Pular para o conteúdo principal

CAPSI ALDEENSE AUXILIA NA ROTINA DE CRIANÇAS COM TEA DURANTE A QUARENTENA


A epidemia do novo coronavírus alterou, de forma abrupta, a rotina tanto de adultos quanto de crianças. O mundo inteiro está aprendendo a adaptar suas necessidades ao distanciamento social imposto pelas medidas de prevenção ao Covid-19. Com as crianças autistas, o cenário não é diferente. No entanto, é necessário acalmar e organizar os pequenos que encontram conforto na previsibilidade de ações e podem sentir bastante essa quebra na rotina.
Neste 02 de abril, data na qual se comemora o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia destaca o trabalho que o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi) do município vem realizando para aliviar os efeitos da quarentena na rotina desses pequenos tão especiais.
“O que queremos é que essa criança tenha menos alteração em sua rotina, considerando que é difícil, porque elas estão afastadas da escola, dentro de casa o tempo todo, longe dos seus coleguinhas e convivendo diariamente com pessoas que não costumavam ficar juntas por muito tempo. Estamos enviando vídeos com brincadeiras, gravados pelos oficineiros, e orientações aos pais”, explicou a diretora do Programa Municipal de Saúde Mental, Rosemary Calazans Cypriano.
O confinamento pode promover bastante agitação, alterar o sono e a alimentação das crianças, perturbando a dinâmica familiar. Por isso, durante o período de quarentena, os familiares de usuários autistas do CAPSi estão recebendo dicas e vídeos pelo aplicativo de mensagens WhatsApp.
A família é instruída a trabalhar com objetos que podem ajudar no desenvolvimento da criança com o transtorno do espectro autista (TEA) e que, ao mesmo tempo, representam uma forma de diversão e distração. As atividades são promovidas pelos profissionais responsáveis pelas oficinas da unidade. Eles ensinam que, um simples balão, daqueles usados em comemorações de aniversário, por exemplo, oferece uma infinidade de brincadeiras que estimulam a coordenação motora, concentração, contato visual, atenção e o sopro, auxiliando na fala da criança.
DICAS DE ATIVIDADES
– Encha a bola para estimular a coordenação motora da criança e jogue o balão com ela, trabalhando também a atenção e o contato visual, já que é necessário fixar o olhar na bola e na pessoa com quem ela está jogando;
– Faça marcas no chão ou na parede e, com o balão cheio de água, estimule a criança a acertar o alvo até a bola estourar;
– Faça competições para ver quem enche o balão mais rápido. Isso trabalha o sopro da criança, o que é fundamental para auxiliar e estimular a fala;
– O mesmo balão pode ser usado para a confecção de bolas sensoriais, sendo preenchidas com arroz, feijão, farinha e outros.
Lembre-se que o objetivo é fazer dessas atividades um momento divertido sem que a criança perceba que está sendo estimulada à aprendizagem.
Pode ser difícil fazer com que as crianças entendam o porquê da rotina ter mudado tanto, principalmente os pequenos com TEA. Mas o momento é de adaptação e a prevenção ainda é a melhor aliada no combate ao coronavírus. Por isso, é muito importante ficar em casa e evitar aglomerações.
CONHEÇA O CAPSI ALDEENSE
Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil de São Pedro da Aldeia é uma das portas de entrada para a rede de Saúde Mental do município, além de receber encaminhamentos. Inaugurado em 2017, é pioneiro na Baixada Litorânea e realiza um trabalho voltado ao acolhimento de pacientes com transtornos mentais graves e persistentes, menores de 18 anos, de forma intensiva ou em situações de gravidade.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.