Pular para o conteúdo principal

COMISSÃO AVALIA TEXTOS PARA A OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA



Nesta quarta-feira (04), membros da Comissão Julgadora, da Secretaria Municipal de Educação, se reuniram para a avaliação de textos e definição dos escolhidos que farão parte da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Cerca de sete escolas municipais de São Pedro da Aldeia estão participando do concurso de produção textual e da formação de docentes ofertados pelo Programa. A comissão é formada pelas professoras Cristina Braga, Valma Marins, Vânia Gonçalves, Juliana Carvalho e Keli Rosa.

A coordenadora de Língua Portuguesa e membro da Comissão, Cristina Braga, explicou o processo. “Essa é uma oportunidade rica e a participação dos nossos alunos é muito boa; é, também, mais uma chance da equipe desenvolver no estudante a leitura e a produção de texto. Ao corrigimos os textos, não temos referências de quem é o autor e nem de qual escola ele é. A Comissão está avaliando, lendo e pontuando os textos e é necessário escolher um de cada categoria: poema, memória literária e crônica”, destacou.

A Olimpíada de Língua Portuguesa é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o país. Iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC, a Olimpíada integra as ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro. O tema das produções é “O lugar onde vivo”, que propicia aos alunos estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade local, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania.

As categorias de inscrição são poemas, para o 5º ano; memórias literárias, para o 6º e 7º ano; e crônica, para o 8º e 9º ano. Os critérios de avaliação são adequação ao gênero, adequação discursiva e linguística, marcas de autoria e convenções da escrita. “A premiação maior para o aluno é poder participar dessa atividade diversificada e enriquecedora e estar propondo maneiras dele produzir textos, que é o nosso objetivo”, finalizou Cristina Braga. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tribunal do Tráfico decapita Homem na noite deste sábado na Favela do Lixo em Cabo Frio

Um crime bárbaro acaba de acontecer na noite deste sábado (23/05) em uma das maiores comunidades do interior do Estado do Rio de Janeiro, bairro Manoel Corrêa mas conhecido como Favela do Lixo em Cabo Frio. Segundo informações de populares que preferiram manter o anonimato, um homem chamado Matheus teria sido torturado pelo Tribunal do Tráfico e em seguida foi decapitado, o motivo do crime seria por Matheus ser informante da polícia, na linguagem do crime ele seria um X9. A Polícia Militar está nesse momento fazendo levantamento do crime e pegando a identificação completa da vítima, até o momento não foi lavrada a ocorrência, e traremos mais informações conforme o andamento das investigações. As imagens são fortíssimas e não recomendada para pessoas sensíveis.

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

  O LOBO EM PELE DE CHACAL!   “TSE defere candidatura e José Bonifácio tomará posse como Prefeito de Cabo Frio” “Em decisão monocrática o Ministro Alexandre de Moraes deferiu o recurso de José Bonifácio” Na sexta-feira (18/12) por volta das 18:00 horas as manchetes acima surpreenderam alguns incautos cabofrienses, e deixaram duas sérias indagações no ar: - O que motivou o Ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, a evitar o julgamento pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral? - A séria motivação impeditiva deixou de existir apenas duas horas depois de iniciado o “recesso” do tribunal?   Bem... o editorial do Blog Cartão Vermelho não possui todas as respostas, porém, cumprindo sua principal missão de trazer luz aos fatos, assinala agora a ação vil, perdulária e principalmente venal que acometeu a defesa do Sr. José Bonifácio.   Os advogados que patrocinaram a causa de Zezinho, fazem parte de uma bancada respeitadíssima nacionalmente, é uma das mais cara