Leal Porto

Leal Porto

RESTAURANTE DA PONTE

RESTAURANTE DA PONTE
"O lugar certo de comer peixe" - Em cima do Mercado Municipal do Peixe (22) 2647-5341

sábado, 19 de março de 2016

BARBÁRIE - Lupi agride e humilha menina em evento de Janío Mendes


Na noite de ontem (18/03) o ex-ministro e presidente do PDT, Carlos Lupi, esteve no evento organizado pelo deputado estadual e pré-candidato a prefeito, Janio Mendes (PDT), para acompanhar "palestra" do pré-candidato a presidente Ciro Gomes (PDT).

Em frente ao clube Costa Azul parte dos professores do SEPE, que não são filiados ou pré-candidatos a vereador, estavam protestando contra a forma de Janío Mendes fazer política, dizendo que ama os professores de Cabo Frio e apóia os protestos contra o prefeito, mas na ALERJ vota contra as classes trabalhadoras e acha um absurdo professor  fazer greve no estado. Por sinal não estavam lá protestando contra o Janío o professor e pré-candidato a vereador, Rafael Peçanha (PDT) e sua esposa professora e sobrinha/filha do Janio, Lívia Mendes (PDT).

Janio Mendes e Carlos Lupi
Mas até aí tudo seguia tudo bem, quem está na causa pensando nos interesses das classes trabalhistas estava lá, e os politiqueiros estavam aplaudindo seus padrinhos políticos, mas aí aconteceu todo o ato de barbárie e covardia.

Ao terminar o evento e sair do clube Costa Azul o Ciro Gomes, a cúpula do PDT e o Carlos Lupi se dirigiram aos manifestantes, Lupi segurou com a mão e de forma agressiva o rosto de uma adolescente que estava protestando, a menina pediu para ser solta e Lupi além da agressão física partiu para a agressão moral xingando a menina de "putinha", e repetindo a palavra "putinha" várias vezes enquanto seguia com a agressão física.

A adolescente agredida e humilhada, H. F. (nome preservado), após o ato de barbárie foi junto de sua mãe na delegacia e prestou queixa, onde imediatamente foi lavrado Boletim de Ocorrência (B.O.) contra Lupi.

*Clique na imagem para ampliar
A professora Denise Alvarenga Azevedo fez em rede social longo relato dos atos de barbárie:

"Machista, covarde e agressor.

Estávamos no ato, no Costa Azul Iate Clube, contra o vice-lider do governo Pezão, deputado da cidade Janio Mendes e cantávamos palavras de ordem e explicávamos à população que o Governo Pezão ataca trabalhadores e precariza serviços que prejudicam à população.

Tudo estava tranquilo quando no fim do evento do PDT, o senhor Ciro Gomes veio até mim perguntando se era eu que queria falar com ele. Nós estávamos cantando "pensa que me enrola" e continuamos cantando. Ele insistia com a pergunta:  é vc que quer falar comigo? Numa atitude provocativa. Ao meu lado,  o presidente do PDT, sr. Carlos Lupi, segurou a cabeça de uma estudante, com força, com as duas mãos como quem puxa para dar um beijo. Ela tirou as mãos dele e disse: me larga. Ele então meteu a mão no rosto dela e a chamou de putinha. Ela disse: está me chamando de que? Ele disse: putinha! E repetiu várias vezes.

Muito triste testemunhar um ato covarde, machista e desequilibrado desse senhor!!

A aluna ligou para mãe que decidiu ir à delegacia fazer o B.O.

Agressores, NÃO PASSARÃO!!

Machistas, NÃO PASSARÃO!!" - Professora Denise Alvarenga Azevedo

0 comentários:

- |