Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Seis anos de Blog Cartão Vermelho, parabéns para nós


Entrava no ar no dia 28 de janeiro de 2010 o Blog Cartão Vermelho, há exatamente seis anos saia da tela da TV e entrava para internet o site que se tornou tão polêmico quanto seu homônimo programa de TV, mas que se consolidou como o maior site de política da Região dos Lagos, com leitores fieis e amigos que nos acompanham diariamente ao longo desses seis anos.


Quero agradecer a você que está aí do outro lado da tela, como costumo dizer o Cartão Vermelho é o sucesso que você criou, vida longa e próspera ao Cartão Vermelho.

Vídeo de paciente mostra o caos na Saúde de Arraial do Cabo


A situação da saúde em Arraial do Cabo é caso de polícia, o vídeo acima enviado por leitores que usam a rede municipal da saúde mostra a forma que hoje os pacientes que dependem de hemodiálise estão sendo tratados, uma triste realidade. 

Secretário Jailton e sua singela sinceridade


Além de admirar a capacidade administrativa do secretário Jailton, gosto da sinceridade com que trata sejam amigos ou adversários, veja esse singelo exemplo acima.


Parabéns meu amigo!

Bastidores da Política e da Imprensa em 28/01/2016


Suplente

O suplente de deputado federal, Adrian (PMDB), entrou com ação contra o suplente de deputado federal em exercício, Marquinho Mendes (PMDB), pedindo a vaga de deputado em exercício, as alegações são suas condenações e inelegibilidade.

Suplente 2

Se isso acontecer será um duro golpe no sonho eleitoral de Marquinho Mendes (PMDB) em voltar a prefeitura de Cabo Frio, o que é mais estranho nisso tudo é o silêncio do brilhante advogado Carlos Magno que até o momento não se pronunciou sobre as condenações e a situação jurídica eleitoral de seu cliente.

Dr. Falsiano

A entrevista com o vereador Dr. Falsiano Proctologista "Rei das portarias" caiu como uma bomba na cidade, a revelação que o nobre edil dos contos de fadas empregou seu papai e sua mamãe, além dos irmãos foi chocante para quem acreditava na pureza do edil.

Dr. Falsiano 2

Mas isso não é tudo sobre esse "honesto" vereador dos contos de fadas, dizem que se continuar a saga de revelações será contado ao povo que Dr. Falsiano tem uma empresa de atendimento proctologista no município e que presta serviço a prefeitura, e sua esposa também tem uma empresa que presta serviço a prefeitura, o que é ilegal já que Dr. Falsiano é vereador.

Aquiles Barreto

Informações de bastidores dizem que o vereador Aquiles Barreto (SDD) anda muito otimista com a inelegibilidade de seu titio Marquinho Mendes (PMDB), em suas reuniões com seu pequeno grupo já se fala abertamente que Aquiles é que será candidato a prefeito.

Oposição

Já a oposição a Marquinho Mendes (PMDB) diz que em caso de inelegibilidade do ex-prefeito quem será o candidato é o Carlos Victor (PSB), a oposição faz isso pois sabe que a rejeição de "Vivic" é gigantesca e assim afastará as pessoas desse projeto eleitoral, Que maldade! rs

Arraial do Cabo

A campanha de Tê (PMDB) é um deserto absoluto, quem ainda não foi preso está a um passo de ser, e quem ainda não foi preso e não está perto de ser preso já não está mais com Tê. Hoje em Arraial só se fala quando será o anúncio da desistência oficial da pré-candidatura.

PDT

O PDT cabista também amarga a perda do Dudu de Nardinho e do ex-prefeito Henrique Melman de seu quadro, esfacelado e empurrando a figura cansada de José Bonifácio como candidato a prefeito nada vem dando certo, o "Burro da ilha" como é carinhosamente chamado pelos cabistas não consegue decolar e agregar pessoas a sua pré-campanha.

Caiu no colo


Quem está em estado de graça, com um sorriso que não cabe no rosto é o pré-candidato a prefeito, Renatinho Vianna (PROS), disparado na frente em todas as pesquisas que se realiza no município, todos os segmentos políticos querem fechar com ele, é uma avalanche de apoios e um clamor popular por mudanças, literalmente a prefeitura de Arraial do Cabo está caindo no colo do Renatinho. E que faça disso bom proveito, pois o povo cabista sofre há 8 anos com descaso e abandono!

Tainá 14 anos de amor e alegria


A pessoa que mais amo no mundo, minha filha Tainá, completa 14 aninhos hoje, a alegria de estar ao seu lado é algo indescritível, antes da Tainá em minha vida eu não saberia descrever o que é amar, e hoje sei que o amor é indescritível.

Ter a Tainá na minha vida me mudou como pessoa, hoje sou outro ser graças a sua luz e seu amor, ter a honra de ter me tornado pai da Tainá é algo que eternamente terei que agradecer, muito obrigado a vida por esse presente transformador.


E minha filha desejo a você tudo de bom, que seus anos de vida sejam repletos de flores e que eu possa ser o jardineiro que aparará os espinhos para que sua caminhada seja mais fácil, conte sempre comigo, enquanto vivo estiver farei de tudo por sua felicidade, e quando aqui não mais estiver estarei de lá também trabalhando por sua felicidade, te amo... "pense em uma coisa grande", só nós entenderemos. rs 

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Entrevista com o Vereador Dr. Falsiano Proctologista "Rei das portarias"


O Blog Cartão Vermelho tem a honra de entrevistar o Dr. Falsiano Proctologista da cidade de Enxada Morna, umas da cidades mais atípicas do mundo.

Blog: Dr. Falsiano Proctologista muito tem se dito por aí que antes do rompimento o senhor era o vereador mais bem tratado pelo prefeito de Enxada Morna, gozando de muitas benesses oriundas do dinheiro público.

Dr. Falsiano Proctologista: Isso é um absurdo, querem me nivelar por baixo, gente malvada é que faz isso.

Eu por exemplo indiquei minha mamãe, mas ela é muito trabalhadora, indiquei também meu papai que é muito competente, indiquei meus 3 irmãos, mas todos muito trabalhadores, indiquei quase todos os meus cabos eleitorais mas eles me deram muitos votos.

Mas gente não chegou nem a 150 indicações! E isso contando inclusive com a da minha mamãe, meu papai, meus 3 irmãos e até da empregada da mamãe.

Blog: Mas existe rumores que você pegava dinheiro dos nomes que você indicou para a prefeitura de Enxada Morna.

Dr. Falsiano Proctologista: ABSURDO (dá uma ajeita no óculos que quase cai da cara de nervoso) eu jamais fiz isso.

Entenda eu pegava 500,00 reais por mês de um cabo eleitoral nomeado na prefeitura para dar para outro cabo eleitoral que não tinha vaga para colocar ele, viu como era menos de 150 indicações, ai eu pegava os 500,00 reais, mas não era pra mim, era para meu outro cabo eleitoral, viu como eu sou honesto e gente boa.

Blog: Mas Dr. Falsiano Proctologista isso tudo que você falou é muito grave, isso no meu entendimento é totalmente ilegal, cabível até de perda do mandato de vereador.

Dr. Falsiano Proctologista: Eu tenho cara de bonzinho, e já atendi muita gente com minha profissão de médico (proctologista) ninguém vai achar nada demais ter empregado toda a minha família e pegar dinheiro de assessor nomeado, basta eu falar que está tudo ruim e que confie na minha cara de honesto. (Nesse momento Dr. Falsiano Proctologista deu uma boa gargalhada dos otários).

Blog: Dr. Falsiano Proctologista o senhor foi eleito no partido do Prefeito Avaí Cinto, sua campanha de vereador foi feita pelo prefeito, o senhor tava cheio de cargos, pegava grana e dava para outros cabos eleitorais, até sua mamãe e papai mamavam no governo. Como vai dizer que não tem vínculo com ele?  

Dr. Falsiano Proctologista:  Já te disse, o povo é bobo, eu sou médico, tenho cara de bonzinho, ninguém vai lembrar disso até outubro, vou tentar é me dar melhor ainda com a prefeitura toda na minha mão, e chega de papo, esse blog está me perseguindo, logo eu o dono da moralidade.

A crônica " Entrevista com o Vereador Dr. Falsiano Proctologista" é uma obra de ficção,  baseada na livre criação artística e sem compromisso com a realidade, qualquer semelhança com nomes, locais, datas e acontecimentos reais terá sido mera coincidência. Isso aqui foi no máximo um plágio das entrevistas do Professor Chicão! 

ESTREIA: Notícias da Aldeia - Por Jonata Oliveira


Notícias da Aldeia

Passei a noite em claro por receber o convite do meu amigo Alex Garcia (Blog Cartão vermelho), para fazer parte da sua equipe de colaboradores. E como um  bom pescador e torcedor do Flamengo, não sou de fugir de desafios, logo iniciei a rabiscar um pouco da panorâmica da minha região, porém me encontro num dilema, que é expor minhas ideias mesmo que a minha mãe não goste, enfim encontrarão erros ortográficos, vão achar que o texto não é meu, que o texto é brega, mas continuarei escrevendo mesmo em época de vacas magras e operações como: Operação Zelotes, Andaime, Lava Jato, Que País é esse, A Origem, Corrosão, Passe Livre, Vidas Secas, Sangue Negro... e neste “carnaval” de operações o país vem enfrentando umas das maiores crises da história, causando um impacto negativo nos estados e municípios como: Araruama, Macaé, Rio das Ostras, Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e outros.

A mídia tem anunciado 24 horas por dia que poucos são os municípios (gestores públicos) que conseguirão cumprir com seu planejamento anual em vista de todo um conjunto econômico, porém o município de São Pedro da Aldeia vem criando demandas de emprego e serviços em vários seguimentos, ou seja  a crise está passando a passos largos da nossa aldeia.

Enfim São Pedro da Aldeia com o pouco recurso tem investido no Pronto Socorro que atendia 300 pessoas por dia, mas hoje nossa demanda é de 800 pessoas por dia, um número considerável.

Na educação os professores  estão fazendo seus cursos de capacitação, seus salários do ano de 2015 foram pagos devidamente, e escolas estão sendo construídas e brevemente  teremos a escola modelo,  uma das maiores da rede municipal,  que terá  capacidade para mais de 800 alunos com toda comodidade necessária para nossas crianças.

Uma boa gestão se faz com comprometimento com a sociedade, e isso o prefeito Claudio Vasquez  Chumbinho tem de sobra.

A Verdade eu falo, a mentira deixo por conta da oposição!


Jonata Oliviera

E aí Janío? Na educação do estado, nota vermelha em investimento


A crise financeira comprometeu, em 2015, melhorias em escolas estaduais do Rio. No ano passado, a Secretaria de Educação executou apenas 27% do que estava previsto em investimentos destinados à rede: R$ 33,6 milhões de uma dotação inicial de R$ 122 milhões. Os valores são os menores registrados pela pasta desde 2007, quando Sérgio Cabral, antecessor de Luiz Fernando Pezão, assumiu o cargo de governador.

Na prática, a baixa execução orçamentária prejudica a construção, reforma e aparelhagem das escolas. Os investimentos despencaram no ano passado em relação ao anterior, apesar de o governo garantir que todo o gasto com educação (incluindo pagamento de pessoal e manutenção) foi de R$ 9 bilhões, o que corresponde aos 25% da arrecadação cuja aplicação é obrigatória por lei. Em 2014, o estado previu investir R$ 246,4 milhões no setor, mas acabou liberando apenas R$ 183,9 milhões. Mesmo abaixo do planejado, o valor ainda foi cinco vezes maior que no ano passado.

Fonte: O Globo, confira clicando AQUI
 
Do Blog Cartão Vermelho:

Porque o PDT de Cabo Frio, Deputado Janío Mendes, e seus acéfalos professor fantasma e outros portariados da ALERJ não externam sua insatisfação com uma redução de investimentos na educação de 122 milhões de reais para apenas 33 milhões.

Porque o Janío Mendes não sobe na tribuna para reclamar desse absurdo? Porque seus professores que também são do estado não reclamam?


A verdade que para esse tipo de gente a preocupação não é o povo e nem a educação, a verdade é que o único objetivo é o poder e a facilidade de cargos e contratos.

Bōnenkai - Por Pedro Nascimento Araujo


Bōnenkai

Bōnenkai é uma celebração japonesa realizada ao ocaso de cada ano. A palavra, cuja tradução significa literalmente festa para desvencilhar-se do ano velho (Bōnen = despedida do ano velho e Kai = celebração), é tradicionalmente entoada no Japão em meio a reuniões de toda a sorte com o objetivo de desapegar do ano que se encerra e iniciar o ano vindouro sem qualquer laivo do passado. No Brasil, nem mesmo em locais de forte presença nipônica o Bōnenkai é celebrado. É uma pena, pois poucos países no mundo precisam mais de um belo Bōnenkai do que o nosso. Que 2015 é um ano para se esquecer, não há dúvidas. Consenso maior ainda é que não devemos coisa alguma de 2015 para 2016. Bōnenkai.

Na prática, podemos nos esquecer desse Bōnenkai 2015. Os desastres do ano que ora se encerra já projetam suas sombras sobre 2016, 2017 e 2018. A sombra de 2015 é a sombra de Dilma Rousseff. O Tripé Macroeconômico foi apedrejado, decepado e enterrado sem cerimônias em 2015. O Brasil voltou a conhecer déficits primários. A recessão é recorde; aliás, já que perdurará por ao menos mais um ano, chamemo-la pelo nome correto: depressão. A inflação bateu os dois dígitos e o desemprego segue pela mesma trilha. O país perdeu o Investment Grade de vez em 2015. Etc. Etc. Etc. O caminhão de más notícias é tão vasto que não pode passar em qualquer estrada. Em uma monarquia ou uma república parlamentarista, Dilma Rousseff já estaria em casa para nunca mais voltar a ocupar qualquer cargo público. Em uma república presidencialista, isso somente ocorrerá daqui a três anos ou por meio de decisão da justiça eleitoral ou do Congresso Nacional – por mais legítimos que sejam essas decisões, fica sempre um travo de rompimento do curso esperado de quatro anos de duração do mandato. O presidencialismo atual, uma invenção americana baseada no entendimento errado de Montesquieu sobre o equilíbrio entre os três Poderes (o francês, em visita à Inglaterra, não percebeu que o Poder Executivo é subordinado ao Poder Legislativo), tem como característica a estabilidade maior do que o parlamentarismo: mandatos de prazo definido têm como vantagem a garantia de que, salvo em casos excepcionais (dentre os quais o impeachmente o recall eleitoral – este sem previsão constitucional no Brasil), sabe-se de antemão quanto tempo cada pessoa tem para exercer sua liderança. Evidentemente, quando a liderança não lidera, como é o caso de Dilma Rousseff em seu segundo mandato, o presidencialismo mostra sua cara feia: a perspectiva de mais três anos à mercê da pior presidente que o Brasil já teve, segundo avaliação dos próprios brasileiros medida por pesquisas de opinião.

Sendo presidencialismo nossa situação, devemos nos conformar que o normal é o Brasil ter de conviver por mais três anos com a senhora Rousseff à frente da Presidência da República. Isso implicará uma paciência bíblica para os brasileiros. Mais desalentador é perceber que ela não apreende a gravidade da situação. Alheia como Nero em pleno incêndio de Roma, ela não toma as medidas necessárias simplesmente por não acreditar que são necessárias. Tentou subverter as leis da economia em seu primeiro mandato e colhe como resultado a depressão econômica atual. Quando se imaginava que ela havia cedido à racionalidade por força dos fatos, eis que ela saca Joaquim Levy do Ministério da Fazenda para colocar no cargo um dos artífices do maior desastre econômico dos últimos tempos, a Nova Matriz Macroeconômica que ela e Guido Mantega geraram. Dilma Rousseff é caso perdido. Simples assim. Há dirigentes que não são competentes e têm consciência disso: escolhem os melhores técnicos para compor suas equipes e não atrapalham no desenvolvimento do processo. Dilma Rousseff, não. Dilma Rousseff é tão incompetente que não tem competência sequer para reconhecer que é incompetente; assim, além de não ajudar, ela ainda atrapalha. Saber de suas limitações é uma grandeza que nunca fez parte do vocabulário dela. Na verdade, a mera permanência de Dilma Rousseff no Palácio do Planalto torna tudo mais difícil. Muito latim já foi gasto na esperança de ela se conscientizar de que não há mais salvação para a biografia dela no presente e, portanto, ela deveria aproveitar-se da impopularidade para aprovar medidas necessárias, porém impopulares, que garantirão a ela um lugar de honra na história. Sempre se cita o caso de Campos Salles como exemplo de presidente que saiu do Palácio do Itamaraty (o Palácio do Planalto da época) literalmente debaixo de chuva de tomates, ovos e excrementos (os cariocas, tipicamente, o apelidaram Campos Selos, por causa dos selos de impostos que instituiu – visíveis até hoje em produtos como bebidas alcoólicas e tabaco) para entrar na história como o presidente que estabilizou a economia nacional após o desastre do Encilhamento de Ruy Barbosa. Mas não, Dilma Rousseff não será como Campos Salles. Lasciate ogni esperanza: não se deve esperar dela mais do que continuar afundando o país por mais três anos. Portanto, Bōnenkai 2015. Mas o que nove entre cada dez brasileiros prefeririam mesmo é: Bōnenkai Dilma Rousseff.


Pedro Nascimento Araujo é economista.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Novo carro oficial do Prefeito Andinho também é de fora da cidade

Novo carro oficial do Prefeito Andinho

O prefeito de Arraial do Cabo, Andinho (PMDB), teve seu carro oficial, Chevrolet Cruze placa LUT 4036, apreendido na operação da Polícia Federal "Demolição II" o carro do prefeito Andinho era segundo a Polícia Federal patrimônio oriundo do tráfico e de lavagem de dinheiro público da cidade de Arraial do Cabo

Relembre o escândalo clicando AQUI

Agora o prefeito Andinho está usando uma Strada Adventure ano 2015 placa LMC 8549 de Macaé, o carro está em nome de uma empresa que o nome começa com J.



O que é sempre de se estranhar é porque o prefeito Andinho não aluga um carro na própria cidade de Arraial do Cabo, porque seus carros oficias sempre são de fora da cidade?

Salários de 5 a 7 mil reais dos professores estão sendo pagos


A Prefeitura de Cabo Frio já liquidou todos os salários do professores efetivos que ganham até R$5 mil reais por mês de salário, o dinheiro já está disponível em conta a partir desta sexta-feira (22/01).

E a arrecadação fazendária desta sexta feira (22/01) será destinado ao pagamento dos professores que recebem até R$ 7 mil reais de salários e devem estar disponível em conta a partir de sábado (23/01)

Já as arrecadações fazendárias de segunda e terça-feira (25 e 26/01) serão para os pagamentos das professoras que ganham acima de R$ 7 mil reais.

E se você leitor se assustou com os valores babilônicos dos salários dos professores ou acha que foi falha de digitação, não erramos, temos professores em Cabo Frio com salários astronômicos causados pelo PCCR, esses são os salários das pobres vítimas que precisam fazer pedágio no sinal para comerem.

Operação “Força Tarefa” continua a todo vapor nos bairros de Cabo Frio


A ação da Secretaria de Obras tem o objetivo de tapar buracos nos bairros da cidade

A Prefeitura Municipal de Cabo Frio, nesta quinta-feira (21/01), deu sequência a operação emergencial Força Tarefa, realizada pela Secretaria Municipal de Obras, com o objetivo principal de tapar buracos das ruas de diversos bairros da cidade.
Durante a ação de hoje, mais de 20 afundamentos de manilhas foram realizados nos bairros Guarani, Jardim Caiçara e Centro, além de colocação de ralos e tampas das caixas de passagem.  

A ação, que teve início ontem (20/01), foi realizada nos bairros Itajurú, Algodoal, Jardim Esperança e São Cristóvão. O trabalho se estenderá para todos os bairros da cidade, inclusive no distrito de Tamoios, minimizando assim, os riscos de acidentes.
A Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP), em ação com a Guarda Civil Municipal, estão dando todo apoio no ordenamento do trânsito, para execução da ação “Força Tarefa”.


O secretário de Obras, Paulo Henrique Corrêa, pede compreensão pelo transtorno no trânsito, pois algumas ruas foram fechadas para realização do trabalho.

- Peço um pouco de paciência da nossa população, para que assim, possamos trabalhar com tranquilidade nas ruas de nossa cidade, finaliza o Secretário.


Matéria: Marianne Rodrigues

Combate a Vetores divulga escala de tratamento larvário desta quinta-feira


O setor de Combate a Vetores da Vigilância Sanitária, órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde de Cabo Frio, reforçou as atividades de combate a várias infecções causadas por vírus, bactérias e outros parasitas, com uma escala semanal. A ação tem o objetivo de diminuir consideravelmente os índices de infestação em vários bairros da cidade.

As equipes do setor de Combate a Vetores são treinadas para atuar diariamente em diversos pontos da cidade. O tratamento larvário é feito em áreas alagadas, charcos, ralos, galerias, salinas desativadas, valões e qualquer outro criadouro de larvas.

Confira a escala desta quinta-feira (21/01) em diversos bairros de atuação na cidade:

Equipe vistoriando e fazendo tratamento com aplicação de larvicida nos bairros Novo Portinho, Portinho, Jardim Excelsior, Palmeiras, Caminho de Búzios, Monte Alegre, Parque Burle.

O setor de combate a vetores está localizado na Rua José Maria Gil, s/n°, bairro Braga. O telefone para contato é (22) 2644-5271.


Matéria: Marianne Rodrigues

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

BOMBA - Justiça determinou que o SEPE deixe a Prefeitura de Cabo Frio


O ato criminoso e de vandalismo do SEPE de invadir ao arrepio da lei a sede da Prefeitura de Cabo Frio foi repudiado pela Justiça que determinou a imediata desocupação do prédio.

Com isso termina mais um capítulo ridículo e vergonhoso do sindicato que é coordenado em sua maioria por pessoas que agem com interesse eleitoral.

Os atos do SEPE são tão ilegais e fogem do princípio da razoabilidade que a Justiça determinou que caso o SEPE não desocupe o prédio seja usado a força policial para desocupar.

O SEPE também está proibido judicialmente de promover novos atos criminosos de vandalismo como invasão de prédio público, tendo multa diária de 50 mil reais caso desobedeça.

Espera-se que com essa decisão que o SEPE pare de promover politicagem e respeite a Justiça e as leis, a cidade de Cabo Frio não merece ser vítima de pessoas preocupadas em fazer política pessoal e imoral.

Veja alguns destaques da sentença:

"Educação difere e muito de ignorância, que, no campo jurídico, não socorre a quem dela busca se valer para defesa de seu suposto direito. Desta forma, é de todos sabido, principalmente do SEPE (que conta com corpo jurídico próprio para a sua representação perante o Poder Judiciário), que para cada direito existe uma ação que o assegura e ocupação de imóvel público não é em hipótese alguma forma legítima de cobrança de salários"

"As crianças, adolescentes, jovens e até os idosos que frequentam escolas anseiam para que seus mestres lhes dêem verdadeira lição de cidadania porque entendem que na democracia devemos respeitar o bem comum. Isto posto, defiro a liminar para determinar a IMEDIATA reintegração de posse do Município no prédio da Prefeitura"

"Defiro o auxílio de força policial, caso necessário para o cumprimento da presente medida. Determino ainda que a parte ré se abstenha de promover novos atos de invasão e/ou ocupação de imóveis públicos no Município de Cabo Frio/RJ, sob pena de multa diária no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais). Cumpra-se com urgência, servindo a presente como mandado. Cite-se e intimem-se"

Acompanha a sentença:


Trata-se de Ação de Reintegração de Posse c/c Obrigação de Não Fazer proposta pelo Município de Cabo Frio em face do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Estado do Rio de Janeiro - SEPE/RJ. Narra a parte autora que o demandado ocupou a sede do Poder Executivo Municipal, impedindo o exercício regular das atividades da Administração Pública, bem como o labor dos servidores públicos municipais. Assevera que o Secretário Miunicipal de Administração buscou uma solução amigável junto aos representantes da parte ré, não conseguindo obter êxito. Destarte, em razão do grave dano que vem sendo imposto ao Município, requer a concessão da liminar para que o demandante seja reintegrado na posse. Subsidiariamente, solicita que seja determinada a imediata desocupação do imóvel. Sem prejuízo, requer igualmente que seja determinado ao réu que se abstenha de praticar novos atos de invasão e/ou ocupação, sob pena de multa a ser fixada por este Juízo. Os documentos de fls.11/19 instruíram a inicial. É o relatório. Passo a decidir. Inicialmente, reconheço a legitimidade passiva da parte ré para figurar na presente lide, conforme assente na jurisprudência. Quanto ao pedido liminar, assiste razão ao demandante. A liminar possessória, nos termos do art.927 do Código de Processo Civil, deverá ser deferida mediante a prova da posse anterior a ano e dia do requerente e do esbulho praticado pelo demandado. Preenchidos os requisitos legais, deve o Magistrado deferir o pleito. No caso em tela, o Município é o legítimo possuidor da sede do Poder Executivo, sem que paire qualquer laivo duvidoso a respeito. Igualmente, o esbulho praticado pela parte ré também não carece de maior dilação probatória, haja vista que foi amplamente divulgado, pelo próprio demandado, na rede mundial de computadores, conforme demonstram os documentos de fls.11/16. A lide trazida aos autos não enseja acalourados debates doutrinários, mas sim uma reflexão sobre o exercício da cidadania e do real conceito do cuidado com a coisa pública. Esta Magistrada já realçou em outro feito envolvendo as mesmas partes a importância da Educação. Educação difere e muito de ignorância, que, no campo jurídico, não socorre a quem dela busca se valer para defesa de seu suposto direito. Desta forma, é de todos sabido, principalmente do SEPE (que conta com corpo jurídico próprio para a sua representação perante o Poder Judiciário), que para cada direito existe uma ação que o assegura e ocupação de imóvel público não é em hipótese alguma forma legítima de cobrança de salários. Pagamento de salário é direito garantido na Carta Magna, mas seu não pagamento não autoriza atos possessórios ilegais em espaço a todos destinado, já que é público. Atos tidos como desarrazoados não devem ser combatidos com atos ilegais, pois estes tanto quanto aqueles são prontamente submetidos à apreciação do Judiciário, devendo este dar solução à controvérsia. Assim, em um país onde se carece de bons exemplos, há que se esperar do SEPE, com os professores que dele façam parte, que se submetam à vontade da Lei, buscando as vias próprias para tutela de direitos lesionados, dando exemplo de desocupação ordeira, já que não mais se faz voluntária, sem quaisquer danos ao bem de todos, sem lesão ao Erário e a todos os contribuintes, fazendo os professores o que mais sabem fazer: educar!!! As crianças, adolescentes, jovens e até os idosos que frequentam escolas anseiam para que seus mestres lhes dêem verdadeira lição de cidadania porque entendem que na democracia devemos respeitar o bem comum. Isto posto, defiro a liminar para determinar a IMEDIATA reintegração de posse do Município no prédio da Prefeitura, situado na praça Tiradentes, s/nº, Centro, neste Município. Defiro o auxílio de força policial, caso necessário para o cumprimento da presente medida. Determino ainda que a parte ré se abstenha de promover novos atos de invasão e/ou ocupação de imóveis públicos no Município de Cabo Frio/RJ, sob pena de multa diária no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais). Cumpra-se com urgência, servindo a presente como mandado. Cite-se e intimem-se.

SEPE volta a cometer crime em Cabo Frio


A direção do SEPE Lagos que é formada por pessoas com interesses pessoais e políticos volta a cometer novo crime na cidade de Cabo Frio, que é o "crime contra a prestação de serviço público" lei número 2.848, Art. 359-A.

Confira a lei:

O CONGRESSO NACIONAL decreta

Art. 1o O Título XI do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal, passa a vigorar acrescido do seguinte Capítulo III-A:

"Capítulo III-A DOS CRIMES CONTRA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS

Ocupação de prédio público

Art. 359-A. Ocupar, irregularmente, ainda que parcialmente, prédio ou instalações públicos, ou neles permanecer sem autorização perturbando ou impedindo as atividades neles desenvolvidas:

Pena - reclusão, de um a dois anos

Do Blog Cartão Vermelho:


Espera-se que o jurídico da prefeitura de Cabo Frio não aceite passivamente mais esse ato de vandalismo e crime previsto em lei, quem comete crime é bandido e precisa ser tratado ao rigor da lei, esse tipo de gente não pode imaginar que estão acima da constituição e do judiciário.

Prefeito Alair Corrêa emitiu comunicado sobre pagamento dos funcionários


Comunicamos aos servidores efetivos e contratados da saúde e de todas as outras secretarias, exceto os servidores que recebem por portarias, que a prefeitura está depositando os salários em suas contas na tarde de hoje (20/01).

Comunicamos ainda que, em relação à educação onde os salários são mais elevados e, que parcialmente dependem de verbas do FUNDEB que estaremos pagando hoje também a todos os professores que recebem salários até R$ 3.450,00 ( Três mil e quatrocentos e cinquenta reais ), informando aos que recebem acima de R$ 3.500,00 ( três mil e quinhentos reais ) que mesmo sem recursos do Fundeb continuaremos pagando aos mesmos de acordo com o que formos arrecadando em nossas outras contas, porque ainda não recebemos os Royalties do mês e, o que receberemos do Fundeb não dará para pagar a folha dos que faltaram.


EM TEMPO: Hoje os integrantes do SEPE, num noticiário de TV, continuaram fingindo não saber que o dinheiro do Fundeb é insuficiente para pagar a folha do ensino fundamental, fizeram a festa apresentando políticos, blogueiros, candidatos a vereador, parente de deputado é tudo mais (verdadeira campanha política partidária extemporânea).

Enviamos a TV a contabilidade completa de entrada e saída do dinheiro do Fundeb para acabar com essa Farsa, fingimento e apelação até dramática dessa gente do SEPE, gostaríamos que assistissem, é claro, se a TV permitir colocar em seu noticiário.

Alair Corrêa

Denúncia - Vídeo da Praça do Sítio completamente tomada de lixo


Moradores do bairro Sítio em Arraial do Cabo mandam vídeo reclamando do estado que a praça do bairro se encontra, pelas imagens do vídeo confere-se que a quantidade de lixo na praça é assustadora.


Fica o alerta as autoridades cabistas que olhem com carinho pela situação dos moradores do bairro Sítio.

Crônica "Quem vai dar a luz?" da nossa Menina de Ouro, Vania Carvalho


Quem vai dar a luz?

Qual a diferença do poste, da mulher grávida e do bambu? O poste da luz encima, a mulher da luz embaixo, e o bambu? bom! esse você enfia ... dos políticos , pois enquanto a população de Tamoios pede providências imediatas pra Rodovia Amaral Peixoto, já considerada a Rodovia da Morte, os politiqueiros de plantão, estão se engalfinhando pra saber quem pode ou não pode resolver o problema dos postes de luz.
E os carros vão ceifando vidas, enquanto nos gabinetes a discussão rola, de preferência com a luz acesa, mesmo porque, não são eles que pagam a conta.

Seria muito mais fácil se as pessoas olhassem o problema com a intenção de resolve-lo e não ficar nessa disputa absurda, pra saber quem vai ser o pai da criança, já que ano que vem nas eleições com certeza, vão utilizar tal façanha para benefício próprio.

E o povo fica aguardando em frente ao caixão dos filhos, dos pais e amigos , enquanto o estado cria dificuldades, quando o município resolve intervir pra ajudar.

Se a estrada é problema do DER, que por sua vez é estadual, porque não resolvem logo o problema, ao invés de tomar posições  egoístas,  só pensando  na campanha de 2016?
E adivinha quem está por trás desse  impasse, observando tudo, sem tomar  nenhuma atitude mais radical a favor da população, para não desagradar seu chefinho, o Governador?

Ora, ora, quem? quem? ele! nosso deputado estadual JM, que figura na Alerj como cão adestrado, cumprindo direitinho o que seu mestre mandar. Enquanto isso, os tamoienses vão sofrendo com o descaso, vão aguardando quem será a próxima vítima dos famigerados políticos, que não estão nem aí, se as pessoas estão morrendo, sendo assaltadas, estupradas e tendo dificuldades pra caminhar em ruas escuras.

Numa rodovia cujo trânsito  é intenso,  e a  luz do dia não afasta os perigos de atropelamentos e acidentes graves, imagina na escuridão da noite, quando todos os carros são pardos? é muita sacanagem brincar com vidas alheias e ficar empurrando com  a barriga um problema tão sério. Não é de hoje, que ouvimos falar de mortes nessa estrada e o sr. deputado nunca tomou providências. Agora que é  a hora da luz que falta no poste clarear a cabeça da população, e não deixar que político desse tipo,  se aproveite pra tirar casquinha, ao se considerar o pai da criança, porque se a mulher da luz embaixo e  os postes da rodovia de  Tamoios estão abortados , só o que resta é o bambu. Façam com ele o que vocês acharem melhor!

Do Blog Cartão Vermelho:

Essa crônica da Menina de Ouro, Vânia Carvalho, foi enviada em 26 de maio de 2015, mas havia ficado sem publicação e inédita, mas é tão atual que parece que foi escrita ontem.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Toda a genialidade do Mestre Zel Humor "Coisas de Ortopedista"


ABSURDO -Janio Mendes recebe 38 mil reais para auxílio moradia


Nenhum momento de informações ruins é tão ruim que não possa ser piorado, o representante na ALERJ da cidade de Cabo Frio, Deputado Estadual Janio Mendes (PDT), recebe mais de 38 mil reais de auxílio moradia por ano, por mês Janío Mendes recebe R$ 3.189,85, é isso mesmo que você leu, Janío Mendes leva mais de 3 mil reais de ajuda moradia todo mês.

A prática é obviamente lícita, mas fica a questão da moralidade que pode ser questionada, veja:

1 - Morando há apenas 160 quilômetros da ALERJ é uma atitude moral receber mais de 38 mil reais por ano para auxílio moradia?

2 - Ir duas vezes por semana ao Rio sai tão caro assim?

3 - Janio Mendes está morando no Rio?

4 - É preciso comprovar esse gasto em moradia?

Enquanto a grana do povo vai sumindo com esse tipo de "despesa" e "luxo" de deputados, o Estado do Rio de Janeiro, servidores e serviços públicos agonizam no caos absoluto.


Isso é uma vergonha!

A verdade escancarada da crise que assola o Estado do Rio de Janeiro


A capa do jornal O Dia publicada ontem (19/01) é um retrato fiel da crise avassaladora que atinge todo o Estado do Rio de Janeiro, caos em todos os setores, salários atrasados e 13º parcelado.


Só que o PDT de Cabo Frio e os sindicatos a serviço dessa sigla partidária fingem que a crise é só na cidade, é uma prática suja e repudiável, mas bem caracterizada de quem está ansioso há exatos 20 anos para voltar ao poder.

Reclamação - RJ 106 abandonada entre Cabo Frio e Macaé


Venho solicitar a sua ajuda quanto ao péssimo estado da RJ 106 que liga os municípios de Cabo Frio a Macaé.

Na chegada da ponte que corta os distritos de Unamar e Barra de São João estão repletos de crateras, isso mesmo, os carros estão desviando dos buracos e indo em direção as pessoas que estão no ponto de ônibus, com isso, ficou PERIGOSÍSSIMO o trânsito no local tanto para os motoristas quanto a população.

Favor solicitar as autoridades que tapem os buracos pois vai acontecer uma tragédia.

Não podemos ficar à refém do jogo de empurra-empurra, dizendo que a responsabilidade é do Estado ou Município.

Precisamos de SOLUÇÕES EMERGÊNCIAS.

Atenciosamente,
Lúcio Mauro da Silva

Do Blog Cartão Vermelho:


Querido Lúcio obrigado por nos enviar a sua reclamação, há meses estamos denunciando a covardia que o DER e o Governo do Estado vem cometendo com o Distrito de Tamoios e com a estrada entre São Pedro da Aldeia e Barra de São João, ficamos na torcida que as autoridades estaduais se sensibilizem com essa situação, a RJ 106 pede socorro!

As paredes de Queluz. Por Pedro Nascimento Araujo


As paredes de Queluz

A memória afetiva de qualquer povo tem suas peculiaridades. Especificamente, a memória coletiva brasileira registrou D. João VI positivamente. Em pleno 1957, portanto a três anos da inauguração de Brasília, a um ano do lançamento de Chega de Saudade, marco zero da Bossa Nova, e a um ano da vitória sobre a Suécia na Copa do Mundo de 1958, todos marcos de um Brasil que se modernizava, deixava para trás o complexo de vira-latas e encantava o mundo com uma capital futurista, um futebol mesmerizante capitaneado por Garrincha e Pelé e uma música que tornaria o maestro soberano Antônio Carlos “Tom” Jobim um dos maiores artistas do mundo, o samba-enredo da Portela tratou de passado: Legados de D João VI foi o primeiro de um tetracampeonato da Águia de Madureira. A letra do grande sambista Candeia (com Picolino e Waldir) cita fatos históricos bem conhecidos, como a abertura dos portos, a fundação da imprensa e a invasão da Guiana Francesa, para introduzir o refrão: “Viva o grande monarca / Regente do destino do Brasil”. Todavia, não há na letra qualquer menção àquela que foi a Rainha do Brasil até sua morte no Rio de Janeiro já como Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves em 1816. A razão? D Maria I, a Rainha de jure, não era a Rainha de facto há muito: após a morte de seu marido, ela enlouqueceu e já não mais poderia governar, muito menos em plenas Guerras Napoleônicas. Já há muito isolada no convento do Palácio de Queluz quando da transmigração da Corte, a soberana carola foi peça decorativa até sua morte. A história sequer registra a maior parte do governo dela como sendo dela – oficialmente, desde 1792 D João assumiu o papel que já desempenhava oficiosamente há muito. Para os brasileiros, ficou para ela apenas a lembrança de “D Maria, a Louca” e de D João como o “Regente do destino do Brasil.” Exatos dois séculos após a criação do Reino Unido, a mais genial e menos celebrada obra de D João VI (malgrado sua curta duração: criado em 1815 por sugestão do Príncipe Talleyrand, representante francês no Congresso de Viena, o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves sofreria abalos terminais com o Grito do Ipiranga em 1822, com a Guerra de Independência que se seguiu a ele tornando impossível nos termos tornado uma versão lusófona da Commonwealth of Nations), vivemos uma situação semelhante: Dilma Rousseff, quem deveria governar o Brasil, não governa de fato. E, pior, falta-nos o “Regente do destino do Brasil”, aquele que comandou Portugal enquanto D Maria I gritava suas ordens insanas para as paredes do Palácio de Queluz.

Traçar paralelos entre Maria Francisca Isabel Josefa Antónia Gertrudes Rita Joana (D Maria I) e Dilma Vana Rousseff é um exercício complicado pela mais óbvia das razões: Rousseff não é louca. Todavia, entre ambas há a inegável situação de terem perdido o controle de seus respectivos governos, com clara vantagem para “A Louca”: D Maria I perdeu o poder e ponto final. Rousseff, não: ainda acha que tem poder, quando não mais o tem. Na prática, ela não é mais chefe de estado há muito. Como não foi interditada, tem espasmos de achar que comanda o Brasil e faz coisas como sabotar e fritar até demitir Joaquim Levy. Não é loucura; aliás, antes fosse, porque seria perdoável. É apenas um erro monumental, que pode parecer insanidade, mas decididamente não é. Dilma Rousseff é a pior presidente do Brasil segundo os próprios brasileiros: nunca um governante deparou-se com rejeição no nível da dela, nem mesmo Collor de Mello. Isso, per se, é um feito memorável. Mas piora. Os dados da economia são péssimos e ainda não atingiram o fundo do poço. Inflação em dois dígitos, desemprego chegando rapidamente lá, investimentos em queda livre, zero de confiança por parte do mercado etc. etc. etc. – e mais etc.: não há boas notícias nesse front e não haverá tão cedo. A origem desses problemas é 100% responsabilidade dela. A tal Nova Matriz Macroeconômica já entrou para os anais da histórica econômica nacional como um desastre comparável ao Encilhamento de Ruy Barbosa ou o confisco de Collor de Mello. Gestada com DNA fornecido pela própria Dilma Rousseff e tendo como ventre de aluguel o anódino Guido Mantega, a Nova Matriz Econômica foi embalada por Arno Augustin e Nelson Barbosa. O resultado? Depressão, um termo econômico que basicamente indica recessão para lá de grave e prolongada. Por isso, Rousseff foi obrigada a chamar Joaquim Levy para ser como uma tutora prussiana para seu filho mimado. Ótima ideia – exceto pelo fato de que admoestava a educadora sempre que esta se mostrava rígida com o miúdo. Na prática, sabotou o trabalho de Levy sistematicamente. A governanta tedesca se cansou de ser tratada como incompetente por quem sabotava seu trabalho e, germanicamente, pediu as contas sem alarde. Para educar o menino, Rousseff contratou alguém de acordo com sua ideia torta de que fazer todas as vontades do menino não o tornaria mimado: Nelson Barbosa. Não há como dar certo – e até as paredes do Palácio da Alvorada sabem disso.

D Maria I viveu mais de duas décadas alijada da condição de governante. Suas ordens só eram ecos nas paredes rococós do Palácio de Queluz e, depois da transmigração, nas paredes mais discretas do Convento do Carmo. Ninguém duvidava das boas intenções dela. Ninguém duvidada da honestidade dela. O problema é que ninguém confiava na capacidade dela de governar – e estamos falando de uma monarca absolutista, com poder lastreado no direito divino. A capacidade de governar, decididamente, D Maria I havia perdido, por mais poderosa que fosse. Finalmente chegamos ao ponto que iguala D Maria I e Dilma Rousseff: incapacidade de governar – uma pela loucura completa, outra pela perda completa de sustentação política. D Maria I, a Louca, todavia, teve mais sorte do que Dilma Rousseff: contava com seu filho, o Príncipe Regente D João, um “grande monarca” que assumiu as rédeas do reino quando sua mãe não tinha mais condições de fazê-lo. A patente loucura dela foi fator determinante para tanto. Ao gritar ordens desconexas em Queluz, não havia mais como negar seu impedimento para o cargo. Lusitanamente, o filho não fez o uso do trono da mãe para usurpá-lo; do contrário, o fez para preservar todos (Portugal, Coroa e mãe) de usurpadores que certamente grassariam em meio ao caos de um Reino que se dissolveria a olhos vistos. Dilma Rousseff não tem seu D João. Aliás, o Palácio da Alvorada mal tem paredes, sendo mais afeito a vidraças. E o Brasil tem menos esperança ainda de que Dilma Rousseff volte atrás na ideia insana de colocar Nelson Barbosa para comandar o Ministério da Fazenda. Nos tempos de D Maria I, a Louca, apenas as paredes do Palácio de Queluz aquiesceriam com seus obsequiosos silêncios diante de tão absurda ordem – e mais nenhum português. Nos tempos de Dilma Rousseff, 200 milhões de brasileiros são obrigados a sofrer com estapafúrdia ideia de que Dilma Rousseff e Nelson Barbosa usarão as mesmas medidas que usaram para criar a atual depressão econômica para debelá-la. A proposição é tão surreal que ninguém se espantaria se as parcas e inanimadas paredes do Palácio da Alvorada criassem vida e sussurrassem para a autora da ideia, com o sotaque de Portugal dos dias em que D Maria I disparava impropérios ao vento no Palácio de Queluz: “Vós também enlouquecestes, augusta senhora?”


Pedro Nascimento Araujo é economista.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Alair chama Dr. Adriano de demagogo e acusa de ter cargos no governo


O clima esquentou de vez entre o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP) e vereador Dr. Adriano (Rede Solidariedade), o motivo seria segundo o prefeito o falso moralismo do vereador que se passaria por anjinho e puritano na política mas na verdade isso seria apenas "demagogia" e "fingimento", já que o vereador teria indicado 108 pessoas para ocupar cargos de contrato e portarias.

Confira o recado do prefeito Alair Corrêa na íntegra:

"Deixe de ser DEMAGOGO E FINGIDO, não foram só pessoas competentes que você indicou, sabe bem a quais me refiro, olha estou cansado de ver pessoas como você com uma postura e querendo mostrar uma outra bem diferente. É triste ver "companheiros" que após nosso governo ter entrado nessa crise financeira e política mudar de lado e sair criticando e mentindo, desejando mostrar uma ética que não tem. Pare com isso porque você não é diferente coisa nenhuma, deixo claro pra você e para qualquer um outro político que não estou mais a fim de apanhar e me calar, é bom ficar atento pois apesar de você ter pouco tempo de política já construiu o seu telhado de vidro e bem fino para o pouco tempo na vida pública, não me force colocar os nomes que indicou" - Alair Corrêa.

Pelo que se lê na fala do prefeito o vereador Adriano teria colocado membros da família na prefeitura ou talvez tenha cometido o crime de influência para desviar a função de alguém para uso político ou pessoal, a sensação que fica é que o prefeito Alair Corrêa cansou de demagogia e vai revelar "sujeiras" do puritano Dr. Adriano.

Novos episódios desse cair de mascará pode se dar via rede social ou via Ministério Público que provavelmente vai querer entender o "telhado de vidro fino" que faz parte da pequena carreira política do Dr. Adriano.


Confira a fala do prefeito:


Bastidores da Política e da Imprensa em 18/01/2016


Sem saúde no Cabo

Prefeitura de Arraial do Cabo pode conseguir piorar ainda mais a péssima situação da Saúde na cidade, pois até o momento a prefeitura cabista é a única na Região dos Lagos que não homologou o Orçamento Público em Saúde (Siops) e o prazo se encerra no próximo dia 30, as cidades que não homologarem perderão o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que será bloqueado até que a regularização seja realizada.

Confusão no cais

Passeios turísticos de barco em Arraial do Cabo foram suspensos desde sexta-feira (15/01) após um protesto dos donos de embarcações que aconteceu no píer da Praia dos Anjos. O grupo pede melhores condições na infraestrutura do local.

Confusão no cais 2

De acordo com os donos de embarcações, a estrutura do píer de onde saem os passeios precisa de reformas urgentes. Além disso, eles questionam o pagamento da taxa de embarque de R$ 5 por turista. Segundo os manifestantes, esse valor deveria ser usado para a reforma.

Fabrício Vargas

O vereador Fabrício Vargas (PMDB), de Arraial do Cabo, foi multado por extração ilegal de areia pela Superintendência do Consórcio Lagos São João (Suplaj), do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), o motivo da multa seria crime ambiental por extração irregular, além disso a atividade foi suspensa. Agora fica no ar, como o pessoal ligado ao Governo Andinho (PMDB) e ao candidato a prefeito Tê (PMDB) sempre tem problemas com a Justiça.

Sem dinheiro, sem amigos

Após a perda orçamentária da cidade de Cabo Frio o prefeito Alair Corrêa (PP) passou a ser alvo de crítica e ataques pessoais de vários ex-correligionários, entre eles: Walmir Porto (PR), Dr. Paulo César (PSDB), Silas Bento (PSDB) e Dr. Adriano (REDE).

Política

No meio político o valor de cada um está no bolso, bolso vazio é igual a valor nenhum, bolso cheio é sinal de casa cheia. Essa é a realidade nua e crua!

Imundice

O candidato a vereador pelo PDT, Rafael Peçanha (PDT), fez um adesivo gigante com seu nome em letras garrafais, e em letras de bula de remédio escreveu letrinhas para lerem o seu blog, crime eleitoral escancarado, mas esse pessoal não liga pra isso! Eles podem rs

Marcos Chaves

O colunista e Diretor de Comunicação da cidade de São Pedro da Aldeia, Marcos Chaves (Marcão), ficou realmente depressivo com a moção de repúdio que recebeu, o Negão tá murcho e nem faz mais coluna.

Pindaíba

Todo humor e genialidade do nossa Menina de Ouro, Vânia Carvalho, você confere logo abaixo na deliciosa e engraçada crônica " Pindaíba". Leitura imperdível!

Cabo Frio em 400 Cores


A cidade de Cabo Frio conquistou o "Encontro nacional de grafitti - Cabo Frio em 400 Cores" confira a matéria completa logo abaixo.

Crônica " Pindaíba" da nossa Menina de Ouro, Vânia Carvalho


Pindaíba

A Pindaíba ganhou disparado o lugar mais visitado do Brasil.  Tanto que muitas pessoas agora, vivem na Pindaíba.

Nesse lugar não existe distinção entre pobres ou ricos, todos se encontram nesse lugar de uma maneira ou de outra. Geralmente levados  pela falta de dinheiro ou quebradeira, impulsionados  principalmente pela crise , acabam por visitar a Pindaíba com passagem só de ida.

Quem está na Pindaíba dificilmente encontra jeito de sair de lá, alguns tentam mil maneiras de achar um caminho de volta, porém fracassam e fixam  residência, transformando a Pindaíba, no local mais frequentado de todos os tempos.

Muitas personalidades famosas, autoridades , empresários  e até políticos, circulam pela Pindaíba depois que a recessão, as denúncias de corrupção, o aumento da  inflação e  a alta do dólar  os obrigaram a mudar de vida. Na Pindaíba, muitos abastados encontraram refúgio, dividindo suas mazelas com o povo que já vive na  Pindaíba há muito tempo.

O governo de Pindaíba, anda preocupado com o número de frequentadores, são  caravanas imensas que  chegam a Pindaíba, trazendo suas dívidas, suas falências, seus investimentos fracassados, a perda do poder e do sucesso. E a quem diga, que diante da situação econômica que assola o país, muita gente vai chegar ou continuar na Pindaíba.

Sem esperança e  na incerteza de um futuro mais promissor, a Pindaíba, ainda vai se tornar um reduto, onde não haverá divisão de classe social, credo, raça ou nível intelectual, pois todo mundo , da maneira que o Brasil se encaminha, vai acabar vivendo na Pindaíba.

A população mais carente que sempre viveu por lá anda tendo que dividir espaço com muitas pessoas, que se quer imaginavam  passar perto ou ter que conviver com os pindaibenses. 

A crise, que tem mandado muita gente pra Pindaíba, já disse, que não tem jeito disso acabar! com a política influenciando diretamente na corretagem, fez com que a Pindaíba crescesse desordenadamente  e não duvido nada se muita gente, não vai ter que sair da Pindaíba  pra  morar na vizinha Fundo do Poço.


Agora quem chega a Fundo do Poço confessa, que muitos terrenos já estão sendo preparados para esperar todos aqueles que acabaram mandando o povo pra Pindaíba. Segundo dizem, grande parte desses terrenos vão pertencer aos mensaleiros, ladrões da nação , dirigentes e  demais autoridades  que lesaram os contribuintes, faliram empresas, municípios e deixaram todos na Pindaíba. Para esses, Fundo do Poço será garantia de uma vida  repleta  de desencantos, muitas surpresas desagradáveis e um final de vida onde o abismo, será um poço sem fundo.

- |