Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

BANZO. Por Marcos Chaves


ANALÍTICO E ESNCANDALOSO!!!

ANALÍTICO I

Somente um líder com a envergadura de um Estadista poderia compor e realizar uma reunião como a ocorrida na última Sexta-Feira em Cabo Frio sem que ocorresse nenhum contra-tempo.

Alair Correa com certeza fará valer sua fama de não abandonar os verdadeiros companheiros, de cumprir sempre suas promessas e unirá seu grupo num futuro próximo.

ANALÍTICO II

Dr Taylor demonstrou coragem e demarcou posição ao não comparecer ao evento.  Resta saber como será interpretado pelas lideranças do grupo: o intrépido e arrojado estrategista ou o rebelde que não comunga o espírito de grupo.
Eu pessoalmente fico com a primeira opção, Dr. Taylor peitou e lutou destemidamente contra alguns dos componentes da mesa cerimonial... e sempre a favor de Alair!!!

ANALÍTICO III

Ninguém ressaltou o maior ato de rebeldia da noite de sexta... O Vice-Prefeito então candidato a Deputado Estadual Silas Bento colocou todo o seu contingente posicionado do lado de fora, segurando placas referendando o Deputado Federal Eduardo Cunha, que não faz parte do grupo de candidatos ora laureados.

Nem na hora da cerimônia o grupo de trabalho de Silas Bento compôs o salão da Associação Atlética Cabofriense!!!

ESCANDALO I

Aconteceu na Câmara Municipal de Cabo Frio... Uma senhora ao ser exonerada de seu CONTRATO junto a “um certo vereador” foi ludibriada em seus direitos.

ESCANDALO II

Ocorre que quando alertada sobre seus vencimentos rescisórios e direitos trabalhistas, a distinta senhora se dirigiu a Tesouraria e se surpreendeu com o fato de “já terem recebido” seus proventos, inclusive com uma  assinatura que não era a sua!!!

ESCANDALO III

Sempre achei uma covardia os acordos “políticos” incidirem em repasses dos direitos trabalhistas (férias, 13º Salário e Recisões), apesar do simples repasse de salários já constituir crime.


Bem... darei uma semana para o “juízo da própria consciência” do Nobre Vereador levá-lo a restituir o prejuízo daquela senhora!!! Senão darei aqui no Cartão Vermelho o número do Gabinete, nome e sobrenome  do Edil espertalhão!!!

0 comentários:

- |