LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

CENTRO DE ABASTECIMENTO DE SÃO PEDRO DA ALDEIA SERÁ O MAIOR DO INTERIOR DO ESTADO


Destaque em toda a região pelas ações da Administração Pública em prol do desenvolvimento econômico do município, São Pedro da Aldeia terá o maior centro de distribuição de alimentos e logística do interior do estado do Rio de Janeiro. O lançamento das futuras instalações do Centro de Abastecimento de São Pedro da Aldeia (Ceasp) acontecerá nos dias 07 e 08 de fevereiro, com a participação de autoridades, empresários e convidados. A expectativa é de que o empreendimento gere cerca de dois mil empregos diretos e indiretos.
O prefeito Cláudio Chumbinho reafirmou o compromisso da atual gestão de incentivar o desenvolvimento econômico e, assim, criar novos mercados de trabalho, aumentar a geração de empregos e melhorar a arrecadação do município. “Trabalhamos, com muita transparência e responsabilidade, pautando ações voltadas à geração de trabalho e renda. O nosso desenvolvimento inclui toda a região. São Pedro da Aldeia é um dos municípios que mais crescem no estado do Rio de Janeiro e esse é o maior orgulho da nossa gestão; damos todo o apoio e segurança necessários para o empresário investir aqui”, declarou.
A primeira etapa de construção do Ceasp deverá ser concluída até o final de 2020, com 156 boxes e 28 lojas para a comercialização de hortifrútis, pescados, bebidas e flores, entre outros. O Centro ficará localizado às margens da Rodovia Amaral Peixoto, km 116, no bairro São Mateus, e atenderá cerca de 12 municípios, entre Saquarema e Carapebus, além das cidades da Região dos Lagos.
Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jayme Gomes, a chegada do Ceasp reforça a credibilidade do trabalho realizado em São Pedro da Aldeia. “Mais uma vez saímos na frente com esse Centro de Abastecimento, o maior do interior do Estado. É questão de muito orgulho para nós que trabalhamos diretamente com a captação de empresas e o objetivo de gerar mais empregos, de forma que beneficie não só o nosso município, mas toda a região”, disse.
Com uma área de 90 mil m², o maior centro de distribuição de alimentos e logística do interior do Estado está previsto para entrar em operação até o final de 2020. De acordo com o projeto, o espaço contará com seis galpões, pórtico de entrada, espaço dos funcionários e estacionamento, além de uma área de comércio e lazer, espaço destinado ao comércio de produtos orgânicos e área destinada ao pequeno agricultor da região, entre outros ambientes.  
“Nós estamos vendo São Pedro da Aldeia crescer a cada dia que passa; vemos as coisas acontecendo na cidade e os investimentos vão para onde há crescimento. Nesta primeira etapa de obra, vamos começar a fazer as estruturas metálicas, o galpão da administração e dos boxes”, comentou o corretor do empreendimento, Maia Andrade.
A gestão empreendedora do governo Cláudio Chumbinho tem gerado grandes frutos para São Pedro da Aldeia. Durante os quase oito anos de governo, a cidade se tornou sede de empreendimentos inéditos como a Usina de Tratamento de Biogás, a primeira do Brasil, e a loja de departamentos Havan, primeira do estado do Rio de Janeiro. Foram inaugurados os supermercados Atacadão, Costazul e Supermarket, as concessionárias Fiat e Renault Auto France, o frigorífico Boibom, a empresa de combustível, com posto de gasolina e loja de conveniências, do Polo Sonda, também localizado em São Mateus, e a Distribuidora Lagos Meat, além das agências bancárias do Sicoob e do Santander, entre outros empreendimentos.
O agente de Desenvolvimento Paulo Jorge dos Santos falou sobre o trabalho da Secretaria. “Queremos desenvolver a região com São Pedro da aldeia no papel de protagonista e não coadjuvante, como fomos no passado. Por isso, não nos preocupamos apenas com a arrecadação, também queremos que essas empresas tenham condição de manter empregabilidade, que encontrem mão de obra qualificada e que possam interagir com as outras Secretarias e concessionárias que prestam serviço ao município”, destacou.
No primeiro quadrimestre de 2019, São Pedro da Aldeia bateu recorde na geração de novos postos de trabalho, segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Dos sete municípios da Região dos Lagos, a cidade foi a que apresentou o saldo mais positivo. Entre janeiro e abril de 2019, foram registradas 1.668 contratações com carteira assinada e 1.432 demissões, o que significou a criação de 236 novas vagas formais de trabalho.
Vale lembrar que não são apenas as grandes empresas que recebem atenção do governo. Entre janeiro de 2013 e 21 de janeiro de 2020, foram abertas, ao todo, 774 microempresas e empresas de pequeno porte; três cooperativas; 299 sociedades limitadas (Ltda); 13 sociedades anônimas (S.A); 141 empresas individuais de responsabilidade limitada (EIRELI); duas sociedades de profissionais e três cartórios. Na área dos microempreendedores individuais (MEI), foram 1.651 inscritos.


0 comentários:

- |