Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Coluna da Menina de Ouro, Vânia Carvalho "Um Oscar para esse homem"


Um Oscar para esse homem

Certos políticos deveriam ganhar um Oscar pela brilhante atuação como personagem principal de um filme  solitário, sem diretor, maquiador, produtor, trilha sonora e cujo enredo foi escrito por ele mesmo.

Nem Al Pacino, Leonardo di Caprio, Tarcisio Meira ,Tony Ramos ou o melhor ator de todos os tempos seria tão perfeito na dramatização impecável que fazem desses políticos dignos de um prêmio em todos os quesitos da Academia Cinematográfica.

Assistir as duas interpretações maravilhosas do Sr. Jabuti, ao falar do bendito empréstimo que livraria tantas cidades detentoras do royalties, da bancarrota que se encontram, é de chorar e rir ao mesmo tempo. 

Nem Charlin Chaplin seria digno para substituir essa comédia que tornou o deputado, o melhor artista da atualidade em termos de fanfarronice.

Em 2 modelos perfeitamente articulados, a atuação no vídeo em que o ator já consagrado fala, sobre o prejuízo que Cabo Frio  teria no futuro, se aceitasse  a módica quantia de 300 e poucos milhões comparados ao montante milionário, que ele votou a favor, para recuperar o estado do RJ é de fazer Hollywood cair aos seus pés.

Bravo! Bravo! dêem um Oscar para esse homem! diriam os mais importantes jurados do cinema internacional.

E o tapete vermelho se estenderia, seguidos de flashs e premiações, por tal brilhante interpretação, que faz de Jabuti, o novo mago da dramaturgia.

Para nós que vivemos um período difícil, o ator tenta comover a população, com um roteiro onde prevê  uma catástrofe de dimensões incalculáveis que nos deixa comovidos por tamanha preocupação, porém numa outra interpretação sobre o mesmo assunto, ele defende  com garra, unhas e dentes a salvação da capital, por uma quantia muito maior que livraria seu ídolo do fracasso de um governo que levou o RJ a ruína .

Para a cidade que ele nasceu e se criou, o deputado prefere vê-la no mais profundo abismo, do que sonhar que esse dinheiro não só ajudaria Cabo Frio a se livrar da crise que se encontra, mas também ameaçaria sua pretensão eleitoreira de se tornar prefeito, contudo para o Rio de Janeiro toda honra e toda glória de um dinheiro que seria muito bem-vindo, pra evitar que Pezão se afunde ainda mais na desgraça que se encontra.

Olha depois dessa, o único capaz de tirar o brilho da encenação maravilhosa desse candidato ao Oscar 2016, seria o palhaço Tiririca, ao cantar:

Janio Mendes,
Janio Mendes,
Janio Mendes de Jesus
Não sei se tu me amas

Pra que tu me seduz?

0 comentários:

- |