LEAL PORTO TELECOM

LEAL PORTO TELECOM

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2644-4080 // 99999-5998

quarta-feira, 5 de junho de 2019

O PSL e Seu Crescimento Histórico em Iguaba Grande




A Factum Instituto de Pesquisa acompanhou e estudou o fenômeno do Bolsonarismo nos trinta dias de campanha suplementar da cidade de Iguaba Grande e os resultados foram impressionantes.

O PSL até essa eleição suplementar (02/06) praticamente não existia na cidade de Iguaba Grande, tanto que na primeira eleição suplementar, cancelada por uma liminar do STF, que seria realizada no dia 28 de outubro de 2018 (há apenas 7 meses) não existia uma candidatura do partido na cidade.

Além do PSL não existir em Iguaba Grande o candidato que escolheu para a disputar a prefeitura é o militar Washington Tahim, uma pessoa completamente desconhecida do eleitorado e que por conta de seu trabalho nas forças armadas morou por muitos anos fora da cidade.

Contra o PSL estava todos os caciques políticos, lideranças e ex-prefeitos vivos de Iguaba Grande, veja:

Com o candidato Miquéias do MDB (4º colocado), que é vereador, estava a ex-prefeita Grasiella (PP) e todo seus cabos eleitorais, e seu vice-prefeito era o também vereador e médico muito popular na cidade Dr. Alessandro (PV).

Com o candidato Rodolfinho Pedrosa do PR (3º colocado) estava seu pai e ex-prefeito Rodolfo Pedrosa, Rodolfinho foi secretário e esteve em diversas pastas no governo Grasiella, foi candidato a vice-prefeito com Grasiella em 2012 (se elegeu) foi candidato a prefeito em 2016, 2018 (há 7 meses) e agora 2019, e é apoiado pelo ex-governador Anthony Garotinho.

E o vencedor da eleição Vantoil (PPS) foi apoiado pelo prefeito interino Balliester (PP) e toda a máquina pública e sua infinita benesse, foi apoiado por quase todos os vereadores e pelo cacique político e ex-prefeito Huguinho, tinha como seu vice-prefeito o conhecido Alexandre da Farmácia (PSB), e contava ainda com o apoio do grupo de Cabo Frio liderado pelo Carlos Victor (PSB) irmão do ex-prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes (MDB). 

Já o Washington (PSL) que ninguém conhecia e o PSL que nunca tinha disputado nada na cidade foi apoiado por Ninguém, Nada, Vazio e Coisa Nenhuma rsrs

Mesmo assim o Bolsonarismo com um candidato desconhecido e com o partido recém montado em Iguaba Grande derrotou duas forças políticas tradicionais (Miquéias com Grasiella e Rodolfinho com Rodolfo Pedrosa) e ficou em segundo lugar perdendo apenas para a máquina pública, uma liga de vereadores, e o apoio do ex-prefeito Huguinho.

O desconhecido Washington Tahim (PSL) iniciou a campanha com 1% da intenção de voto, equivalente a 230 votos, e terminou a eleição com aproximadamente 3.200 votos, apenas usando a bandeira do Bolsonaro e da moralidade, em uma campanha de apenas 30 dias, sem TV ou rádio para se comunicar, o PSL e o Washington saíram da eleição fortalecidos e com enormes chances de chegar a prefeito na eleição de 2020.

Foi de fato uma eleição histórica para o Bolsonarismo na Região dos Lagos!

Álex Garcia

2 comentários:

Unknown disse...

Em 2020 Iguaba terá a Chance de mudar e tornar esse belíssimo município em um modelo para região dos Lagos com SO-AV-VN WASHINGTON TAHIM COMO o prefeito que iguabense merece ter, um prefeito honesto e compromissado com seu povo e esse futuro prefeito chama-se WASHINGTON TAHIM.

Unknown disse...

Em 2020 Iguaba terá a Chance de mudar e tornar esse belíssimo município em um modelo para região dos Lagos com SO-AV-VN WASHINGTON TAHIM COMO o prefeito que iguabense merece ter, um prefeito honesto e compromissado com seu povo e esse futuro prefeito chama-se WASHINGTON TAHIM.

- |