Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Coluna da Menina de Ouro, Vânia Carvalho - Crônica: "O Reino Encantado"




O Reino Encantado

As histórias da Carochinha perto do Conto de Fadas que virou essa cidade, perde feio pela quantidade de personagens que conseguimos reunir nessas eleições.

Temos uma salada de seres imaginários perambulando por aqui, que até Walt Disney duvidaria, se estivesse vivo.

 De Pateta a Lobo Mau, de He-Man a Dick Vigarista, de Pinóquio a Tom e Jerry, enfim, parece que  o Reino do Faz de Conta, chegou e ficou nessa cidade, trazendo personagens de todos os tipos. Até o Sitio do Pica Pau Amarelo mandou algumas lendárias figuras, porque o que não falta são  Emílias dando ar da graça, falando tudo que vem na cabeça, usando sua língua giratória  que mas parece uma  metralhadora atirando pra todo lado.

E como  nos contos de fadas temos o bem e o mal, aqui também não poderia faltar  os bruxos, as cobras e os demônios, urubuzando a vida de todos e tramando  verdadeiras estratégias para derrubar seus inimigos.

 E os desenhos e os filmes de ficção também não poderiam estar de  fora desse cenário .
Temos assessores que são como Robim e, não  desgrudam do Batmam, tem cabo eleitoral que mas parece o homem -aranha de tanto  jogar sua teia para amarrar de vez  o eleitor, tem candidato a vereador que  ainda não se decidiu se é o Patati ou o Patatá,  tem  o astuto Chapolin Colorado, o Homem Elástico, o Super-Homem enfim.

E nesse mafuá, não podemos esquecer do Castelo Mal Assombrado ,instalado lá em Brasília e na Alerj, com direito a fantasminhas camaradas,que já querem dar o ar da graça.

E nessa corrida maluca não podemos esquecer do Professor Aéreo,  do Peter Perfeito, da Quadrilha da Morte e tantos outros que fazem de tudo pra chegar a reta final. 

Nossa realidade vive um momento de Era uma vez, com muito mas histórias de perigos e intrigas do que de paz , amor e belas paisagens com direito a passarinhos cantando e esquilos saltitando no jardim.

E  nossa única esperança é de que, quando voltarmos  ao normal, saindo desse Mundo Encantado que se tornou Cabo Frio,  é de que o sonho não se transforme num pesadelo e voltemos a viver a mesma História Sem Fim, onde  o Ali Babá volte com seus 40 ladrões.

0 comentários:

- |