LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Homem invade UPA e executa jovem com cerca de 11 tiros dentro de sala vermelha em Rio das Ostras

 

Um homem armado invadiu a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rio das Ostras (RJ) e executou um jovem com cerca de 11 tiros na madrugada desta quarta-feira (02), segundo relatos de testemunhas à Prefeitura, que administra o local.

 

A vítima deu entrada na sala vermelha da unidade, no bairro Âncora, na manhã de terça-feira (1º) após levar tiro no bairro Nova Cidade e passar por cirurgia no hospital municipal na véspera.

 

O jovem havia retornado à UPA para ficar em ala mais apropriada e com equipamentos necessários para sua recuperação.

 
O jovem foi assassinado dentro da sala vermelha da Upa Rio das Ostras

 

Segundo a Prefeitura de Rio das Ostras, por volta das 4h20 da manhã, o autor dos disparos entrou pela lateral da unidade, intimidando uma guarda municipal que estava de plantão e mais duas profissionais, depois, pulou a grade e seguiu direto para a Sala Vermelha, local onde ficam pacientes que necessitam de cuidados e vigilância intensivos.

 

Ao perceber o homem armado, a enfermeira que estava atendendo o paciente se afastou imediatamente e o suspeito começou a disparar em direção à vítima, cerca de 11 tiros, e fugiu logo em seguida. A polícia foi imediatamente acionada por funcionários da UPA.

 

Ainda segundo a Prefeitura, as câmeras instaladas na unidade mostram que a ação durou cerca de 3 minutos.

 

 Segundo a Polícia Militar, o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Macaé e o fato foi registrado na 128ª DP.

 

De acordo com informações da 128ª DP (Rio das Ostras), as investigações estão em andamento para apurar todas as circunstâncias do crime. Diligências estão sendo realizadas, imagens de câmeras de segurança solicitadas e testemunhas sendo ouvidas.

Fonte: g1.globo.com

0 comentários:

- |