Pular para o conteúdo principal

Prefeitura atua para minimizar estragos e restaurar ordem no primeiro e segundo distritos




Equipes de diversas Secretarias e Departamentos da Prefeitura de Cabo Frio atuam em conjunto neste domingo (19) para minimizar os problemas causados pela chuva que caiu na cidade desde a noite de quinta-feira (16). Continuam os trabalhos de limpeza, drenagem dos bolsões de água, corte de árvores, interdição de locais de risco e socorro às vítimas de alagamentos.
Atendimento aos chamados de emergência

A Defesa Civil continua de plantão para os chamados de emergência pelos telefones 199 e 99958-0199.
No sábado, foram recebidos 38 chamados. No domingo, até o fim da tarde, o órgão registrou 23.
Entre os casos atendidos neste domingo, houve queda de parte de um muro no bairro Reserva do Peró e também de um em construção no Jardim Olinda .
A Secretaria de Assistência Social tem uma equipe de sobreaviso, caso haja necessidade de alojar desabrigados.
Ordem Pública em regime de plantão

Equipes da Secretaria de Ordem Pública atuaram, desde o sábado (18), em 15 pontos considerados de vulnerabilidade. O objetivo foi dar apoio, orientação e fazer desvios, em caso de necessidade.
A ação contou 30 homens, tanto do efetivo de serviço do dia como também da equipe extra, prevista para operações noturnas. A operação teve apoio de dois veículos do setor de Postura.
O grupo atuou das 14h do sábado até as 2h da manhã deste domingo. Não ocorrendo chuva nesse período, os agentes retornaram ao patrulhamento normal.
A equipe também contou com dez agentes da Guarda Maritima do plantão e ainda outros dez ficaram de sobreaviso para qualquer emergência.
Defesa Civil interdita locais com risco de deslizamento

A Defesa Civil de Cabo Frio interditou dois pontos da cidade onde há risco de deslizamento.
Um deles é a Avenida Wilson Mendes, no trecho próximo ao Dormitório das Garças. A Defesa Civil orienta para a população evite trafegar nessa via, porque ainda há risco de deslizamento no ponto que foi interditado.
Outro local que apresenta esse risco é a encosta que fica próxima à ponte Feliciano Sodré, de onde desceram pedras. A área também foi isolada.
No distrito de Tamoios, parte da orla foi interditada porque uma parte da calçada cedeu devido às ressaca do mar.
Forte São Mateus tem área isolada

A Guarda Maritima e Ambiental isolou parte do Forte São Mateus. O motivo é que o mar está muito bravo, atingindo a ponte que dá acesso ao Forte. Algumas pedras chegaram a se desprender do Costão. Por isso a Guarda Maritima orienta para que as pessoas não aproximem da encosta, seja para pescar, tirar fotos ou passear, já que a risco de que outras pedras se desprendam.
Prefeito busca apoio do Governo Estadual e governador visitará região na próxima semana

O prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno, foi até a capital neste domingo (19) junto com prefeitos de outros municípios da Região dos Lagos, com o objetivo de buscar apoio para solucionar ou amenizar os estragos causados pelas chuvas na região.
Na ocasião, o governador Wilson Witzel informou que vai sobrevoar a região na próxima quinta-feira (23) e vai oferecer todo o apoio necessário aos municípios afetados pela chuva.
“Tivemos uma agenda muito positiva no Rio. Quero agradecer a atenção que nos foi dada pelo governador nesse momento em que essa chuva torrencial atingiu vários municípios”, afirmou o prefeito.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informa que, na manhã desta terça-feira (24/11), a Secretaria Municipal de Saúde recebeu agentes da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU) para inspecionar documentos e solicitar informações sobre uma empresa específica, que era alvo de investigação. Com tranquilidade, todos os documentos solicitados, que já tinham sido encontrados pelos agentes no Portal da Transparência do município, foram novamente apresentados. A empresa inspecionada participou do Pregão Presencial n° 004/2020, de 28/02/2020, que contou com a participação de 19 empresas, das quais, 13 venceram. Uma das vencedoras é alvo dessa investigação, com ata de registro de preço firmada no valor de R$ 115.237,00 para entrega de medicamentos. A Prefeitura esclarece que, ao contrário do que tem sido veiculado, a operação tem como alvo a empresa licitante, como desdobramento de outra investigação dos órgãos na região Norte Fluminense, e que não há indícios de fraude na licit

COLUNA BANZO

 O ESTADISTA A de história de Cabo Frio  marcada por grandes embates políticos, desde os primórdios tempos Liras e Jagunços davam o tom beligerante que forjaria a história de nossa terra amada. Essa cultura pelo contraditório e pela polarização causaram eisentraves políticos etu atrasaram em muito o desenvolvimento de Cabo Frio, que foi salva pela sua vocação turística e pelos royalties do petróleo. Testemunhei no fim do século passado, mais precisamente no fim dos anos 90, inesquecíveis embates políticos-filosóficos entre os então vereadores Jânio de Mendes e Amaury Valério. Esses embates recebiam "a partes" dos saudosos Acyr Rocha e Ayrres Bessa, e eram testemunhados e por muitas vezes corroborados por Antônio Carlos Trindade e Silas Bento. O nível dos embates eram altíssimos e caminhávamos para a formação de "Estadistas", políticos que despontaríam Estadual e Nacionalmente, potencializando o nome de Cabo Frio. Infelizmente isto não se repetiu nas legislaturas sub

Lei Aldir Blanc

Nesta segunda-feira (30), no Espaço Cultural Zanine, começou a entrega dos documentos exigidos e de assinaturas para os artistas habilitados para Lei Aldir Blanc, conforme publicado no Boletim Oficial nº 1.140, dos dias 26 de novembro a 27 de novembro de 2020. Esta etapa acontecerá de segunda a quarta-feira das 9h às 16h. Os artistas que tiverem suas inscrições não habilitadas poderão apresentar o recurso na mesma data e local. Após a quarta-feira (02/12), o Grupo Gestor da Lei Aldir Blanc fará a análise dos documentos e sairá a homologação para o recebimento do recurso destinado ao Inciso 2 da Lei nº 14.017, mais conhecida como Lei Aldir Blanc. Esta lei prevê auxílio financeiro ao setor cultural. A iniciativa busca apoiar profissionais da área que sofreram com os impactos das medidas de distanciamento social por causa da COVID-19. A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao escritor e compósitos que morreu em maio, vitima do novo coronavírus.