Pular para o conteúdo principal

Coluna Banzo


RELATÓRIO DA CPI DO HOSPITAL DA MULHER – IRREGULARIDADES, IMPROBIDADES E PROVAS ARROLADAS NA CPI

Visando a missiva de reconstrução dos fatos da forma mais fidedigna possível, possibilitando ao Juízo uma decisão justa com base nas evidências relatadas, a CPI do Hospital da Mulher realizada pela Câmara de Vereadores de Cabo Frio nos surpreende pelo farto material probatório.

Relacionaremos a íntegra do rol de provas da CPI do Hospital da Mulher

· Livros de Atendimento do Hospital da Mulher NOV/DEZ/2018 e JAN/19

· Livros de Internações do Hospital da Mulher NOV/DEZ/2018 e JAN/19

·  Os Prontuários das gestantes que perderam os bebês

·   Os Livros de Pedidos de Medicamentos

·   Relatório do Farmacêutico Responsável

·   Livro de Óbitos 2017/2018/2019

·   Relatório do Conselho Municipal de Saúde

·   Documentos CREMERJ

·   Jornais Locais

·   Boletins de Ocorrência da 126ª. DP

·   Oitivas realizadas na Câmara de Vereadores de Cabo Frio e ALERJ

Isto posto, passamos a relacionar as IRREGULARIDADES CONSTATADAS, destacando as quais julgamos mais graves por sua importância e as mais grotescas por sua primariedade e simplicidade de solucionar.

·  As fichas de entradas e as fichas de internação são feitas a mão, estando muitas vezes ilegíveis, rasuradas ou com divergência de informações.

·  Há inúmeras denúncias sobre a negativa de acesso ao prontuário médico por parte da gestante ou representante legal.

·  O Relatório do Farmacêutico Responsável afirma que no setor não há sistema informatizado para melhor controle de entrada e saída, não há espaço físico adequado para armazenamento de medicamentos e insumos, e em alguns momentos há falta de formulários para fazer solicitação ao setor competente.

· Há denúncias de que não está sendo garantido à gestante o direito à presença de um acompanhante

·  Falta Médico Obstetra plantonista de quinta-feira

·  Falta Médico plantonista exclusivo para UTI Neo Natal

· Regularização de fornecimentos de medicamentos e insumos hospitalares, visto que a fiscalização identificou falta de diversos itens

·  Falta um Farmacêutico 24 horas na unidade hospitalar

·  Falta leito de RPA – Recuperação Pós Anestésica

·  Inexistência de uma Comissão de revisão de óbitos e revisão de prontuários

Há de se ressaltar que foram encontrados problemas em quase todos os prontuários analisados: falta de legibilidade, falta de carimbo, falta de assinatura das condutas, falta de preenchimento de data e hora, problemas na evolução do paciente, inconsistências entre dados inseridos pelos médicos com aqueles inseridos pelos enfermeiros, falta de descrição de exame físico ou descrição do exame incompleto, atestado de óbito preenchido de maneira incorreta, divergência de terminologia para descrever o mesmo fato, e uso de protocolos sem análise da situação concreta.

E por último o mais alarmante relato:

Mais de 70% dos Atestados de Óbitos foram preenchidos como a causa mortis sento “anóxia intrauterina”. Porém conforme parecer da atual Diretora do Hospital da Mulher Dra. Tânia, a anóxia intrauterina, normalmente não é a causa primária de morte de bebês, mas a consequência de uma determinada patologia.

Não tem como ler e não se emocionar!

Nenhum dos 17 (dezessete) bebês passou por uma necropsia.

Alguém tem que responder por essas vidas!

E quem nomeou também tem que ser responsabilizado!!!

E agora DOUTOR

 Por Marcos Chaves




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tribunal do Tráfico decapita Homem na noite deste sábado na Favela do Lixo em Cabo Frio

Um crime bárbaro acaba de acontecer na noite deste sábado (23/05) em uma das maiores comunidades do interior do Estado do Rio de Janeiro, bairro Manoel Corrêa mas conhecido como Favela do Lixo em Cabo Frio. Segundo informações de populares que preferiram manter o anonimato, um homem chamado Matheus teria sido torturado pelo Tribunal do Tráfico e em seguida foi decapitado, o motivo do crime seria por Matheus ser informante da polícia, na linguagem do crime ele seria um X9. A Polícia Militar está nesse momento fazendo levantamento do crime e pegando a identificação completa da vítima, até o momento não foi lavrada a ocorrência, e traremos mais informações conforme o andamento das investigações. As imagens são fortíssimas e não recomendada para pessoas sensíveis.

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

  O LOBO EM PELE DE CHACAL!   “TSE defere candidatura e José Bonifácio tomará posse como Prefeito de Cabo Frio” “Em decisão monocrática o Ministro Alexandre de Moraes deferiu o recurso de José Bonifácio” Na sexta-feira (18/12) por volta das 18:00 horas as manchetes acima surpreenderam alguns incautos cabofrienses, e deixaram duas sérias indagações no ar: - O que motivou o Ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, a evitar o julgamento pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral? - A séria motivação impeditiva deixou de existir apenas duas horas depois de iniciado o “recesso” do tribunal?   Bem... o editorial do Blog Cartão Vermelho não possui todas as respostas, porém, cumprindo sua principal missão de trazer luz aos fatos, assinala agora a ação vil, perdulária e principalmente venal que acometeu a defesa do Sr. José Bonifácio.   Os advogados que patrocinaram a causa de Zezinho, fazem parte de uma bancada respeitadíssima nacionalmente, é uma das mais cara