Pular para o conteúdo principal

OS 100 DIAS DE GOVERNO




100 DIAS DE WITZEL

O governador do Estado do Rio de Janeiro eleito com votação maciça nos lembra o personagem de cinema  “Forrest Gamp”, ele protagoniza a história com atitudes de figurante.

Nas palavras eloquentes de Witzel (parece estar ainda em campanha) tudo parece estar sob controle, e verdadeiramente aconteceram melhoras na área das finanças (ao menos pagamentos estão em dia) e na educação. Porém suas ações na área de Segurança vão na contra mão de todos os cientistas da área.

Extinguir a Secretaria de Segurança e dar total autonomia a Policia Civil é totalmente contrário ao censo comum que prega a unificação das policias.

Vamos esperar mais cem dias pra ver o que vai dar!!! 

100 DIAS DE BOLSONARO

Eleito sob os auspícios da rigidez e austeridade, o presidente Jair Bolsonaro já percebeu que na prática o “discurso” é outro. Após trombar duas vezes com o congresso de maneira desastrosa, Bolsonaro já admite negociar cargos de 2º. Escalão e começou a receber os líderes de Partidos em seu gabinete.

Isso mais a falácia dos filhos, mais as falácias de seus ministros e mais ainda, as suas próprias falácias... me faz temer por dias piores!

A BOLHA

Ocorreu no último pleito eleitoral brasileiro um fenômeno raro: os aspectos econômicos, sociais e políticos criaram uma atmosfera favorável a personagens “messiânicos” que pregavam ser a solução para a nação brasileira.

Reputo Jânio Quadros, que iria “varrer” a corrupção do país; João Goulart, que pregava a “união progressista” no país; e mais recentemente Fernando Collor, o caçador de marajás.

Não preciso lembrar aos atentos leitores o “Gran Finalle”!

Espero que ao estourar mais essa “bolha” fique algo de bom, ao menos uma boa lição.

PRE-NATAL, AMBULÂNCIAS E CONSPIRAÇÕES

Começou mal a gestão da Dra. Tânia... , ao eximir-se de culpa no caso das mortes dos bebes no Hospital da Mulher e culpar as mães por não fazerem pré-natal corretamente, a Doutora “esqueceu” de demonstrar qualquer indignação com o fato de terem morrido 17 (dezessete) criancinhas.

E para completar o quadro catastrófico, o Prefeito Dr. Adriano vem a público dizer que ambulâncias não podem socorrer ninguém em casa e que há uma conspiração tentando desmoralizar a sua gestão de saúde.

Então tá! Tá Bom!!! DOUTOR faça logo algo contra os conspiradores, antes que “matem” mais 17 anjinhos. E as ambulâncias... Bem... as ambulâncias não se preocupe... não deve haver nenhuma lei que proíba os ” Rabecões” de pegar o cidadão em sua casa!!! Vampirão!!!

BERNARDO, O VINGADOR

Quem votou no policial Mauro Bernardo para Deputado Estadual deve estar orgulhoso de seu voto. Anteriormente conhecido como “o terror da bandidagem”, atualmente como Deputado, Bernardo se revela o VINGADOR do sacrificado povão.

Quebrou a máfia dos reboques no Estado, atacou os depósitos e agora mira em quem deveria fiscalizar esses malfeitores.

O homem é duro na queda!!!

Marcos Chaves


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.