Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Cartão Vermelho Jovem - Com Carlos Matheus




A Economia do Fracasso

O Governo Federal, sob o comando do PT, vem, ao longo dos anos, aplicando uma política econômica que tende ao fracasso e à falência, enganando a população brasileira com políticas populistas e, desta forma, superinflando o Estado, e levando toda nação à miséria. Como não podia ser diferente, essa estratégia econômica resultou no fracasso, levando o país a uma crise econômica. Para contornar a situação de recessão do PIB, o Governo Federal está aplicando com mais ferocidade as medidas econômica que causou a situação calamitosa em que o Brasil está vivendo e que só tem previsão de piorar.

O motivo que pode ser considerado o principal causador de ter colocado o Brasil nessa crise econômica é o fato de governo do PT sempre ter adotado o “Governo Grátis”, apelido muito bem dado pelo economista Paulo Rabello de Castro, que consiste em um governo que distribui vantagens a toda população sem custo nenhum para ninguém.  Essa política econômica parece ser linda e perfeita, mas, na verdade, leva um país ao caos econômico, pois a despesa pública sempre crescerá mais rápido do que os recursos da economia privada que a sustenta. Como no Governo Grátis os gastos públicos crescem aceleradamente, é necessário que, para o sustento dessa máquina estatal superinflada seja criada formas de extrair o dinheiro, que pode ser através do aumento de tributos ou emissão de papel-moeda. Acontece que ambas as formas de extração de dinheiro levam o país a bancarrota.

Quando o governo aumenta os impostos, acontece uma reação em cadeia muito danosa para todo o conjunto da sociedade. Na verdade, os maiores investidores que existem são os trabalhadores comuns, fato muito bem descrito pelo economista Ludwig Von Mises, que ao receberem seus salários e pagarem seus impostos, colocam seus ganhos em cadernetas de poupanças e nos fundos de pensões, que são usados para investimentos, da seguinte forma: Todo o dinheiro que os bancos possuem é fruto do trabalho do proletário que deposita seu dinheiro, e esse dinheiro, por fim, é usado para empréstimos o qual, em sua grande maioria, financia investimentos. Por exemplo, um empresário quer abrir uma empresa, esse novo negócio irá gerar mais empregos, mas o empreendedor não possui capital suficiente para fazer esse investimento, portanto, ele procura um banco para efetuar um empréstimo. Com esse dinheiro que ele conseguiu, abre sua empresa que gerará mais empregos, os quais estão diretamente relacionados ao aumento de produção de sua fábrica. Com esse investimento, o empresário terá um rendimento do qual ele irá tirar uma parte para pagar o empréstimo, que terá juros, quando o banco receber esse pagamento ele devolverá com juros o dinheiro para a conta de cada trabalhador que investiu na caderneta de poupança, ou seja, todo mundo sai lucrando nesse negócio. Mas, quando o governo aumenta os impostos, as pessoas irão poupar menos dinheiro, acarretando numa menor quantidade de investimentos feitos em um país, diminuindo a produção, causando a queda dos salários e o aumento do desemprego. O aumento dos impostos também atinge a relação de investimentos de forma mais direta: O Governo aumenta os impostos, logo fica mais caro produzir, com esse aumento do valor da produção os empresários passam a produzir menos, gerando uma redução dos salários e o aumento do desemprego, pois com a queda da produção os rendimentos da empresa irão cair e nenhum negócio consegue operar com prejuízo, pois ocasionará sua falência.

Outra medida usada para sustentar o “Governo Grátis” é a emissão de papel-moeda. Não é preciso falar muito sobre isso, pois todos nós já sabemos que este procedimento ocasiona a inflação e o aumento do dólar, prejudicando gravemente a economia do nosso país, visto que os produtos que importamos são mais caros do que os que exportamos, pois nossas indústrias dependem de produtos importados. Com o valor do dólar subindo, os produtos importados ficam mais caros, e isso encarece o custo da produção, ou seja, os produtos ficarão mais caros e as pessoas compram menos, ocasionando na queda da produção, arrochos salariais e desemprego.

Portanto, não devemos dar ouvidos a políticos que fazem promessas de “Governos Grátis”, mas, infelizmente, nosso governo vem desde dois mil e três aplicando essa política econômica danosa ao país, e como não podia ser diferente, nossa economia está em frangalhos, e para piorar, não tem previsão de melhorar. Então, devemos nos livrar de quem aplica isso, pois senão nosso país entrará em miséria. “Quando uma pessoa ou uma empresa gastam mais do que ganham, elas vão à falência. Quando um governo gasta mais do que ganha, ele te manda a conta.” Ronald Reagan. Esta frase ilustra perfeitamente o nosso governo. Devemos aderir a uma política com menos gastos estatais, com menos intervenção estatal, sem um Estado paternalista e assistencialista. Estamos rumo ao fracasso econômico.  

0 comentários:

- |