ler. Quem esse sujeitinho pensa que é?"

- Uma semana, uns dez dias - respondeu o diretor ao acaso, ainda mais irritado. 

- Tanto tempo assim? Uma peça de teatro a gente lê no máximo em uma hora... Volto daqui a uma semana. 

De fato, voltou dali a uma semana. Minutos antes de começar o ensaio, o autor subiu ao palco, abriu caminho entre os atores, indo direto ao diretor, perguntando-lhe, de imediato, se havia lido a peça.

- Não tive tempo,

Aí o autor se irritou:

- Dei o prazo de uma semana para você ler o meu texto e vem me dizer que não teve tempo! Não teve nem ao menos uma hora?!... Que absurdo!... Devolva minha peça já!
Embaraço do diretor. Havia deixado o texto em casa, numa gaveta da escrivaninha. Foi o que explicou ao autor, deixando-o ainda mais indignado:

- Que desaforo! É essa a consideração que você tem pelo trabalho dos outros?... Agora eu é que não quero que você leia! Vou buscar a minha peça hoje mesmo na sua casa, à noite. 

Foi. Só que, para sua grata surpresa, o diretor lera o texto e simplesmente ficara maravilhado. "Esse chato tem razão: é mesmo uma obra-prima!" - balbuciou quando terminou de ler e decidiu montar o texto logo depois da estréia da peça que estava ensaiando.

Personagens desse episódio da vida real: o cineasta Elia Kazan e o dramaturgo Tennessee Williams.


Então viram só como vale mesmo a pena insistir junto a atores, diretores, produtores? Quem sabe você não tenha criado uma obra-prima que está pedindo, implorando para se projetar? E quando há um Oficena, então...

- |