Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Cabo Frio orienta sobre as mudanças nas regras do Bolsa Família, Cadastro Único e do BPC devido ao COVID-19


A Prefeitura de Cabo Frio informa que o Ministério da Cidadania lançou medidas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), estabelecendo o adiamento do cronograma de inscrição dos atendidos do Benefício de Prestação Continuada (BPC) no Cadastro Único (CadÚnico), de acordo a Portaria nº 330, de 18 de março de 2020.
Desta forma, seguindo o decreto Nº 6.202, os serviços de Cadastro Único e Programa Bolsa Família realizados nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e da Mulher (Sedesdim) só irão atender casos de urgência como bloqueio de BPC e situações de bloqueio ou suspensão de benefício.
A Prefeitura orienta que quem precisar de atendimento entre em contato com a Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania, por meio do número 121. O beneficiário pode utilizar ainda o aplicativo Bolsa Família, em que as famílias têm acesso ao calendário de pagamento, acompanham a situação do benefício e podem consultar as últimas parcelas disponibilizadas. As informações disponíveis no aplicativo do Bolsa Família são as mesmas presentes no extrato de pagamento.
Para ter acesso basta fazer o download do app Bolsa Família CAIXA na loja de aplicativo disponibilizado no aparelho celular. Após a instalação, insira os dados do beneficiário.
Integra ainda a nova medida a suspensão dos seguintes serviços pelo prazo de 120 dias:
Suspensão e bloqueio do BPC. Os beneficiários que ainda não se cadastraram no Cadastro Único terão 120 dias de prazo para realizarem o cadastramento, sem consequências no recebimento do benefício. Para liberar benefício já bloqueado ligar para o número 135.
Averiguação e revisão cadastral. Não serão convocadas novas famílias.
Descumprimento de Condicionalidades – não haverá bloqueio, suspensão e cancelamento de benefícios, por descumprimento de condicionalidades (por faltas escolares e não comparecimento para acompanhamento da saúde) a contar do início de abril de 2020. Em abril serão liberados os benefícios que foram suspensos no mês de março em decorrência do descumprimento de condicionalidade.
Descumprimento das demais regras do PBF. Não haverá bloqueio, suspensão e cancelamento de benefícios nos meses de abril, maio, junho e julho, mas serão mantidas as ações automáticas do sistema, como por exemplo os cancelamentos de um benefício porque passou da renda per capita admitida pelo Programa Bolsa Família.
O governo está liberando novos benefícios, para as famílias com perfil do Bolsa Família que já haviam feito o cadastro no CadÚnico e estavam aguardando, e também está liberando as transferências de município já realizadas.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tribunal do Tráfico decapita Homem na noite deste sábado na Favela do Lixo em Cabo Frio

Um crime bárbaro acaba de acontecer na noite deste sábado (23/05) em uma das maiores comunidades do interior do Estado do Rio de Janeiro, bairro Manoel Corrêa mas conhecido como Favela do Lixo em Cabo Frio. Segundo informações de populares que preferiram manter o anonimato, um homem chamado Matheus teria sido torturado pelo Tribunal do Tráfico e em seguida foi decapitado, o motivo do crime seria por Matheus ser informante da polícia, na linguagem do crime ele seria um X9. A Polícia Militar está nesse momento fazendo levantamento do crime e pegando a identificação completa da vítima, até o momento não foi lavrada a ocorrência, e traremos mais informações conforme o andamento das investigações. As imagens são fortíssimas e não recomendada para pessoas sensíveis.

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

  O LOBO EM PELE DE CHACAL!   “TSE defere candidatura e José Bonifácio tomará posse como Prefeito de Cabo Frio” “Em decisão monocrática o Ministro Alexandre de Moraes deferiu o recurso de José Bonifácio” Na sexta-feira (18/12) por volta das 18:00 horas as manchetes acima surpreenderam alguns incautos cabofrienses, e deixaram duas sérias indagações no ar: - O que motivou o Ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, a evitar o julgamento pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral? - A séria motivação impeditiva deixou de existir apenas duas horas depois de iniciado o “recesso” do tribunal?   Bem... o editorial do Blog Cartão Vermelho não possui todas as respostas, porém, cumprindo sua principal missão de trazer luz aos fatos, assinala agora a ação vil, perdulária e principalmente venal que acometeu a defesa do Sr. José Bonifácio.   Os advogados que patrocinaram a causa de Zezinho, fazem parte de uma bancada respeitadíssima nacionalmente, é uma das mais cara