LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Araruama, RJ, decreta reabertura de comércio não essencial em esquema de rodízio


A Prefeitura de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, publicou decreto nesta quarta-feira (22) que permite a reabertura do comércio não essencial em esquema de rodízio. Segundo documento, a medida foi criada para evitar a falência dos estabelecimentos da cidade que precisaram fechar devido à pandemia do coronavírus. O decreto começou a valer já nesta quarta e vigora até o dia 30 de abril.

De acordo com o documento, o funcionamento dos estabelecimentos fica condicionado através de rodízio, da seguinte forma: Nas segundas, quartas e sextas-feiras estão autorizadas a funcionar papelarias; lojas de utilidades; óticas; relojoarias; armarinhos; lojas de cama, mesa e banho; lojas de tecidos; lojas de utensílios; lojas de vendas de veículos e concessionárias; lojas de cosméticos; e lojas de higiene pessoal e congêneres.
Já nas terças, quintas-feiras e sábados, ficam autorizados a funcionar os salões de beleza, barbearias e estabelecimentos de estéticas em geral; lojas de eletrônicos e acessórios; lojas de departamentos; lojas de eletrodomésticos; lojas de móveis; lojas de roupas; e lojas de calçados e congêneres.

Ainda segundo decreto, esses estabelecimentos devem restringir o atendimento a 2 clientes por vez; devem disponibilizar, na entrada, álcool 70 em gel aos consumidores; além de também fornecer o produto e máscaras de proteção aos funcionários, que devem usá-las durante todo o expediente; os comerciantes ainda devem restringir a entrada apenas à consumidores que estejam fazendo uso de máscaras de proteção. Caso haja fila, o estabelecimento fica responsável em verificar e orientar o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas na fila.

De acordo com documento, bares seguem sem permissão para funcionar.

O decreto publicado nesta quarta-feira também abrange os profissionais de educação física do município. De acordo com o documento, os profissionais da área podem exercer suas atividades, desde que seja ao ar livre, na orla do centro da cidade, com no máximo 2 clientes cada profissional e respeitando o espaço de 15 metros de distância entre cada profissional. Para atuar, os educadores físicos também devem estar regularizados junto a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e ficam responsáveis por fornecer álcool em gel para uso dos clientes, que ainda deverão utilizar máscaras de proteção.

A entrega de obras públicas também está autorizada pela Prefeitura, mas a ação deve acontecer sem aglomerações, podendo ser transmitida por meio de “live” através de rede sociais.

O decreto não altera as regras de funcionamento para os comércios que já estavam autorizados a funcionar e alerta que as pessoas que integram o grupo de risco permaneçam em isolamento domiciliar e social e só saiam de suas residências por necessidade e usando máscaras de proteção, item que se tornou obrigatório nas ruas de Araruama desde segunda-feira (20).

Nesta quarta-feira, a Prefeitura de Araruama divulgou novo boletim sobre casos da Covid-19 no município. De acordo com levantamento, Araruama tem 26 casos confirmados da doença, com um óbito.


Fonte: g1.globo.com

0 comentários:

- |