LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quarta-feira, 22 de maio de 2019

DEFESA CIVIL E SERVIÇO GEOLÓGICO DO ESTADO VISTORIAM ÁREAS DE ENCOSTA ATINGIDAS PELAS CHUVAS




A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia e uma equipe do Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro realizaram, nesta terça-feira (21), uma vistoria técnica em áreas de encosta atingidas pelas últimas chuvas, com o objetivo de avaliar os riscos de deslizamento. Conduzidas por duas profissionais do Departamento de Recursos Minerais (DRM-RJ), as equipes percorreram pontos dos bairros Ponta do Ambrósio, Vinhateiro, Parque Estoril e Baixo Grande. O relatório geológico deverá ser liberado em 24h. A iniciativa integra uma série de medidas que estão sendo tomadas pelo chamado Gabinete de Crise, instaurado pelo Prefeito Cláudio Chumbinho, visando minimizar os efeitos causados pelas chuvas no município.


De acordo com o diretor da Defesa Civil, a avaliação técnica foi solicitada pelo município e é considerada um instrumento fundamental para direcionar os serviços. “Nós solicitamos o apoio da Defesa Civil Estadual, que acionou o DRM, um órgão especializado, para nos dar esse apoio técnico com a avaliação das encostas que foram prejudicadas após as chuvas. O relatório, contendo os fatos constatados e as orientações, vai nos dar uma base para que possamos dar início às ações ou buscar apoio com recursos estaduais e federais para a execução de obras preventivas. Com esse instrumento técnico, teremos condições de informar às esferas Estadual e Federal a real necessidade do nosso município e buscar soluções definitivas para os problemas nas comunidades atingidas”, destacou.


Uma das profissionais que conduziram a avaliação técnica foi a diretora de Geologia do Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ), Aline Freitas, especialista em gerenciamento de riscos. Na Ponta do Ambrósio, além da vistoria técnica, equipes da Secretaria de Serviços Públicos atuaram com um mutirão de limpeza e retirada do lixo no topo da encosta. Enquanto isso, profissionais da Secretaria de Ambiente, Lagoa, Pesca e Saneamento realizaram a retirada de árvores que deslizaram na encosta. Nos demais bairros, as equipes das Secretarias, com auxílio de maquinário, continuam empenhadas nos serviços de limpeza e recuperação de vias, além de dar apoio às ações de desobstrução das redes de drenagem pluvial.


A Defesa Civil atua em força-tarefa desde os primeiros sinais de deslizamento, monitorando as áreas de risco nas zonas urbanas, com especial atenção ao entorno de residências, além de gerenciar as ações de recuperação nas localidades mais afetadas. Até o início da noite do último domingo (19), foram registradas, ao todo, 72 ocorrências, entre residências interditadas, pessoas desalojadas, desabamentos e pontos de deslizamento. Não houve registro de vítimas.


Instaurado na última sexta-feira (17) pelo Prefeito Cláudio Chumbinho, o Gabinete de Crise é formado por representantes de diversas Secretarias Municipais técnicas e operacionais, entre elas Governo, Serviços Públicos, Ambiente, Assistência Social e Urbanismo, atuando de forma integrada até a normalização da situação de emergência no município.


0 comentários:

- |