Pular para o conteúdo principal

Carnaval de Cabo Frio: estação da alegria, da sustentabilidade e do engajamento social


A receita parece clara: samba ou marchinha, fantasias e, claro, muito confete, serpentina e purpurina. E o que já era bom – a festa que o Carnaval promove – fica ainda melhor quando os blocos de arrastão de Cabo Frio acrescentam à folia ingredientes como engajamento social, cultural e ambiental. Como resultado, sete blocos que se concentram e desfilam a partir das Estações da Praia do Forte e de São Cristóvão prometem fazer da folia um espaço de diversão e de bandeiras sociais.
Na concentração da Estação da Praia do Forte o recado da folia será com os blocos Acadêmicos de Cabo Frio (domingo, 23/02, das 16h à 01h e 25/02 das 11h às 15h); Carnagay (segunda, 24/02, de 16h à 01h); Família é Mole, Mas é Meu (terça, 25/02, das 16h à 01h) e Quero Mais (sábado, 29/02, das 15h às 21h). Já na Estação de São Cristóvão será com as agremiações Azul e Branco (sábado, 22/02, das 17h às 23h); Vermelho e Preto (domingo, 23/02, das 17h às 23h) e Rala Ovo (terça, 25/03, das 17h às 21h). Confira ao final da matéria o trajeto de cada bloco.
Há 10 anos desfilando pelas ruas da cidade, o bloco Acadêmicos de Cabo Frio costuma arrastar centenas de foliões que se vestem de verde, vermelho, amarelo e preto. A agremiação nasceu da vontade dos primeiros fundadores de “implementarem projetos culturais que valorizassem a arte e educação”. Atualmente é conhecido por se considerar “o bloco da inclusão”, que tem como missão incluir pessoas com deficiência no carnaval e se tornar referência nacional na folia, como diz o presidente Joir Reis.
“Em 2019 participamos do Carnaval para Todos. Nessa oportunidade conhecemos algumas instituições que defendem as causas das pessoas com deficiência e nos apaixonamos pelas habilidades e alegria desse público. Por isso, decidimos tornar nosso bloco um apoiador desta causa e a partir desse ano nós daremos início a um projeto com o Arrastão da Inclusão na terça-feira ao meio-dia”, afirmou ele.
Solidariedade, resistência e diversão
Com o tema “Carnaval é Resistência” aliado à sustentabilidade, o Carnagay é pioneiro no carnaval do interior fluminense e único de música eletrônica em Cabo Frio. Há 16 anos a agremiação promove, por meio da folia, o engajamento na luta pelos direitos da comunidade LGBTI+. Além da batida musical, é marca do bloco promover apresentações de drag queens e de dj’s. As cores do arco-íris embalam os cerca de 20 mil foliões e enfeitam a orla da Praia do Forte, onde o bloco desfila.
O bloco Família é Mole, Mas é Meu nasceu há 37 anos, oriundo de duas famílias em Saquarema. Com a morte de um dos fundadores, a agremiação renasce em Cabo Frio e encontra na solidariedade, o caminho para promover um carnaval mais humanitário. Dessa ideia nasceu a proposta de realizar cinco eventos anuais que arrecadam alimentos, roupas e brinquedos que são distribuídos na zona rural. Este ano, além da ecofolia, o bloco traz o tema “Todos Ligados à Solidariedade” e as cores vermelho e amarelo enfeitam os cerca de cinco mil foliões que fazem da festa de Momo uma oportunidade de ajudar ao próximo.
Inspirados pelos carnavais de marchinhas, um grupo de pessoas teve a ideia de criar o Bloco Azul e Branco. De lá para cá, já se vão 30 anos desde a fundação, arrastando cerca de 1.500 foliões a cada Carnaval, sendo a mais antiga agremiação do bairro. Outras duas crias da cidade são o bloco Vermelho e Preto e Rala Ovo, com nove e 22 anos de fundação, respectivamente.
O primeiro, é inspirado no clube do Flamengo e promove eventos relacionados ao futebol e ao futevôlei. Tem como padrinho um dos ícones do time carioca, o ex-zagueiro Rondinelli, considerado um dos maiores atletas desta posição na história do clube. Já o O bloco Rala Ovo enfeita as ruas do bairro com suas cores azul, amarelo e branco. Com a inspiração dos blocos de aliar uma festa popular às lutas cotidianas, a receita do Carnaval de Cabo Frio tem tudo para dar certo.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista com o Presidente do PMDB de Arraial do Cabo

O Blog Cartão Vermelho teve a oportunidade de entrevistar o Presidente do PMDB de Arraial do Cabo, Davison Cardoso (Deivinho), onde abordamos o crescimento do partido na cidade, a reeleição do Prefeito Andinho (PMDB), e sobre a bancada na Câmara Municipal de Arraial e suas votações, claro principalmente sobre as últimas e polêmicas votações do vereador Renatinho Vianna (PMDB). Blog Cartão Vermelho - Qual o quadro atual do PMDB em Arraial do Cabo? Deivinho - O quadro atual é excelente, reelegemos o Prefeito Andinho com uma votação maciça. Andinho é detentor de um desempenho histórico e nossa bancada na Câmara Municipal goza deste prestígio por conta de também ter sido eleita com uma votação expressiva. Blog Cartão Vermelho - Mas os noticiários dão conta que a situação do Vereador Renatinho Vianna dentro do partido seria insustentável devido ao voto favorável a Abertura de uma CPI proposta na Câmara, isso é verdade? Deivinho - O vereador Ren

COROAÇÃO DO MISS E MISTER SÃO PEDRO DA ALDEIA 2020 TERÁ TRANSMISSÃO ONLINE NO DIA 19 DE SETEMBRO

  Após meses de atividades paralisadas devido à pandemia do coronavírus, a terceira edição do concurso de Miss e Mister São Pedro da Aldeia está retornando em novo formato. Para garantir a segurança dos participantes, o evento de coroação este ano terá entrada limitada de pessoas e uso obrigatório de máscara, além de transmissão ao vivo pelo  Instagram da empresa organizadora, o Miss Oficial . Cerca de 70 candidatos aldeenses se inscreveram e participaram das seletivas do concurso de beleza municipal, que vai coroar um mister e nove misses (divididas por faixa etária), selecionados em júri virtual.   A secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, enfatizou o apoio dado ao projeto pelo terceiro ano consecutivo. “Já estamos na terceira edição do concurso de Miss e Mister São Pedro da Aldeia e estamos muito felizes em apoiar esse projeto grandioso, que há anos vem formando novos talentos e abrindo as portas para as nossas meninas e meninos no universo artístico. É um trabalho que e

DISCOS VOADORES - EVIDÊNCIAS DEFINITIVAS.

No dia 10 de abril, das 15h às 19h, acontecerá a palestra “Disco Voadores – Evidências definitivas” no Teatro Municipal de Araruama, quem vai reger a conferencia é Marco Antonio Petit que é co-editor da revista UFO, autor de seis livros sobre o assunto e um dos principais responsáveis pela Campanha “UFOs – Liberdade de Informação, Já”, que já conseguiu liberação de centenas e centenas de páginas de documentos oficiais da Força Aérea Brasileira sobre a presença dos OVNIs no espaço aéreo de nosso país. As inscrições custam R$ 5,00(cinco reais) e pode ser feito no local e dia do evento, a partir das 14h30min. Alguns dos temas que serão abordados: *A Presença alienígena no passado histórico e pré-histórico *O sentido das abduções *A mensagem espiritual do fenômeno UFO *O Programa Espacial e a Presença Extraterrena *A Campanha “UFOs – Liberdade de Informações, Já” *Contato Final – O Dia do reencontro O evento será ilustrado com farta documentação, incluindo fotograf